Bolsonaro incita população a cometer crimes e invadir hospitais para checar ocupação de leitos

Bolsonaro comprova que perdeu definitivamente o bom senso

Matheus Adler
Correio Braziliense /Estado de Minas

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro fez um pedido à população: que entrem em hospitais públicos e/ou de campanha e filmem leitos destinados à COVID-19, para saber se estão vazios, ou não.
 
A ‘invasão’ recomendada por Bolsonaro é para que imagens sejam produzidas e repassadas em seguida como ‘provas’ à Polícia Federal. Bolsonaro disse que todas as imagens que são enviadas como ‘denúncias’ para as suas redes sociais são analisadas e enviadas para a Polícia Federal ou para a Agência Brasileira de Inteligência (Abin).
 
INVASÃO – A recomendação dada pelo presidente é que a população ‘arranje um jeito de entrar e filmar’ hospitais públicos. “Tem hospitais de campanha perto de você, tem um hospital público, né? Arranja uma maneira de entrar e filmar. Muita gente vem fazendo isso, mas mais gente tem que fazer para mostrar se os leitos estão ocupados, ou não. Se os gastos são compatíveis, ou não. Isso nos ajuda. Tudo o que chega para mim nas mídias sociais, fazemos um filtro e encaminho para a Polícia Federal ou para a Abin, e lá eles veem o que fazem com os dados. Não posso prevaricar. O que chega ao meu conhecimento, passo para frente para diligência deles para análise e processo investigatório, ou não”, afirmou.
 
Bolsonaro também afirmou que alguns governadores estão tendo um ‘ganho político’ com mortes relacionadas à COVID-19. Para o presidente, gestores estão atribuindo óbitos por outros motivos como coronavírus para ‘culpar o governo federal.
 
“MAIS FRACOS”  – “São dezenas de casos que chegam por dia nesse sentido. Não sei o que acontece, o que querem ganhar com isso. Tem um ganho político dos caras, só pode ser isso. Aproveitando que as pessoas falecem para ter um ganho político e para culpar o governo federal. Não tem como impedir essa doença, o óbito. O que acontece, na verdade? Quem contrai o vírus, se tem comorbidades ou idade avançada, são pessoas mais fracas, a possibilidade de entrar em óbito é grande”, disse.
 
Nesta quinta-feira, o Brasil ultrapassou a marca de 40 mil óbitos por coronavírus. De acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, 40.919 vidas foram perdidas por complicações da doença. Também já foram registrados 802.828 notificações de pacientes infectados por COVID-19.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG 
Conforme esta Tribuna já ratificou, Bolsonaro comprova a cada declaração os evidentes sinais dos seus transtornos e a sua total incapacidade de administrar sequer um cabaré. Deve ser encaminhado para uma casa de repouso sem prazo definitivo para sair. Incita a população a invadir hospitais, cometer crimes e se expor ao contágio. Rubrica a sua necropolítica irracional e desumana. Para fechar, diz que os “mais fracos” é que morrem vítimas da pandemia, quando milhares de exemplos comprovam que isso não condiz. Não é apto para dirigir uma kombi, que dirá um país. (Marcelo Copelli)

15 thoughts on “Bolsonaro incita população a cometer crimes e invadir hospitais para checar ocupação de leitos

  1. Às vezes penso que o presidente tergiversa para fugir de assuntos importantes, jogando à sua tropa (e também à oposição e imprensa) coisas polêmicas, restringindo as discussões no seu mais baixo nível e tentando tirar o foco do que é importante.

    Num dia recria o Ministério de Comunicações, nomeando um deputado do centrão e genro de Sílvio Santos, um eterno adesista aos governos de plantão e que, despudoradamente proíbe as críticas ao presidente. No outro, posta esse vídeo, acusando médicos e responsáveis pela Saúde.

    Não é possível que alguém seja tão despido de discernimento do significado de dirigir uma nação. Também é inacreditável que muitos fanáticos ainda defendam tal tipo de comportamento.

  2. Se isso acontecer, o biroliro será o primeiro a dizer em alto e bom som que repudia esse tipo de ações (que ele mesmo incentiva).
    É um maluco do cacete!!
    Esse transtornado tem que ser retirado do poder o quanto antes.
    O país não pode mais continuar nas mãos deste psicopata.
    Este homem tá muito doente.
    Vivemos diuturnamente aos sobressaltos.
    PQP!!!
    Atenciosamente.

  3. Agora adicione duas pitadas de militares ansiosos pela notoriedade; uma colherzinha de corrupção e de poder a quem já tem canhão. Taí a receita para a desgraça da nação.
    Os militares da ativa deveriam dar um basta nessa palhaçada inconsequente de busca incessante de poder absoluto do Jair. Primeiro porque não serve ao país, segundo o atual líder é um desmiolado. Portanto, senhores de farda, muito cuidado.

  4. É uma mistura de ignorancia e mau caratismo! Hospitais de campanha que estejam meio cheios ou meio vazios como queiram(+/- 50%) é um bom sinal. Bom sinal porque nos hospitais de campanha, na prática são enfermarias, são tratados os doentes com um nivel mais leve da doença e sendo convenientemente tratados, se impedem que a maioria esmagadora deles tenham que acessar UTIs aonde há enorme carencia de leitos e de respiradores. Até leigos em saúde como eu são capazes de compreender com clareza essa realidade. Aqui em São Paulo, que já tem oficialmente mais de 10000 mortos, dá para se afirmar com certeza que se não fossem essa enorme estrutura montada, incluindo os hospitais de campanha, o numero de mortos seria infinitamente maior.
    É mau caratismo porque esse canalha não é capaz de pensar em outra coisa que não seja 2022, esse pulha quer se manter eternamente no poder. Por isso tem ódio daqueles que ao menos estão tentando remediar a situação, estão lutando contra a omissão e até mesmo a sabotagem do governo federal. O governador Dória está na mira de tiro dele, em função de um maior profissionalismo da estrutura governamental do Estado acho que dificilmente se encontrará escandalo de desvio de verba tal como aconteceu no estado do RJ e do Pará. Eu dou o beneficio da dúvida para os governadores Witzel e Barbalho Filho, se ocorreu desvios nesses estados, creio que foi muito mais em função de flta de profissionalismo e competencia da maquina pública do que uma ação orquestrada dos governadores em se locupletarem. Ao menos até prova em contrário, prefiro acreditar nessa hipótese.
    Mas para o canalha, o pulha do Bolsonaro, ele já formou convicção de julgamento, os governadores de praticamente todos os estados são bandidos e só os filhos dele e as quadrilhas que os cercam são impolutos e quando há qualquer investigação sobre eles isso é perseguição odiosa da midia e da justiça. O velho ditado, PF nos olhos dos outros é refresco para a famiglia Bolsonaro.
    Mas sem dúvida o principal alvo é o governador Dória. Mas contrariando o velho ditado que reza que bom cabrito não berra, no caso dos “cabritos e cabritas” bolsonaristas, o ditado não se aplica, pois a mãe Dinah do clã, vulgo Carla Zambelli, já anteveu as batidas policiais nos governos do RJ e do Pará. Já preveu também a mesma batida no Palácio dos Bandeirantes, mas aí o buraco é mais embaixo. e o Dória que de bobo não tem nada já está muito esperto e já nominou a deputada de mãe Dinah da PF, aquela que consegue antever todas as operações contra os inimigos politicos do “capo”.
    Enquanto os cães bolsonaristas ladram, a caravana do governo paulista trabalha e a cada dia mostra mais resultados. Já estão avançados estudos de vacina do Butantan paulista com renomados laboratórios chineses e britanicos.
    ENQUANTO BOLSONARO LADRA O GOVERNADOR DÓRIA TRABALHA E CONSEGUE MINORAR O NUMERO DE MORTES NO ESTADO DE SÃO PAULO!

    • Quem pretende “obter informações” não necessita “arranjar uma maneira de entrar e filmar”. Hospitais e instituições públicas possuem serviços de atendimento ao público que prestam informações, inclusive por e-mail. Ninguém precisa “arranjar uma maneira de entrar e filmar”. Basta recorrer aos Canais Institucionais de atendimento. Se vc é ignorante ao não saber dessas coisas, quem tem cérebro de mosquito é vc.

  5. Art. 132 – Expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente: Pena – detenção, de três meses a um ano, se o fato não constitui crime mais grave.

    Art. 331 – Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela: Pena – detenção, de seis meses a dois anos, ou multa.

  6. Assim diz o esquerdista/ comunista logo acima “Tá na agora do povo de bem sair às ruas para pedir o impedimento desse maluco”. Ainda diz povo de bem. Demência total.
    Ele como muitos esquerdopatas sonham com isso pra depois completar a obra. Que obra? Mandarem os conservadores para o paredão. Assim foi em Cuba; atualmente na Venezuela.
    https://youtu.be/eGjNpX8mrG0

  7. E invadiram cumprindo o pedido do Presidente (!)
    E agora(?) será que vão responsabilizar o Bolsonaro(?)

    “Grupo chuta portas e derruba computadores em alas de pacientes com Covid-19 no Ronaldo Gazola”

    https://oglobo.globo.com/rio/grupo-chuta-portas-derruba-computadores-em-alas-de-pacientes-com-covid-19-no-ronaldo-gazolla-24477088?versao=amp&utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar&__twitter_impression=true

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *