Bolsonaro se esfora para negar desgaste e diz que Moro um ‘patrimnio nacional’

Aps semanas de desconforto, Bolsonaro tenta amenizar crise

Daniel Gullino e
Jussara Soares
O Globo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, dia 29, que o ministro da Justia,Sergio Moro , um “patrimnio nacional”. A declarao foi feita durante cerimnia no Palcio do Planalto de lanamento do projeto “Em Frente, Brasil”, que tem o objetivo de combater a criminalidade violenta nas cidades com maiores ndices de homicdios. “Se Deus quiser, vai dar certo esse plano piloto montado pelo Ministrio da Justia, tendo frente Sergio Moro, que um patrimnio nacional”, disse. Bolsonaro agradeceu a Moro por ter deixado a atividade de juiz para entrar em seu governo e afirmou que no se trata de uma “aventura”, mas, sim, de uma “certeza”:

“Obrigado, Sergio Moro. Voc abriu mo de 22 anos de magistratura no para entrar em uma aventura, mas sim na certeza de que todos ns juntos podemos, sim, fazer melhor para a nossa ptria e colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece estar”, disse. De acordo com Moro, governos anteriores davam pouca ateno “criminalidade violenta”, atuando principalmente de forma reativa. Agora, segundo ele, a inteno prevenir crimes: “O que ns vimos no passado era a Unio distante da criminalidade violenta. O governo federal mais atuante em outro tipo de criminalidade, mais Quando a Unio atua nessa rea, era de uma maneira especialmente reativa”, afirmou. “A concepo desse projeto diferente, a ideia ns agirmos preventivamente, ns irmos nesses municpios para evitar que situaes de criminalidade violenta se agravem”, acrescentou.

PROJETO PILOTO - O programa prev quatro eixos: levantamento de dados estatsticos sobre criminalidade, represso a grupos criminosos, preveno social e mecanismos de governana e gesto. A preveno social abrange diversas pastas e, por isso, estavam presentes outros nove ministros: Abraham Weintraub (Educao), Luiz Henrique Mandetta (Sade), Paulo Guedes (Economia), Osmar Terra (Cidadania), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional), Damares Alves (Mulher, Famlia e Direitos Humanos), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

“O `Em Frente, Brasil se difere de todos os outros que j existiam por no se calcar s na represso, ou seja, na consequncia da violncia. Ele vai agir tambm nas causas socioeconmicas, por isso essa integrao de ministrios “, explica o secretrio nacional de Segurana Pblica, Guilherme Theophilo. O pitoto do projeto ser realizado em Ananindeua (PA), Paulista (PE), Cariacica (ES), So Jos dos Pinhais (PR) e Goinia (GO). A ideia posteriormente expandir o programa para todo o pas. O objetivo implementar um conjunto de aes multidisciplinares e transversais nas reas de educao, esporte, lazer, cidadania, cultura, empreendedorismo e outras, a partir de diagnsticos locais. A Fora Nacional de Segurana Pblica atuar nos cinco municpios de forma integrada com as Polcias Federal, Rodoviria Federal, Civil e Militar, dentro de estratgias especficas de policiamento ostensivo, inteligncia, investigao criminal e operaes integradas. O programa prev investimento de R$ 4 milhes por cidade, em um total de R$ 20 milhes do oramento do MInistrio da Justia.

ATRITOS- O lanamento do projeto se deu em meio turbulncia provocada por declaraes de Bolsonaro. No dia 16 de agosto, o presidente reafirmou, numa entrevista coletiva, que o delegado Alexandre Silva Saraiva, superintendente da Polcia Fedeal no Amazonas, substituiria o delegado Ricardo Saadi no comando da instituio no Rio de Janeiro. Se a ordem no fosse obedecida, ele afirmou que poderia afastar Maurcio Valeixo da direo da PF revelia do ministro da Justia, responsvel pela indicao do diretor-geral. Moro no rebateu o comentrio do presidente. Na semana passada, Moro fez um elogio pblico a Valeixo. Segundo o ministro, Valeixo “tem feito um trabalho extraordinrio frente da Polcia Federal”.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
Bolsonaro fez questo de descer a rampa do Palcio do Planalto abraado com o ministro, sendo aplaudido pelos deputados do PSL presentes no evento. Lorenzoni aproveitou a deixa e soltou que Moro o “melhor ministro da Justia e da Segurana Pblica da histria e que o Brasil ter nos prximos anos”. Mordem e assopram. (M.C.)

14 thoughts on “Bolsonaro se esfora para negar desgaste e diz que Moro um ‘patrimnio nacional’

  1. Hahaha… o sucesso de Bolsonaro e Moro e sua poltica de combate ao crime evidente, comprovada com dados concretos, queda vertiginosa em todo pas. A impren$a resta apenas fofocar, criar intriga, maldizer, difamar… podem continuar chorando!

  2. Caramba, patrimnio do Brasil, coitado deste pas, vai de mal a pior, um presidente to idiota, que s abre a boca para bostejar asneiras, dizendo em entrevista, que o filho quer ser embaixador porque quer morar l, ou seja, que relaes far para o pais, quer ser bancado pelo povo, para morar nos EUA, demais, nepotismo clarssimo, Bolsonaro
    Cala a boca Batista.

  3. E evidente que o Moro est desconfortvel, mas ele um timo estrategista, est deixando o bolsonaro se enforcar sozinho.
    Essa declarao do zero a esquerda, (rs) mais falsa que uma nota de trs reais. Todos os movimentos que foram feitos pelo bolsonaro vai contra uma das suas principais promessas de campanha. Todo esses conchavos com o pior que h dos polticos, pode se traduzir de uma nica forma: a famiglia t toda enrolada, at o talo e no s o filhote e o queiroz. Tem muito mais sujeira embaixo do tapete. S um boboca alienado no percebe.
    S o sumio da famlia inteira do queiroz, nos d o peso da gravidade do imbrglio.
    bolsonaro apenas mais um que nos vendeu gato por lebre.
    No tinha outro jeito, tnhamos que embarcar nesta canoa, mas pra mim, deu!
    Moro 2022!!
    Atenciosamente.

  4. Bom dia, quadrpedes do binarismo!!

    Algum viu algum cartaz “COAF com Moro” na bolsomicaretinha do ltimo domingo???

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

  5. Al, quadrpedes morozetes!

    Quando a prxima bolsomicaretinha, digo, moromicaretinha pra pedir “COAF com Moro”, hein???

    Por que vocs no pedem mais “COAF com Moro”???

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

  6. Votei no Bolsonaro, sou critico de suas maluquices ou sem sem-vergonhices mas ainda espero que no fim das contas o saldo seja positivo.

    O que, pela nossas ultima experiencias, no deve ser muito difcil.

    Mas o que me espanta o Queiroz.

    Ou estadebaixo de 200 palmos de concreto ou num micro ondas da periferia ou ento a imprensa, os detetives, os caadores de histrias, os servios secretos do PT e cia so todos amadores.

    Onde est a grande reportagem descobrindo onde est Queiroz?

    Existe uma paralisia coletiva?

    Ou est junto com os financiadores dos advogados de Adlio?

    Ou com os articuladores do atentado?

    Nem o Intercept descobriu???

    Amnsia coletiva????

    estranhssimo …..

      • Realmente Maria Lucia

        Depois que escrevi isto vi uma excelente reportagem no Estado de hoje sobre o assunto

        Muito boa, didtica e explicativa]

        Se puderem leiam:

        https://www.estadao.com.br/infograficos/politica,uma-historia-que-incomoda-o-planalto-os-seis-meses-do-caso-queiroz,894103

        mas nao era so eu que nao sabia onde estava.

        E esta informao me parece mais um dos migu bolsonarista pois o proprio estado diz no final

        Onde est o Queiroz?
        O advogado Paulo Klein afirma que Fabrcio Queiroz est em So Paulo com a famlia fazendo tratamento de recuperao em decorrncia da cirurgia para retirada de um tumor maligno no intestino, realizada no dia 1 de janeiro deste ano no Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista. Segundo registro da unidade, ele deu entrada no dia 30 de dezembro de 2018 e teve alta no dia 8 de janeiro. A reportagem pediu uma entrevista com Queiroz, mas Klein disse que ele ainda est em recuperao e que assim que tiver condies vai falar antes com o Ministrio Pblico do Rio.

        Tudo muito claro e explicitado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.