Bolsonaro receberá alta nesta 2ª feira e continuará a sua recuperação em Brasília, diz Planalto

Hamilton Mourão segue à frente da Presidência até quarta

Iander Porcella
Estadão

O presidente Jair Bolsonaro receberá alta do Hospital Vila Nova Star nesta segunda-feira, dia 16, no período da tarde, após realização de sessão de fisioterapia, informa boletim médico. Bolsonaro se recupera de uma cirurgia realizada no último dia 8, para correção de uma hérnia incisional.

O boletim, assinado pelo cirurgião-chefe Antônio Macedo, pelo clínico Leandro Echenique, pelo diretor-médico do Hospital Vila Nova Star, Antônio Antonietto, e pelo médico da Presidência da República, Ricardo Peixoto Camarinha, informa também que Bolsonaro continuará sua recuperação em domicílio, “devendo seguir as orientações médicas relacionadas a dieta e atividade física, sob supervisão conjunta da equipe médica do Dr. Macedo e da equipe da Presidência da República.”

RECUPERAÇÃO –  Na noite de sábado, dia 14, o presidente passou de uma dieta líquida para uma dieta cremosa. Já na noite de domingo, dia 15, os médicos começaram a diminuir a alimentação endovenosa (diretamente na veia). Na última semana, Bolsonaro chegou a usar uma sonda nasogástrica para retirada de ar e líquidos do estômago e do intestino, após uma distensão abdominal.

No domingo, o presidente recebeu a visita do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e de sua esposa, Rosângela Moro. “O homem é forte”, escreveu Moro no Twitter. Já no sábado, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi ao Hospital Vila Nova Star, mas a assessoria do Palácio do Planalto não confirmou se ele conseguiu falar com o presidente.

ACOMPANHANTES – No mesmo dia, Bolsonaro recebeu a visita de parentes. Na segunda-feira, dia 9, um dia após a cirurgia, o presidente em exercício, Hamilton Mourão, visitou Bolsonaro. A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente, estão em São Paulo como acompanhantes e dormem no hospital. Já o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) fazem visitas ao pai.

O procedimento cirúrgico a que o presidente foi submetido no dia 8 foi o quarto após ele ter sido esfaqueado, há um ano, durante a campanha eleitoral, em Juiz de Fora, no interior de Minas Gerais. A cirurgia, realizada para corrigir uma hérnia que surgiu na região do abdômen, durou cerca de cinco horas e foi considerada bem-sucedida pela equipe médica.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGConforme questionado pelo amigo Carlos Newton, por que insistir em colocar a vida de Bolsonaro em risco, após tantos dias sem ingestão de alimentos sólidos e recém operado ? A pressa é tanta que houve até desencontros entre datas anunciadas da alta. Mesmo no hospital, a impressão que deu é que Bolsonaro continuava na frente de batalha. E era essa a intenção para evitar uma possível comparação com a estabilidade emocional do país com Mourão na Presidência. (Marcelo Copelli)

7 thoughts on “Bolsonaro receberá alta nesta 2ª feira e continuará a sua recuperação em Brasília, diz Planalto

  1. Recebi o seguinte twitter de um amigo:

    “Não me aguento em mim de ansiedade para ver o Bolsonaro de volta em ação. Ele me faz bem, como me fazia bem o Lula e a Dilma. Sem eles como exemplo me sinto uma pessoa normal; com eles me sinto superior, meu ego explode de vaidade realizado. Pena que ainda continuo baixinho e feio, mas melhor assim do que ser uma besta como eles!”

    • Os bolsolesados entrariam em pânico se Mourão brilhasse na ONU. Bolsolesados querem que Bolsonaro polarize apenas com o presidiário Lula para a mediocridade do presidente não se acentuar muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *