Bolsonaro não irá às manifestações do dia 26, a serem realizadas em 60 cidadesdas

Resultado de imagem para manifestação do dia 26Julia Lindner
Estadão

O presidente Jair Bolsonaro afirmou a aliados, nesta terça-feira, 21, que não vai participar das manifestações convocadas para o próximo domingo, 26, em apoio ao seu mandato. O presidente falou sobre o assunto com ministros durante a reunião do Conselho de Governo, no Palácio da Alvorada, pela manhã. Pessoas próximas afirmam que o objetivo é demonstrar “respeito pelo cargo e por suas responsabilidades”.

A declaração ocorre em meio a discursos erráticos do presidente em relação ao Congresso. Um núcleo de fiéis apoiadores tem usado as redes sociais para pedir adesão popular aos atos pró-governo, mas a pauta gera divergências.

EXPECTATIVA – Há atos previstos em pelo menos 60 cidades, em todas as capitais e no Distrito Federal. Ainda que o objetivo central seja o apoio às pautas do Planalto como a Previdência, o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro e a Medida Provisória 870 – que reorganiza a estrutura do governo e está sob ameaça -, alguns grupos defendem do enfrentamento ao Centrão à criação da CPI da Lava Toga, além do impeachment de ministros do Supremo como Alexandre de Moraes, Dias Toffoli e Gilmar Mendes.

Levantamento do Estado nas redes dos 54 deputados do PSL identificou que pelo menos 19 fizeram convocações. Outros parlamentares destacaram nas redes a importância das pautas do governo no Congresso, mas não falaram explicitamente sobre os atos. 

Dos quatro parlamentares do PSL no Senado, dois se manifestaram – Major Olímpio (SP) e Soraya Thronicke (MS). Flávio Bolsonaro (RJ) e Juíza Selma Arruda (MT) não fizeram publicações sobre o ato.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Eternamente conduzido pelo filhos, Bolsonaro comprou essa ideia, achando que seus eleitores irão às ruas para apoiar atos que nem sempre são apoiáveis, como reformar a Previdência e manter os dados sob sigilo, somente os revelando à Comissão Especial, como se isso fosse possível e cabível. Esse tipo de manifestação a favor jamais deu certo. Collor tentou e quebrou a cara; Dilma e Lula fizeram o mesmo; para evitar o impeachment, também se deram mal. Como se considera “enviado de Deus”, Bolsonaro talvez consiga, com ajuda extraterrena. Vamos aguardar. (C.N.)

13 thoughts on “Bolsonaro não irá às manifestações do dia 26, a serem realizadas em 60 cidadesdas

    • Rocha,

      Eis o que falta para este país:
      matar o corrupto, diminuindo ímpetos dos ladrões do povo!

      Enquanto isso, no Brasil, o corrupto tem o beneplácito da Justiça, a liberdade e, se condenado, a pena ele passará na sua mansão, adquirida com o dinheiro roubado do cidadão!!!

      Abraço.

  1. Tem gente torcendo para dar errado. ( Maus brasileiros).
    Uma boa iniciativa do presidente não participar.
    A pauta das manifestações será excelente, será anti centrão. Se vai favorecer ou não Bolsonaro ,pouco me importa.. Quero um país justo!
    Em verdade o terror dos políticos é o povo na rua…

  2. QUE REPUGNANTE!

    Sou mais uma ‘Joelma’ descabelando do que isso que ta aí !

    O Ibope devia pesquisar quanta gente acha repugnante ver um patife empossando-se dos emblemas nacionais…

    Vamulá Gente do Bem! DESMASCAREM LOGO ISSO QUE TÁ AÍ

  3. DEM (Antigo PFL), foi o principal aliado dos governos de FHC. Agora conversam para fundir os partidos DEM e PSDB em um novo, defendendo a bandeira do parlamentarismo.

    Onix Lorenzoni é do DEM e esta calado neste processo. Maia e Alcolumbre são DEM e conspiram. MBL (Movimento Bunda Lêlê) também é DEM e tem projeto de poder.

    Janaína Paschoal é PSDB, sempre foi. Reinaldo Azevedo é PSDB. Pessoal do 3 em 1 da Jovem Pan, tudo PSDB. Choram dia e noite com queda vertiginosa dos tucanos.

    Tem ainda o PR, PP e PSD que só atuam nos bastidores. Vão cair na Lava Jato também.

    O Povo já identificou quem são seus inimigos e os inimigos do Brasil, e NÂO É o Bolsonaro!

  4. O Eliel falou bem, mas só não me arrependo de ter votado no Bolsonaro (e ao votar já sabia que não iria me arrepender) porque não havia opção, diante da chapa dos ladravazes do PT.
    Eu e muitos somos anti-PT e não pró-Bolsonaro. Parece que os bolsonaristas não se deram conta dessa verdade.

    Quem é a favor porque o adversário é comum, é pior, num estalar de dedos passa a ser contra.

    Apesar disso, torço para que dê certo, mas torço muito mesmo. Moro no Brasil. Vou querer que essa porra descambe, mais do que já descambou?

    Só não posso compactuar com o besteirol do dia-a-dia, que muitos bolsonaristas apoiam. Mas, pensando bem, até que o Bolsonaro não faz tanta besteira; ele fala muita bobagem, muita coisa que seria dispensável e, principalmente, como se diz, ainda não desceu do palanque.

    Precisa se livrar do “Deus acima de tudo”, pelo amor de Deus! Faz mais de 500 anos que a igreja não faz parte do Estado, acorda Bolso!

    E o presidente precisa, assim como a mulher de César, ter postura de presidente da república!!!

    Em relação a essa manifestação do dia 26, estou com a Janaína. Governo que vai a manifestação a seu favor, ou manifestações a favor de governos, mesmo que arrumadas por terceiros, são fadadas ao fracasso.

    E eu jamais iria a uma manifestação para apoiar plano previdenciário que é o sonho dourado dos banqueiros, colegas do Guedes.

    A mídia fica nessa periferia do mimimi, mas o Bolsonaro não ajuda. Ele mantém acesa a chama do mimimi também.

    O presidente precisa, urgentemente, dar um cala a boca nos filhos, literalmente falando, filhos que só fazem entornar o caldo e esquecer aquele filósofo pornográfico da Virginia, que, na verdade, é um astrólogo sem mapa.

    Se o Bolsonaro deixar a coisa correr solta ele é que estará correndo o sério risco de perder o apoio popular que ainda sobra e perder o resto de governabilidade que imaginamos que ainda tenha.

    Será que ainda tem?

  5. Centrão, milicos melancia, comunistas e investigados pela lava jato criaram dificuldades para vender facilidades nas últimas semanas; com isso acordou o povo verde e amarelo. Agora, dizem que não havia necessidade das pessoas irem a ruas.

  6. Basta a petezada cabeça de bagre não fazer o papel de contraponto ou sparring do “minto”, que ele desaparece igual fumaça. Sem o antipetismo, o crentismo e o militarismo, usados por ele, esse cara não se elege nem vereador.

    • É por isso que os bolsolesadinhos precisam manter o petismo e a figura do Lula bem vivos. O bolsonarismo se alimenta e se justiufica tendo o petismo e o Lula como contrapontos. Sem Lula e PT o bolsonarismo morre de inanição, por isso precisa criar inimigos, até mesmo dentro do governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *