Bolsonaro manda Polícia Federal investigar Bebianno, que não admite se demitir

Bolsonaro na Record

Jair Bolsonaro já transformou a Record em sua emissora “oficial”

Robson Bonin
O Globo

Na entrevista concedida a Record nesta quarta-feira, o presidente Jair Bolsonaro poderia ter defendido seu ministro Gustavo Bebianno das denúncias da “Folha de S.Paulo” de uso irregular de recursos do fundo eleitoral do PSL durante a campanha. Poderia, mas não o fez. Abriu o caminho da demissão, ao dizer que pediu investigação da Polícia Federal sobre o caso e ao dar a entender que uma minoria no partido comete irregularidades. Se algo restar comprovado contra Bebianno…

— Se tiver envolvido (Bebianno), logicamente, e responsabilizado, lamentavelmente o destino não pode ser outro a não ser voltar às suas origens — disse o presidente.

APOIO AO FILHO – Não perguntaram a Bolsonaro se ele colocaria a mão no fogo pelo auxiliar – e nem precisava. O presidente fez coro com o filho Carlos ao chamar Bebianno de mentiroso em rede nacional de televisão. Estranhamente, porém, não anunciou, na sequência, a demissão do autor das “mentiras”. Preferiu manter, ainda que na berlinda, o aliado na Secretaria-Geral da Presidência.

A crise reafirma a impressão de que o presidente move-se pelo temperamento dos filhos e por postagens em redes sociais. Algo que apavora a ala militar do Planalto, afeita aos movimentos de bastidores. Com um novo dia inteiro para Carlos tuitar, a quinta-feira no palácio promete.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Excelente a análise de Robson Bonin. Mas faltou dizer ter ficado claro que Carlos Bolsonaro agiu com autorização do pai. No caso, o ministro Bebianno foi ingênuo, tentou se proteger se escondendo atrás de Bolsonaro. Deveria ter jogado a culpa no Diretório de Pernambuco (comandado por Luciano Bivar, presidente licenciado do partido), responsável por armar a jogada da gráfica que nem tinha máquinas impressoras. E a entrevista de Bolsonaro à Record já estava acertada. Ele deu as declarações no Palácio da Alvorada em Brasília, ainda usando a mesma roupa com que viajara de São Paulo. Conforme anunciamos ontem, aguarda-se a demissão de Bebianno. (C.N.)

7 thoughts on “Bolsonaro manda Polícia Federal investigar Bebianno, que não admite se demitir

  1. “A crise reafirma a impressão de que o presidente move-se pelo temperamento dos filhos e por postagens em redes sociais. Algo que apavora a ala militar do Planalto, afeita aos movimentos de bastidores.”

    O jornalista se esqueceu que o General Villas Boas impediu um golpe que soltaria Lula um TWITTER !!!

  2. “DEUS DÁ O SACO, O DIABO VEM E ROUBA A FARINHA.” O meu velho e saudoso pai repetiu isso a vida inteira, durante 82 anos, e ele sabia o que estava falando, sabia das coisas. Daí a impressão de que Deus é mesmo brasileiro, tanto é que contemplou o Brasil com riquezas naturais quase que infinitas, mas daí, o Diabo, que a tudo espreita o tempo todo, tratou de estabelecer aqui uma classe política horrorosa, mesquinha, pobre de espírito, sem desprendimento, mentalidade pequena, tacanha, provinciana, egoísta, que só consegue enxergar o aqui e agora e a possibilidade de levar o máximo de vantagem em tudo o tempo todo, à moda chegou a nossa vez de levar vantagem, ou meter a mão na massa, infiltrada em todas as instituições, daí o fracasso retumbante do Brasil enquanto nação e civilização, incapaz de se deslocar e evoluir do Quinto dos Infernos para o primeiro mundo. E não é por falta de Estadistas, visionários, desprendidos, pois eles até que existem por aqui tb, por incrível que pareça, mas o problema reside na cabeça da turma do Capeta que rouba a farinha do saco e faz tudo parecer farinha do mesmo saco, ou sacos da mesma farinha, confundem o cenário, desnorteiam a cabeça do povo, à direita, à esquerda e ao centro, e não deixam surgir o novo de verdade, compatível com a grandeza do Brasil, mas nem no pau, Juvenal. Ficam ai, na moita, a vida inteira, até morrerem de velhos, em estado de guerra tribal, primitiva, permanente e insana, por dinheiro, poder, vantagem e privilégios, sem limite$, à moda tudo de bom para elle$ e o resto que se dane, o país e a população que morram à mingua, não fazem o que tem que ser feito, não deixam ninguém fazer, e nem desocupam a moita, e pior de tudo: armados até os dentes. https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2019/02/14/enterrado-vivo-bebianno-vira-uma-assombracao/?fbclid=IwAR08KE9lxHfSWIBAjeRTtG3vKGGSx4TdAELpeAW5_f_3Toh4RpRGgVv

  3. “A crise reafirma a impressão de que o presidente move-se pelo temperamento dos filhos e por postagens em redes sociais. Algo que apavora a ala militar do Planalto, afeita aos movimentos de bastidores.”

    O sistema quer influenciar Bolsonaro, mas parece que o filho e as redes sociais tem mais influencia.

Deixe uma resposta para luis fernando Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *