Bolsonaro não pode recuar e presidente do BB já perdeu condições de ficar no cargo

Mais Informações sobre Licitações Banco do Brasil

Equipe econômica quer fechar 361 agências do Banco do Brasil

Pedro do Coutto

Dizendo-se fortemente contrariado pelo projeto de demitir 5 mil funcionários do Banco do Brasil e o fechamento de agências no país, embora o Planalto tenha sido informado previamente do programa, o presidente Bolsonaro anunciou a demissão de André Brandão do BB.

Depois do destaque que a matéria alcançou na imprensa, especialmente no Globo e no O Estado de São Paulo, nas edições de quinta-feira, criou-se uma situação que deslocou a questão social para o plano político, sobretudo porque as reportagens informam também que o ministro Guedes estava tentando dissuadir Bolsonaro do ato.

SEM RECUO – Mas penso que não pode haver recuo. Nem por parte de Bolsonaro nem de André Brandão. Politicamente, ele perdeu as condições de exercer o comando do BB.

No Globo a reportagem é de Manoel Ventura e Giulino Maia. No Estadão assinam a matéria Adriana Fernandes e Tânia Monteiro.

O presidente da República sentiu-se afetado pela iniciativa de Brandão e também porque o Palácio do Planalto não foi consultado a respeito do assunto, mas o Correio Braziliense revela que houve essa informação prévia ao Planalto. De toda forma, Bolsonaro afirmou  ser contrário as demissões e ao fechamento de agências.

PRIVATIZAÇÃO – André Brandão foi indicado pelo ministro Paulo Guedes e pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, para o projeto de privatização do BB. Mas a privatização já havia sido ponto de discordância de Bolsonaro. Além disso o BB é uma empresa de economia mista com ações na Bolsa de Valores. Assim os acionistas só ontem foram informados da decisão de dirigentes.

Há também o aspecto no que se refere ao valor das ações na Bovespa. A desestatização de uma empresa como o Banco do Brasil encontrará fortes resistências no sistema bancário do país e também nos créditos que se encontram em liquidação.

AÇÕES EM BOLSA – A diferença entre o BB e a Caixa Econômica é justamente essa, porque a CEF não possui ações em bolsa, não sendo assim empresa de economia mista.

Jair Bolsonaro, acrescentam os dois jornais; que vinha considerando bom o desempenho do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, agora não mantém o mesmo julgamento quanto a André Brandão.

Penso ter se tornado impossível tanto o recuo do presidente da República, quanto a continuidade de André Brandão, apesar da interferência de Guedes.

HELIO FERNANDES – Nesta semana, Helio Fernandes completou 100 anos de idade. É o jornalista de maior permanência em atividade no mundo, escrevendo diariamente no blog que mantém na internet.

Helio cobriu a Constituinte de 1946. Sua história inclui também as três vezes de confinamento determinadas pela ditadura militar que se instalou em 1964. Foi proprietário da Tribuna da Imprensa jornal, que adquiriu de Nascimento Brito, à época presidente do jornal do Brasil. Carlos Lacerda em 1962 vendeu o jornal para Nascimento Brito, que quinze dias depois revendeu para Helio Fernandes.

A Tribuna fez cerrada oposição à ditadura militar e foi o único jornal a ficar 10 anos sob censura prévia.

2 thoughts on “Bolsonaro não pode recuar e presidente do BB já perdeu condições de ficar no cargo

  1. O grande e experiente Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO, Jornais Folha da Manhã, O Globo, Jornal do Brasil, Tribuna da Imprensa, etc, Programas de Rádio Políticos-Econômicos Rádio Globo, Rádio Jornal do Brasil, CBN, etc, Autor dos excelentes Livros: ” O Voto e o Povo ” (1966); ” BRASIL, o fracasso do Conservadorismo” (1989); ” História Política do Estado do Rio de Janeiro” ( 1992), etc, e que nos honra na TRIBUNA DA INTERNET.

    A nosso ver, o Sr. PEDRO DO COUTTO, depois que a FORD SA informou que após 102 anos operando no Brasil, fecharia suas 3 Fábricas e produziria só na Argentina e Uruguai para fornecer o Mercosul, com grande desprestígio para a Economia do Brasil, Notícias ruins de Repique da Pandemia Covid-19 e dificuldades de Vacinação anti-Covid-19, seringas, agulhas…vem a Notícia do Presid. Banco do Brasil SA de que tencionava fechar 321 Pontos de Atendimento e Programa de Demissão Incentivada de +- 10% de seus Empregados. Ora o BB opera com bons Lucros +- R$ 14 Bi/2020, e o Presid. BOLSONARO publicamente avisou o Presid. BB Sr. ANDRÉ BRANDÃO que suspendesse as operações. O Presid. BB desgastado pode deixar a Presidência em breve.

    O problema é que o Presid. BOLSONARO sabe que se seguir a Política-Econômica Neo-Liberal dura, vai terminar muito pior do que o ex-Presid. MACRI da Argentina, isto é, totalmente derrotado pelo que ele, Presid. BOLSONARO, chama de “Esquerdalhada”.

    Deve portanto o Presid. BOLSONARO seguir uma Política Econômica mais NACIONAL-DESENVOLVIMENTISTA INDUSTRIALISTA possível, sem descuidar da Austeridade Fiscal / Endividamento Público. Não vender Empresas Estatais/Mistas como o BB que estejam dando Lucro, e preparar para 2022 um “Mini-Plano MARSHALL para ativar o EMPREGO, financiado com Monetização pelo BC de Dívida Pública como se fez em época de Guerra.
    Caso contrário as chances da volta da “Esquerda” ao Poder são muito grandes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *