Bolsonaro imita Lula e procura se aproximar do “Mercado” que comanda o país

Resultado de imagem para bolsonaro

Para evitar restrições, Bolsonaro diz que é liberal 

Bruno Boghossian e Mariana Carneiro
Folha

Bem posicionado nas últimas pesquisas eleitorais, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), 62, pré-candidato à Presidência, ensaia movimento ao centro no debate econômico, adotando um discurso simpático aos investidores do mercado financeiro. Poucos dias antes de voar para os EUA, onde desembarcou neste domingo (7), o ex-militar defendeu a independência do Banco Central, “com regras e mandato fixo”, e criticou subsídios à indústria nacional, durante conversa com a Folha. “É lógico que [minha visão] é liberal. Estou indo para os EUA, não para a Coreia do Norte”, afirmou.

Bolsonaro tenta se afastar da farda de “militar estatizante”, termo que ele mesmo empregou ao falar de visões ultrapassadas para a economia. Defendeu privatizações e até a extinção de algumas estatais – em suas palavras, “cabides de emprego”.

PRIVATIZAÇÃO – “Naquela época [do regime militar], a única alternativa eram as estatais. Quem iria fazer Itaipu? Ninguém. Hoje em dia, ao privatizar, você diminui muito a questão da corrupção”, disse.

Na última semana, quando a pesquisa Datafolha o apontava tecnicamente empatado com Marina Silva em segundo lugar na corrida presidencial, atrás apenas de Lula, Bolsonaro disse que teve três reuniões com grupos de investidores.

“Se eles estão vindo, é porque estão sentindo alguma possibilidade”, afirmou, entusiasmado com a validação que diz receber do setor financeiro. E também de colaboradores dispostos a dar sugestões para a elaboração de sua plataforma eleitoral.

“NA FACULDADE” – “É impressionante o número de pessoas que estão se aproximando”, disse. “Vou tirar janeiro para estudar, rascunhar, aprender. Às vezes tenho dificuldade em assimilar a carga enorme de informação que me chega. É como se estivesse na faculdade.”

A pauta liberal, porém, ainda carece de substância, reconhece o próprio candidato. Ele afirma que está se cercando de conselheiros, mas se recusou a dar nomes, alegando que eles pediram para ficar no anonimato.

Enquanto formula ideias para retomar a atividade econômica e valorizar as riquezas nacionais, Bolsonaro cai em algumas contradições. Diz que o Brasil não pode ser protecionista, quer acabar com a “ideologia” no comércio exterior e pretende fazer alianças com EUA, Japão e Coreia do Sul. Mas critica investidores chineses e vê com maus olhos brasileiros que foram produzir no Paraguai para baratear a produção.

CASA DA MOEDA – Ao mesmo tempo em que defende ouvir o BNDES para definir as estatais que deverão ser privatizadas, aponta empresas estratégicas que não devem ser entregues à iniciativa privada, como a Casa da Moeda – recentemente incluída no programa de desestatização de Michel Temer.

Bolsonaro ressalta posições que denotam alinhamento com as visões da ortodoxia econômica – livre mercado, controle fiscal e menor intervenção estatal. Um exemplo é o ataque à política de crédito do BNDES nos governos do PT. Enfatizou o voto a favor da medida provisória que criou a TLP, nova taxa de juros que acabará com os subsídios dos empréstimos do banco. “É uma boa medida. O BNDES emprestava para os amigos e a gente pagava a diferença.”

NOVA POSTURA – No último ano, o deputado reorientou sua postura. Durante os mandatos de Dilma Rousseff, fez oposição às medidas de austeridade fiscal, como a restrição a benefícios trabalhistas. Nos primeiros meses da gestão de Temer, chegou a criticar a proposta que criou um teto para o crescimento dos gastos públicos, mas acabou votando a favor.

Ao elaborar uma agenda de recuperação econômica, arrisca soluções pouco convencionais para conflitos fundiários que, a seu ver, “inviabilizam o progresso”.

“Como vive o índio americano? Não é de royalties de jogo? Por que nosso índio não pode receber royalties de minério?”, questionou, sem dar detalhes da saída que estuda para conciliar as reservas indígenas com a mineração.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Ao imitar Lula e se aproximar do Sistema/Mercado, Bolsonaro está se tornando um candidato com chances de vitória, só falta escrever uma Carta aos Brasileiros. (C.N.)

34 thoughts on “Bolsonaro imita Lula e procura se aproximar do “Mercado” que comanda o país

  1. “PRIVATIZAÇÃO – “Naquela época [do regime militar], a única alternativa eram as estatais. Quem iria fazer Itaipu? Ninguém. Hoje em dia, ao privatizar, você diminui muito a questão da corrupção”, disse.”

    -Quem iria fazer a CSN?
    -Quem iria fazer a Vale?
    -Quem iria fazer a RFFSA?
    -Quem iria fazer a Embratel?

    É sempre assim.
    Sempre foi assim.
    Vi na semana passada o governador de São Paulo pedindo dinheiro público ao Temer para construir o rodoanel para, depois de feito, ser doado a algum amigo para cobrar pedágio…

    • Francisco, é isso aí. Ainda pode-se incluir outras estatais, que alavancaram o progresso do país, sem elas o Brasil seria ainda um país apenas agrícola.

  2. Depois que uma senhora chamada Dilma Rousseff foi eleita e reeleita presidente do Brasil, ninguém mais pode ser descartado sumariamente como candidato a presidência.
    O deputado Jair Bolsonaro é postulante legítimo ao cargo, como qualquer outro brasileiro.
    Este rompante com viés autoritário que tem o candidato, soa parecido com as tais “bravatas” do lula, são só maneiras de agradar o povão, que adora fanfarronices.
    Este e outros candidatos, com maneiras diferentes de se promover, ao chegar ao poder, são obrigados a se adaptar as condições existentes e quando conseguem mudar alguma coisa, é sempre na base de concessões de favores aos eternos donos do pais.
    Como o lula era suspeito de levar o pais a esquerdização total e não o fez, também o Bolsonaro não dará um choque de autoritarismo e direitismo, não mais existe condições no pais para aventuras ideológicas. O PT se encarregou de avacalhar com qualquer sentimento de ideologias.

  3. Bolsonaro ameaça quebrar a polarização PT/PSDB de perdura desde 1994, e o sistema sistema já está reagindo a ele, vide a capa canalha e desonesta da revista VEJA desta semana.

    • …desconfio… que se a Veja, a Folha de São Paulo e a Globo são contra, quem sabe o sujeito não presta e merece o benefício da dúvida?
      -Veremos.

  4. Virou moda a privatização desenfreada. Pelo que se percebe todos os candidatos são neoliberais, prontos para vender o Brasil. Um país que perde as indústrias base de sua economia, o governo fica enfraquecido.

  5. Certamente o Brasil se encaminha para o seu maior impasse histórico, em 2018, caso o destino ou a decisão do TRF da 4ª Região, em Porto Alegre, RS, decidir pela inocência de Lula, sobre aquele que vencerá as eleições à presidência do Brasil.

    Não aceito e não admito que o povo eleja Lula, um ladrão, inescrupuloso, canalha, mas, em se tratando da população brasileira, inculta e incauta, sem o devido senso crítico e discernimento político, podemos esperar surpresas, tais como a reeleição do criminoso.

    Dito isso, se a decisão ficar entre Lula e Bolsonaro para o segundo turno, adianto que serei cabo eleitoral de Bolsonaro, evidente, apesar de eu ter comigo – e já escrevi a respeito – que, se Lula vencer não assume.

    Não acredito que as FFAA concordarão em chamar Lula de excelência após os crimes por ele praticados, sabendo que existem outros processos além daquele que o teria inocentado em Segunda Instância (observem que estou imaginando uma situação). Inclusive salientei que seria possivelmente a única ocasião onde os militares interviriam:
    Lula ser mais uma vez conduzido ao Planalto, após a devastação que ocasionou na estatais e fundos de pensão, BNDES e empréstimo consignado, corrupção e desonestidade instituídas, que ocasionariam uma poderosa e natural resistência ao seu “comando”, haja vista seu envolvimento em crimes os mais diversos e exóticos!

    Logo, Bolsonaro será o meu candidato, pois admitir e aceitar Lula mais uma vez, saliento que este país não pode ser confundido como um carma, uma espécie de expiação, então se quisermos ter futuro e retorno ao desenvolvimento, Lula não poder fazer parte desses objetivos.

    • Caro Bendl,
      Permita-me assinar embaixo. Sem dúvida numa disputa final entre Bolsonaro e Lula, eu votaria no Bolsonaro. Dos males o menor.

      • Jacob, meu caro,

        Ser governado de novo por um ladrão e inescrupuloso, canalha e traidor, só mesmo sendo muito idiota e imbecil ou, então, cúmplice de Lula, membro da quadrilha petista!

        Um abraço.
        Saúde e paz.

      • o condendo luladrao vai disputar é na cadeia p ver quem vai ser o presidente da cela que ele vai ocupar era só o que faltava este chefe da orcrim reu condenado e está investigado em varios inqueritos ser candidato vamos as ruas e parar este pais se este imundo ladrao condenado quiser ser canddidato ele acha que é dono do pais mas nao é nao somos ditadura ele quer esacapar da cadeia se escondendo no cargo mas nao vamos permitir quer se perpetuar no poder mas nao vai desmontou nossas estatais meteu a mao na pertrobras, correios, bndes, caixa-, fundos de pensao, levaram nisso dinheiro p varios paises via bndes financiou ditaduras, perdoou dividas de paises da africa, doou 2 refinarias , pt roubou os aposentados e segue a lista de safadezas rua com este ordinario

        privatizaçao ja chega de cabide de empregos estas estatais só dao prejuizo estao com rombos d bilhoes chega de atraso

      • Souza, meu conterrâneo,

        Lembro que a condenação em Segunda Instância coloca Lula como impedido de se candidatar porque passa a ter a “ficha suja”.

        Se, mais tarde, após as eleições, o Supremo o inocentar, Lula terá perdido as eleições porque não foi candidato pelo PT.

        E, lembro mais ainda:
        Lula tem mais sete ou oito processos para ser julgado e, talvez, condenado.

        A situação do ladrão e inescrupuloso ex-presidente está complicada como candidato ano que vem.

        Um forte abraço.
        Saúde e paz.

  6. Imitar? Lula é a podridão da política brasileira. É normal o candidato começar a se posicionar perante o mercado. Que matéria tendênciosa. Bolsonaro está incomodando muita gente.

  7. 1) na hora H, o eleitor brasileiro evita a radicalização e vota na Terceira Via, alguém de centro-esquerda.

    2) Lula e Dilma só foram eleitos porque vieram com a conversa de “Lulinha Paz e Amor, Dilminha Paz e Amor”.

    3) A meu ver quem chega no segundo turno é o Álvaro Dias, do Podemos. Ele tem meu voto.

    • Álvaro Dias é um bom candidato, muito bem articulado e de excelente conhecimento dos problemas nacionais, mas ficou marcando passo demais no PSDB, se acomodou em sua vida parlamentar e também não foi medido em uma grande administração. Em um cargo eletivo ele tem que se mostrar. Terá que decidir entre o “fazer caber” habitual ou trabalhar as leis e normas para que o país navegue sem entraves, legais ou burocráticos. Criados normalmente para sujerir, segundas ou terceiras vias factíveis, normalmente ilegais ou ilicitas.

      • 1) Concordo amigo, ele começou a vida política como vereador do antigo MDB, em Londrina, PR.

        2) Em 1987, pesquisa da Folha de SP o apontou como o melhor governador do Brasil, ainda PMDB…

        3) A meu ver tem boa experiência administrativa.

        4) Como PMDB foi o deputado federal mais votado do Brasil…

        5) Vamos torcer que os eleitores levem isso em conta.

        6) Em 2014 para o senado pelo PSDB foi o mais votado do Brasil, proporcionalmente.

        6) O Facebook dele tem mais de 1 milhão de seguidores…

        7) Abraços

  8. SENHORES…

    No final de tanta discussão, se o voto for na URNA ELETRÔNICA SECRETA, tudo isso terá sido em vão.
    E teremos o LULA PRESIDENTE !!!

  9. Discurso do Bolsonagua :
    -“Vou liberar um trinta e oito para cada brasileiro.
    Nao vou resolver saude, educacao, transporte, moradia, nada disso. Vai tudo ser resolvido na bala.”

    Com Bolsonaco presidente o Brasil vai virar um pedregulho.

    Quer ver o bagual dancar? ‘Viralise’ pela internet que o brasileiro quer uma mulher novamente na presidencia…. Em coisa de semanas , o pulha aparece siliconado, voz afinada, soltando beijinho dizendo-se Arlete…

    Esse Bolsonaro é pior que advogado de porta de cadeia com curso supletivo de 2 anos….

  10. De fato, Francisco Vieira, de fato!

    Se as tais urnas não tiverem mudanças, se continuarem a ser tão somente “eletrônicas”, ou Lula ou um candidato simpático a Mendes é que terão chances de ser eleitos!

    Aliás, o Bolsonaro teve um projeto seu aprovado neste sentido, do recibo eleitoral, ocasionando no ministro do STF e presidente do TSE, Gimar Mendes, o dono do Brasil, uma reação fortemente contrária às mudanças no processo eleitoral, ou seja, quer porque quer a mesma forma que vem lesando os eleitores, e que adultera os resultados porque manipulados conforme a vontade do sistema!!!

    TENHO PROVAS comigo que as eleições passadas foram adulteradas, fato confirmado pelo colega do Gilmar, ministro Marco Aurélio, ao trazer de volta para o senado Aécio, justificando as “qualidades” do corrupto e que havia dúvidas quanto à lisura do pleito em 2014.

    Portanto, se as tais urninhas mágicas continuarem, Lula pode encomendar o terno da posse, apesar de no meu entender e porque escrevi a respeito, Lula não assume, haja vista ser possivelmente a única ocasião que as FFAA interviriam: a recusa peremptória de chamar um ladrão e inescrupuloso de “excelência”.

    Um abraço, xará.
    Saúde e paz.

      • Meu amigo e professor Rocha,

        Excelente a tua observação, pois me possibilitas explicar os porquês de eu não mencionar o outro corrupto e ladrão do Temer:

        Lula tem processos contra si, devidamente instaurados.
        Em um deles, foi condenado a nove anos de prisão, que será julgado no RS ano que vem, talvez;

        Temer tem contra si acusações – que eu já o condenei, mas não sou a Justiça -, logo, enquanto não for processado e condenado, e continuar presidente desta republiqueta, a formalidade obriga que seja usado o tratamento adequado, “excelência”, pelo menos no diminutivo!

        Diferente de Lula, caso seja eleito em 2018, que ainda terá vários processos para ser julgado e, certamente, condenado.

        Espero ter respondido esta tua colocação muito bem feita, que agradeço, em face de eu poder explicar as razões pelas quais com Lula é diferente de Temer, mesmo com os dois sendo exemplos de ladrões e corruptos.

        Um abraço.
        Saúde e paz.

  11. eu vou de doria que tem preparo carisma competencia humildade ta fazendo um otimo governo em sao paulom sabe lidar com o mercado externo conhece a fundo o que o pais precisa chega de aventureiros como color, sarney, dilmandioca , condenado luladrao e a proposito
    cadeia ja em dilmandioca condenado lurapio e temeroso
    somos todos lava jato
    a midia esquerdalha vive atacando doria com calunias difamaçoes mimimi pesqusias mentirosas morrem de medo doria podem notar que sao ataques 24 h nao mostram nada de bom q ele tem feito ja fez mais do que o prefeito poste do pt o radar pintador de asfalto q esta sendo investigado e foi citado em delaçoes

    • porque o stf ta soltando bandidos condenados que a lava jato ta prendendo tambem outros condenados como o monstro do medico estuprador abdel foi solto ta em casa no luxo stf vergonha nacional

      somos todos lava jato

  12. Bolsonaro tem a seu favor, sua trajetória de campanhas e sua vida pública sem os vícios da maioria de seus colegas de Congresso. Contra, ele nunca foi medido como administrador, assim como Lula ou Dilma. Sua vitória seria uma incógnita. Nenhum grande partido o aceitará e isso é bom, mas um partido pequeno poderá trazer, para seu governo, um grande entrave, o Congresso Nacional. De qualquer forma, entre nenhuma credibilidade e uma candidatura limpa, a tentativa é válida. Bolsonaro 2018.

  13. Contra o Lula votaria em qualquer um, até no Bolsonaro. O Lula quando terminou seu primeiro mandato disse que aprendeu muito durante seu mandato. Acontece que a presidência da república, não é para se fazer estagio. Vejo o Bolsonaro, na mesma situação, muito verde para exercer o cargo de presidente, não vejo ele tocar nas raízes dos problemas brasileiro. O único que tem alguma visão dos problemas brasileiros é o Ciro Gomes, mas ele é uma incógnita, muda de uma hora para outra.

  14. Fico impressionado com tantos boatos e ideias alarmistas sem amparo na realidade sendo aceitos sem nenhum tipo de questionamento ou ponderação.

  15. Meu caro Alex Cardoso, somos adeptos da velha máxima que prega, amigo meu não tem defeito, inimigo se não tiver, eu bóto, ou então adversário e urubu, comigo é na pedrada.
    Você que só defende o praticamente indefensável, nem deveria reclamar quando esculhambamos com os seus ídolos, porque na guerra politica e no vale tudo, principio que a esquerda segue exemplarmente.
    Acontece que você hoje pertence a um lado político minoritário e em fase de extinção.
    Continue com seus comentários, porque eles nos fazem até bem, nos da discurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *