Bolsonaro diz que sairá do governo somente em janeiro de 2027

Charge do Duke (otempo.com.br)

Isadora Peron
O Globo / Valor

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo, dia 10, que ficará no governo até janeiro de 2027, o que só é possível caso ele seja reeleito, em 2022. A declaração aconteceu depois de ele ser abordado por um homem na porta do Palácio da Alvorada, quando parou para falar com apoiadores.

“Democracia pede a sua renúncia ou impeachment”, disse o homem, em meio a vaias de outras pessoas. “Vou sair dia primeiro de janeiro de (20)27”, respondeu Bolsonaro.

PEDIDOS DE IMPEACHMENT – O presidente vem sendo criticado pela sua postura diante da pandemia do novo coronavírus e pelo rumoroso processo de saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça. Ele já é alvo de mais de 30 pedidos de impeachment na Câmara.

Bolsonaro também evitou responder se vai sancionar com vetos o projeto aprovado pelo Congresso de ajuda da União aos Estados e municípios. A proposta deixou várias categorias do funcionalismo de fora do congelamento de salários de servidores públicos, proposto pelo governo.

CARTÃO CORPORATIVO – “Sansão é o marido do Dalila”, respondeu ao ser questionado por jornalistas. Bolsonaro também falou dos gastos do cartão corporativo, e minimizou o aumento das despesas. Ele justificou dizendo que teve que enviar quatro aviões à China para resgatar brasileiros que estavam Wuhan, onde foram registrados os primeiros casos do coronavírus.

O presidente deixou o Palácio da Alvorada no início da tarde para visitar o filho número 2, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Ele e a mulher Heloísa, que está grávida, se mudaram recentemente para uma casa em um condomínio no Jardim Botânico, bairro nobre de Brasília.

ARMADO – Mesmo em um momento em que muitas famílias deixaram de se reunir, por conta do novo coronavírus, o presidente participou de um chá de revelação do sexo do bebê. Eduardo postou um vídeo no Twitter, no qual aparece estourando um balão com uma arma, de onde saíram bexigas da cor rosa, o que significa que será uma menina.


Ao ser questionado sobre o sexo da futura neta, Bolsonaro disse, rindo, que não iria se manifestar para não criar polêmica. O presidente não teve compromissos oficiais no fim de semana. No sábado, após cancelar um churrasco com assessores e ministros que ele próprio tinha anunciado, saiu apenas para dar um passeio de jet ski no Lago Paranoá.

12 thoughts on “Bolsonaro diz que sairá do governo somente em janeiro de 2027

  1. KKK o boçal agora passou a acreditar em pesquisa de opinião mas, como político que é deveria saber que o humor do povo muda como o vento. E até 2022 tem muito tempo ainda pela frente, precisa arrumar milhões de empregos, fazer a economia crescer e, então começar a sonhar em continuar sentado no trono do palácio.

  2. Com o M-82 ele estava mirando na cabeça de alguém, errou e acertou uma bola de aniversário.
    O Barrett M82 é um fuzil de precisão que dispara um projétil de grosso calibre. Foi desenvolvido a pedido do Exército Norte-Americano, que desejava um fuzil preciso e com alto poder de destruição, para cumprir o papel de arma antimaterial considerada uma das armas de fogo mais destruidoras da atualidade.

  3. Leão, o senhor acaba virando um regicida, sugiro uma Desert Eagle cal 50 com arma curta e letal ou uma longa de poder destrutivo de blindado um Barret . 50 com munição de urânio enriquecido, você explode a cabeça a mais de mil metros.

  4. Eu também sonho em ganhar na loteria, ficar rico e ajudar os pobres. Mas é apenas um sonho como o do Bozo. Com uma diferença: quando ele sonha nós temos pesadelos!

  5. É obrigatório para o esquerdista, o socialista, mentir.
    Mentir até que ele convença os frágeis emocionais e culturais de que é verdade o que fala.

    Primeiramente para a esquerda Cuba era um exemplo a ser seguido e isso durou até 1970, quando a verdade nua e crua ecoou no planeta sobre a realidade socialista que os cubanos vivem.

    Agora, ainda mentem ao dizer que a escandinávia é socialista, mas não contavam com a declaração do primeiro-ministro da Dinamarca e políticos da Suécia de que seus países são de economia de mercado, ou seja capitalistas puros.

    • Seu Mario, os democratas dos Estados Unidos são da chamada esquerda. Eles são comunistas? A cor que representa a direita americana é a vermelha. Estes são comunistas?
      Não é credível fazer afirmações como o senhor faz. Segundo o senhor todo esquerdista mente – isso não é fato. Quem afirmava que a mentira repetida frequentemente se torna verdade era Goebbels, mas até isso parece não ser verdadeiro. Um pesquisador afirma que essa frase aparece no livro de Isa Blagden publicado em 1859. Transcrito do livro:

      If a lie is only printed often enough, it becomes a quasi-truth, and if such a truth is repeated often enough, it becomes an article of belief, a dogma, and men will die for it.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *