Bolsonaro se filia ao PSL e promete criar a “bancada da metralhadora”

Bolsonaro diz que não negocia no porão do palácio

Maria Lima
O Globo

O deputado Jair Bolsonaro (RJ) se filiou na noite desta quarta-feira ao Partido Social Liberal (PSL) e lançou sua pré-candidatura à presidência da República com um discurso em defesa da revisão da lei do desarmamento. O presidenciável disse que, se eleito, vai propor o fim do monopólio de armamentos da empresa Taurus e garantiu que a chamada “bancada da bala”, que reúne os deputados que o apoiam, vai aumentar e se transformar em “bancada da metralhadora” para “defender a liberdade e a vida”.

O ato político foi marcado por orações, choro e gritos exaltados na plateia, inclusive pedindo a prisão do ex-presidente Lula. Apesar do nome da legenda, Bolsonaro, seu provável vice, senador Magno Malta (ES), e o presidente do PSL, Luciano Bivar (PSL-PE), disseram que ali estava sendo criado o primeiro partido oficialmente conservador, de direita, no país.

APOIO DE DEPUTADOS – Bivar informou que nesta quinta-feira, na esteira de Bolsonaro, se filiarão oficialmente outros oito deputados federais à legenda. Diversos parlamentares que pretendem apoiar a candidatura do presidenciável compareceram ao lançamento, entre eles Índio da Costa (PSD-RJ), pré-candidato a governador no Rio.

“Meu candidato ao Senado pode ser do PSL. Eu tenho uma boa estrutura de campanha e Bolsonaro vai bombar no Rio” — propôs Índio.

Depois de uma dezena de discursos de deputados apoiadores, o mestre de cerimônias anunciou a fala de Bolsonaro. Em meio a gritaria da plateia que gritava “mito, mito, mito”, todos ficaram de pé para cantar o Hino Nacional. Em seguida, Magno Malta fez uma oração e todos rezaram o Pai Nosso.

GENTE GABARITADA – No discurso, o pré-candidato tentou rebater as críticas feitas a ele. A primeira, que não tem preparo para comandar o país. Sobre ser militar, ele disse que, “se for a vontade de Deus” e chegar ao Planalto, anunciará um Ministério com “gente gabaritada”, com civis e militares, e não irá negociar indicações com “malas de dinheiro” no porão do palácio.

“Ditaduras sempre se instalam, primeiro com o desarmamento da sociedade. Nós temos que discutir sim essa questão do armamento. Falam jocosamente que sou apoiado pela bancada da bala, essa bancada vai aumentar, como diz o deputado Franscichini, vai virar a bancada da metralhadora para defender a liberdade e a vida” — discursou Bolsonaro, acrescentando que defenderá que cada cidadão de bem, se quiser, possa ter uma arma.

Nesse momento Bolsonaro criticou o ministro da Segurança Pública, Raul Jungman, e deu sua receita de combate a violência: “Violência se combate com energia e, se for necessário, com mais violência” — disse Bolsonaro, argumentando que alguns criminosos são “irrecuperáveis”.

TERRORISMO – Ele cobrou ainda que as ações do MST sejam tipificadas como terrorismo e criticou a candidatura de Guilherme Boulos a presidente pelo PSOL. “Eles estão tão ousados que um marginal do MTST vai ser candidato a presidente da República” — atacou.

Bolsonaro também tentou desfazer a imagem de que é homofóbico. Da plateia mulheres gritavam que era preciso combater a ideologia de gênero. “Um pai ou uma mãe prefere chegar em casa e ver um filho homem com o braço quebrado no futebol, do que vê-lo brincando de boneca por influência na escola” — disse.

O presidente do PSL, Luciano Bivar, saudou a filiação de Bolsonaro. “Estávamos noivos e hoje é o dia do casamento” — disse, provocando gritos da platéia: “Beija, beija, beija!”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Bolsonaro é um candidato fortíssimo. Se conseguir uma coligação que lhe dê um espaço maior na TV, deverá ser o mais votado no primeiro turno, com facilidade. (C.N.)

62 thoughts on “Bolsonaro se filia ao PSL e promete criar a “bancada da metralhadora”

  1. É verdade sr. CN.

    BOM.OU RUIM ele, ainda, é o menos pior…. Se vai enganar como todos os .outros fizeram, só o tempo dirá.. O termo bancada da.metralhadora da manchete só serve para aumentar a popularidade dele.
    Quanto.mais bate mais cresce para o pavor de alguns comentaristas daqui.

  2. Uma Itália Antissistema, Antieuro E Anti-Imigração

    Elena Llorente – A Itália não conseguirá formar um governo rapidamente. E isto era mais ou menos previsível, dado os resultados das eleições do domingo, quando nenhum partido conseguiu a maioria. Contudo, o que não se esperava eram os importantes saltos dados por alguns partidos, para trás e para frente, segundo demonstram os dados oficiais destas eleições.

    Com efeito, o partido mais votado foi o Movimento Cinco Estrelas (M5S), fundado pelo comediante Beppe Grillo e hoje liderado por um jovem de 31 anos, Luigi Di Maio. O M5S passou dos 26%, das eleições de 2013, para os 33%, ontem. Ou seja, teve um crescimento de 7 pontos. “Hoje, inicia-se a terceira República – disse Di Maio aos jornalistas, como candidato a primeiro-ministro – e será uma república dos cidadãos italianos. O resultado destas eleições foi pós-ideológico, indo além dos esquemas de direita e de esquerda e que se refere aos temas sem resolução que a nação possui”.

    Por outro lado, a coalizão mais votada foi a de centro-direita (Força Itália de Silvio Berlusconi, a Liga e Irmãos da Itália), que passou dos 31%, em 2013, aos 37%, ontem, ganhando seis pontos. No entanto, desta vez, quem leva a coroa dentro da centro-direita não é o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, mas, sim, a racista, anti-imigrantes e antieuropeísta Liga (ex-Liga Norte) que de apenas 4%, em 2013, passou a quase 18%, ganhando 14 pontos. O líder da Liga, Matteo Salvini, que durante toda a campanha eleitoral afirmou que seria o próximo primeiro-ministro, disse, ontem, em coletiva de imprensa, que sua coalização é “o quadro que necessita de menos números para ter a maioria no Parlamento” e que ele e seus aliados trabalharão “para conseguir essa maioria parlamentar”. Também, como costuma fazer, lançou-se contra a Europa: “O euro foi e continua sendo uma escolha equivocada”, disse. E se referindo aos dirigentes do Partido Democrático (PD), concluiu: “O voto puniu a arrogância de Renzi e seus amigos”.

    http://controversia.com.br/7413

    • A política italiana não serve de exemplo para ninguém, nem para portadores do velho complexo de vira-lata, é um $istema ainda mais podre do que o luso-tupiniquim, trata-se de um lixão a céu aberto, com prazo de validade vencido há muito tempo. E lá, as tais mãos limpas, infelizmente, só serviu para fortalecer ainda mais os mãos suja$.

  3. Muito inteligente a escolha do vice, Magno Malta, pois evangélico, onde supostamente atrairá milhões de votos de pessoas ligadas à religião.

    O senador é um parlamentar combativo, opositor nato de Lula e do PT.

    Fala bem, e se comunica com o povo, pois seu linguajar é simples, e todos o entendem.

    Pois Bolsonaro fez uma ótima jogada neste xadrez para se chegar ao Planalto, a escolha de um vice apropriado às suas pretensões maiores, derrotar Lula e sua quadrilha!

    Arrancou na frente dos demais, que n]ão se sabe quem escolherão para dividir a presidência.

    • Quem diria, o nosso combativo, bom e velho Chico de guerra tb aderiu ao religiosismo desavergonhado na política que até mesmo o próprio Cristo esconjurou sentenciando: ” A Cesar o que é de Cesar, a Deus o que é de Deus”. E como é que fica o Estado Laico, caso essa insanidade prospere ? Já não basta o estado de guerra tribal permanente e insana que ai está, vamos agregar ao dito cujo tb a insanidade de guerra religiosa, do fanatismo religioso, que já deu merda no Egito, Israel, Palestina… ? Vamos voltar aos velhos tempos da Santa Inquisição, às avessas ?

      • Luiz Felipe,

        Engana-te redondamente!

        Deverias já saber, nessas alturas, diferenciar uma análise política da posição de cada um neste particular.

        Eu apenas entendi como inteligente a manobra de Bolsonaro quanto à escolha do seu vice, pois ele arrebanha votos, e será muito importante poder contar com os evangélicos.

        Ora, não significa que eu tenha aderido à religião como parte da desta política abjeta, que nos leva para o abismo, pois eu apenas salientei a jogada de xadrez bem feita nessa competição de se chegar ao Planalto.

        Ao mesmo tempo, eu quis realçar a necessária e devida escolha do vice, e Temer é o exemplo.

        Um abraço.
        Saúde e paz.

    • Caro Bendl, Bolsonaro, com sua formação militar de “servir a Pátria” e não a pilantras, que transformaram o Brasil em “republiqueta democradura”; está com as mãos limpas, pode ser um “bom” Presidente, para que o Brasil recupere sua Soberania como Nação. Dia 07 de outubro o trabalhador-cidadão-eleitor, vota com dignidade para “Redenção do Brasil como Nação decente e justa”, não reelegendo a “corrupção que desgraça o Pais” nos 2 poderes, e no 3º, indiretamente, pelo sistema de indicação,utilizado nos tribunais chamados superiores.
      O perigo são as urnas eletrônicas, fraudáveis, e o Toffoli não nos deixa mentir, em 2014, elegeu Dª Dilma, em apuração super- secreta, que nem ministros do TSE, tinham acesso.
      Alm, Barroso na guerra do Paraguai: O Brasil espera que cada um cumpra seu Dever.
      Muita saúde e longa vida, para esta luta de um Brasil decente e justo. Théo.

      • Caríssimo Theo, decano da Tribuna da Internet,

        Bolsonaro desfraldou duas bandeiras como sua plataforma:
        Corrupção e violência.

        Uma boa parte dos eleitores entendeu que estes são os nossos dois maiores problemas atuais, então a preferência pelo deputado.

        Soma-se a esta identificação, a ideia de Malta como seu vice, e atrair os evangélicos, que são em bom número neste país.

        Agora, se vai fazer um bom governo ou não, dependerá do congresso, logo, teremos de eleger gente nova e abolir a reeleição, se quisermos ter a esperança de o Brasil se desenvolver.

        Um forte abraço.
        Saúde, paz, e vida longa.

        • A família inteira do Bolsonaro está mamando nas tetas do erário, colocados lá por ele, via nepotismo condenável, há questionamentos procedentes em relação ao seu patrimônio, e já são cerca de 30 anos de carreirismo sob a égide do $istema político podre, sem jamais ter feito alguma coisa no congresso para mudá-lo de verdade. Será que uma pessoa nessas condições tem motivação para romper com o $istema político podre que o alimenta ?

      • Cumprir o dever em outubro de 2018 significa não votar no $istema político podre enquanto homicida que matou a pátria amada Brasil. $istema político podre esse que, aliás, precisa levar uma coça nas urnas em 2018 a ser aplicada pelos votos brancos, nulos e abstenções.

        • Caro leitor e comentarista Luiz Felipe,
          Se não me falha a memória o seu nome completo é Luiz Felipe Loriaga Leão e também é colega da advocacia.
          Ora, em eleição só são computados os votos válidos, de modo que votos brancos, nulos e as abstenções dos eleitores ao comparecimento as suas zonas eleitorais, poderão comprometer as eleições, pois podem ser sufragados os mesmos de SEMPRE.

    • Opositor nato de Lula e Dilma….kkkk, acho que vc não sabe nada a respeito de Magno Malta, mas tá valendo, foi uma boa piada…kkkkk..

      • Ronaldo,

        Por favor, te informa melhor, antes de teceres as tuas ironias.

        Se não viste e ouviste os discursos de Malta em plenário no senado, deves fazê-lo.

        E com a vantagem que o senador pelo Estado do Espírito Santo não tem papas na língua.

        E, reitero, eu apenas fiz uma análise política, pois a minha opinião a respeito todos sabem, que tratamos de algo abjeto, corrupto até as entranhas, que esta política nacional está acabando com o país e povo.

  4. A própria história delata e denuncia o tempo todo, e a intelectualidade consciente repete que “se cobrir é circo, se cercar é hospício e se murar alto é penitenciária”. Caso seja verdadeiro isso, taí um candidato apropriado. Mais um do tipo direita, esquerda, centro, que divide, enfraquece, inimiza e rivaliza a sociedade e fomenta o estado de guerra, tribal, primitiva, permanente e insana que há está, há trocentos anos, com as instituições todas aparelhadas e divididas, à moda tudo por poder, dinheiro, vantagens e privilégios, sem limite$, tudo para elle$ e o resto que se dane, e que já levou o país ao estado de esculhambação total que ai está, inclusive com juízes condenando a esmo trocando R$ 15, por dez , por extenso, que é o que deve prevalecer e não o numeral. Em fim, “pra quem gosta fedo de bode é cheiro”, como dizia um dos personagens do saudoso Chico Anysio.

  5. Caro Carlos Newton,
    Deve ser corrigida a redação logo abaixo da foto do candidato de “Bolsonaro diz que negociará “no porão do palácio” para “Bolsonaro diz que não negociará “no porão do palácio”.

  6. Bolsonaro vai criar a “bancada da metralhadora” ???? NORMAL. Estranho seria Bolsonaro apresentar um plano de governo compatível com as necessidades da nação. Triste Brasillllllll.

  7. Ele leva no primeiro turno com ou sem TV se a eleição for com voto impresso.
    Com voto somente eletrônico, Temer vai começar a aparecer em segundo nas pesquisas e levar no Segundo Turno com apuração fechada no TSE.

  8. A N/R tem uma visão muito simplista do que é uma eleição . Acham que durante o horário eleitoral os outros partidos não irão mostrar as ” pérolas ” do Bolsominio, tais como a do Quilombola de mais de 7 arrobas que não servia nem para reproduzir, a do fraquejo , a resposta a Preta Gil , dizer que em 28’anos a única lei que ele aprovou foi idéia roubada do Jarbas Passarinho, etc ?
    Qual será o autocontrole que ele terá nos debates, pois vai haver um forte fogo cruzado?
    Na eleição passada, bem menos complicada que a atual , houve um momento em que achavam que a Marina estava eleita , bastou escorregar nos debates e tchau .

    • Caro Virgilio, Toffoli elegeu Dª Dilma, em apuração secreta, que nem ministros do TSE tiveram acesso, As ações do sinistro, não nos deixa mentir, é estuprador e vilipendiador da Justiça. Voto no papel, é sujeito a auditagem.

      • Também defendo voto em papel , mas o caso é outro .
        O marketing das atuais campanhas políticas se assentam no binômio criar / destruir imagens .
        Como atualmente tudo o que é dito fica gravado na internet e pelas ” pérolas ” que o Bolsonaro já disse ele vai ser um alvo fácil, além disso acredito que o desempenho dele nos debates será péssimo, já ” escalaram ” duas candidatas bonitas , simpáticas que se expressam muito bem , para bombardear o Bolsonaro nos debates .

  9. 1) O candidato Bolsonaro é cristão, foi batizado nas águas do Rio Jordão, recentemente, em Israel.

    2) O senador Magno Malta é pastor e cantor gospel.

    3) A bancada cristã vai disparar em números…

    4) Mas o meu voto é Álvaro Dias, Podemos !

    • Rocha,

      Obrigado por concordares comigo quanto à escolha de Bolsonaro pelo senador Malta para ser seu vice.

      Indiscutivelmente, Bolsonaro terá um acréscimo de eleitores, e será um candidato muito difícil de ser batido, a menos que leve um tombo solene nos debates ou uma denúncia que abale a sua biografia, caso contrário já estará no segundo turno.

      Um abraço.
      Saúde e paz.

  10. O que difere um esquerdista dos outros, que eles rotulam de conservadores, direitistas, liberais, entreguistas,etc, é que estes se orientam pela pela realidade dos fatos , o que os leva ao óbvio, ao bom senso. ao contrário dos esquerdistas que vivem delírios ideológicos.
    Bolsonaro na questão da defesa do direito sagrado do cidadão poder ter um objeto para se defender, ou pelo menos ter uma chance para isto e criminalizar severamente invasores de propriedade privada, ele apenas está sendo realista e ser realista não se precisa nem saber ler e escrever: temos mecanismos naturais para isto.
    Mas , o problema neste país é que mesmo ele e até gente com mais cultura do que ele, não chega a entender o processo por inteiro. Por essas e outras, não podemos esquecer o Geisel, que os esquerdistas o taxavam de direitista, mas que fez tudo que eles queriam e que levou o país à situação econômica de hoje (enquanto o mundo se globalizava, levando á riqueza os tigres asiáticos, ele fechou o país seguindo a boa e velha cartilha esquerdista com seu nacionalismo doentio, transformando o país numa Albânia tropical)

    • Texto revisado
      O que difere os esquerdistas dos outros, que eles rotulam de conservadores, direitistas, liberais, entreguistas,etc, é que estes se orientam pela pela realidade dos fatos , o que os leva ao óbvio, ao bom senso. ao contrário dos dos primeiros que vivem delírios ideológicos.
      Bolsonaro na questão da defesa do direito sagrado do cidadão poder ter um objeto para se defender, ou pelo menos ter uma chance para isto e criminalizar severamente invasores de propriedade privada, ele apenas está sendo realista e ser realista não se precisa nem saber ler e escrever: temos mecanismos naturais para isto.
      Mas , o problema neste país é que mesmo ele e até gente com mais cultura do que ele, não chega a entender o processo sócio-econômico por inteiro. Por essas e outras, não podemos esquecer o Geisel, que os esquerdistas o taxavam de direitista, mas que fez tudo que eles queriam e que levou o país à situação econômica de hoje (enquanto o mundo se globalizava, levando á riqueza os tigres asiáticos, ele fechou o país seguindo a boa e velha cartilha esquerdista com seu nacionalismo doentio, transformando o país numa Albânia tropical)

  11. O Jânio sem cachaça irá governar sem Congresso ?
    Como disse o menino do semiárido Severino Cavalcante : ” Um presidente faz o que quer , desde que o Congresso aprove !

  12. Bom, conforme esse teu alerta, presumo que serve para os demais candidatos, e não somente para Bolsonaro, correto?

    Logo, essas eleições deverão obrigar o eleitor a cuidar de não reeleger ninguém, principalmente os envolvidos na Lava Jato, a maioria do parlamento, claro.

    A faxina deverá ser completa, pois qualquer dos ladrões que voltar ao congresso será uma ameaça à administração do futuro presidente, seja ele quem for, a meu ver.

  13. Estamos vivendo um momento histórico de radical polarização em todos os sentidos. Se é imprevisível como serão os acontecimentos no campo da política esse ano, pode-se prever muitos atos de caráter agressivo e violento, tanto no campo real quanto virtual. Acredito que 2018 será um 2014 ampliado, onde o candidato eleito vair ter dificuldades de governar e os derrotados dirão que houve fraude nas eleições, principalmente porque o processo eleitoral com urnas inauditáveis serão as mesmas de 2014. O mais preocupante é que tudo isso, em algum momento, vai se refletir nas ruas com resultados imprevisíveis.

    • Desde Junho de 2013, restou claro nas ruas do país o que a maioria do povo realmente quer, tal seja Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, porque está cansado de tanta enrolação, tanto é assim que em 2014 a maioria deu uma nova chance a Dilma em nome de um possível governo novo com ideias novas, que revelou-se nova enganação, que propiciou a seu derrubada como o povão lavando as mãos. Portanto, meus caros, se em 2018 não tiver outra vez o que o povo quer, Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, só vai aumentar a confusão, até porque 171 nenhum conseguirá continuar enganando a população, já vacinada contra a embromação.

  14. Quero aproveitar e desejar às mulheres os meus parabéns pelo

    DIA INTERNACIONAL DA MULHER!

    Data importante, merecida, diante do significado preponderante da mulher na História e sua fundamental participação na Humanidade que, sem ela, já teria sido extinta pelos homens!

    O meu abraço forte, caloroso e carinhoso às mulheres, e minha reverência e respeitos àquela que foi simplesmente A MÃE DE DEUS!!!

    Saúde e paz, mulheres desse mundo um tanto insano, e que necessita cada vez mais desse ser extraordinário, fantástico, simplesmente a razão da nossa existência!

    • Para quem gosta e respeita as mulheres o dia delas é durante o ano inteiro.
      Essa história de “Dia da Mulher” é a mais descarada misoginia!

      • Independente de os conquistadores cínicos e hipócritas que existem, e que ainda se jactam de suas performances, reitero os meus parabéns às mulheres.

        Não vão atrás desses que são contra as formalidades, as datas festivas e comemorativas, pois o que dizem fazem o contrário, pois querem apenas ser diferentes, haja vista não serem notados normalmente ou não sabem o que dizer nesses momentos, então inventam moda.

  15. Bolsonaro, será eleito no primeiro turno, graças a Deus e a maioria dos brasileiros do bem. Venho afirmando isso há muito tempo.

  16. A única coisa que concordo com Bolsonaro, é que todo cidadão de bem tem direito de ter uma arma.
    Combater a violência com violência, gerará mais violência. O crime se combate com inteligência, começando por leis mais duras, nada melhor para combater o crime com penas duras, com trabalho obrigatório e acabar com a Progressão de Regime de Cumprimento da Pena e principalmente com educação..
    Ter religião é uma coisa, governar sob a égide de uma religião é perigoso.
    As vezes ligo a televisão em canais aberto e está lá, dois ou três canais fazendo propaganda da religião, com pessoas. diariamente dando testemunho: tinha uma doença grave e ficou curada depois que adotou a tal religião. Evidentemente, isso atrai mais adeptos e mais dízimo, fazendo essas religiões ricas e com poder popular e força política. Os políticos, que pretende ganhar eleições, são obrigados a pedir a benção aos pastores das religiões evangélicas, porque sabe,: em quem o pastor pedir para o fiéis votarem, a maioria ampla vota.
    Dizer que vai governar sem acordo com o congresso, é uma falácia. Infelizmente no sistema atual, se não aceitar indicações dos partidos, não governa. Tem mais, se não tiver uma visão geral dos problemas do país, irá ficar nas mãos dos ministros dos ministérios mais importantes, assim como o Lula, que quem governou o Brasil, no princípio foi o José Dirceu, depois Palocci e Meirelles, enquanto Lula apenas indicava pessoas de sua confiança para cargos “chaves” nas estatais e viajava com a Rosemary ou ia fazer ‘palestras”.
    No sistema político atual, quem não tiver preparo e jogo de cintura para conseguir algumas mudanças no sistema, vai dar com os burros na água, como se dizia antigamente..
    .

    • Acho que o direito de andar armado deveria vir junto com uma forte legislação sobre o uso de armas, como ocorre nos EUA . Lá se você sacar uma arma por motivos fúteis da cadeia e se você atirar sem motivos em direção a uma pessoa, mesmo que não acerte a cadeia é brava , até 30 anos dependendo do estado.

      • Num mundo cada vez mais levado à loucura pelo sistema político podre, e cada vez mais louco, evitar que um demente saque a arma, atire e mate o semelhante, me parece mais sensato. Uma arma à vista é uma permanente tentação a ser posta em prática.

      • Desta vez dou razão ao indultado. Mas, o direito a ter uma arma e porte nas ruas é sagrado lá. Temos que fazer regulamentos iguais aos dos americanos.
        O nosso dispositivo jurídico já está podre e não é de hoje, daí os criminosos não terem o mínimo medo de serem punidos.
        Daqui há pouco, pasme, Sérgio Cabral estará livre por aí.
        Aqui não é os EUA e infelizmente está muito longe de sê-lo.
        O selo da impunidade está colado às nossas leis.

        • Ainda mais se levarmos em conta que cerca de 10% dos homicídios são produtos de latrocínio e confronto policial … Já pensou a torcida do Flamengo armada naquele jogo ?

          • Mas a torcida do flamengo, pelo menos a metade dela, já está armada . Sabe como é né, Rio de janeiro….

      • Caro Vigílio,
        Sou a favor de cidadãos de bem ter um arma em casa para defesa de sua família. Sou contra o porte de arma, Se um assaltante, que já está com a arma na mão sabe que o assaltado pode estar armado, qualquer movimento da vítima ele vai atirar.
        Um araço

  17. É cedo para termos certeza de alguma coisa. O “já ganhei” não é bom aliado de ninguém. Bolsonaro está onde está pela, pela pouca ou nenhuma flexibilidade de mudar de ideia segundo a maré política e é claro por ter conseguido se desvencilhar de falcatruas ao longo de seus mandatos. Ou não teria nenhuma chance. Mesmo assim é bom que procure deixar a discussão de temas polêmicos, como privatização de estatais, mais para depois de eleito. Acredito que terá o bom senso de procurar uma melhor saída para quem é concursado.

  18. Síntese do momento brasileiro
    Positivamente hoje só os zumbis podem acreditar na eleição eletrônica, sendo fraudável mesmo a recibada com impresso. As Forças Armadas devem à Pátria ao menos uma intervenção parcial do 142, para remoção completa do sistema eletrônico e volta às canetas severamente fiscalizadas. Senão estaremos indo para outro matadouro desse sistema canalha e corrupto.
    Conseguida a volta às canetas, somos pelo candidato Bolsonaro, já que não restou possível a candidatura de Mourão. Bolsonaro tem seus senões mas é o menos pior com chance.
    E vamos aguardar o desfecho Lula, em que uma minoria cúmplice do criminoso tenta peitar a dignidade que ainda resta no STF, para livrar o maior criminoso do país da prisão, e além disso e ao mesmo tempo -inclusive pelo próprio diretamente- tentando inocular impressão de que sua prisão causaria comoção social, em verdadeiro plano B de sua impunidade, consciente ou equivocadamente falando-se em alternativa de prisão domiciliar, que só serviria para passar recibo da debilidade moral desse país, e para manter vivo e atuante um receio que as vaias em todas as ruas já demonstraram não ter razão para ainda existir, por mais que o canalha ladre.
    Dependendo do que aconteça, esse affair estará inteiramente sob a responsabilidade das Forças Armadas.

    • Caro leitor e comentarista Silvio J. B. Maia,
      Na verdade, o apedeuta do Lula PRESO significa um político preso e não um preso político, ao contrário do que apregoam os seus militantes atiçados por seu líder.
      Esse é o entendimento jurídico de todas as pessoas de bem e do bem dessa pobre nação, exceção feita aos seguidores da seita satânica.

  19. -Pimenta nos olhos dos outros é refresco!

    Quer ver a bancada da bala crescer do dia para a noite?
    Basta proibir quem é a favor do desarmamento de usar segurança armada!

  20. Vários estudos demonstram que a Tv esta com audiência em queda. Sobre a eleição sera que o povo literalmente aí assistir a propaganda política. Tenho lá suspeitas que tempo de TV hoje é fator principal de escolhas de candidatos, hoje o povo fica mesmos em seus samrtfones.

  21. Torcendo para que todos os partidos políticos lancem candidatos e assim evitando coligações para o tempo de TV. Essa eleição de 2018 quanto mais fragmentado melhor sera avaliar os candidatos.

  22. Há um ditado que diz: apressado come cru ou queima a boca. Ainda é cedo para definir definitivamente um candidato, sem saber o que os demais candidatos tem a propor,e qual candidato tem credibilidade para dar aval ao que promete.
    .

  23. “Te chamam de ladrao, de bicha’, preto 7 arrobas, ‘maconheiro”
    Criam um ditador fascista brasileiro
    “Pois assim ele ganha mais dinheiroô!”

    A eleição 2018 tá cheia de ratos.
    Que Bozonagua não tem credibilidade, é fato…
    A merda em que o Brasil se meteu não para…

    “Eu vejo o futuro repetir o passado,
    Eu vejo um museu de grandes novidades
    O tempo não pára”

  24. Finalmente, essa lei do desarmamento serviu para alguma coisa…

    Imagine, se for verdade que esse artista tenha hoje 20 milhões de votos, e 40% desses eleitores estivessem armados
    Até a eleição, ou depois, já no Estado de Sitio, caso ele vença, seria um adicional de 6 milhões de bandidos!
    Não há presidio que dêem conta…

  25. “Posse comitatus é a autoridade de direito comum ou estatutária de um xerife do condado, ou outro oficial de lei, para recrutar qualquer homem capaz para ajudá-lo a manter a paz ou a perseguir e prender um criminoso”.
    Originalmente encontrado em ‘common law’ em inglês, geralmente é obsoleto; no entanto, sobrevive nos Estados Unidos, onde é o equivalente à aplicação da lei de convocar a milícia para fins militares.

    O termo deriva do Latin posse comitātūs, poder ou força do município, em uso inglês a partir do final do século 16, encurtado para posse a partir de meados do século 17.

    Embora o significado original se refira a um grupo de cidadãos reunido pelas autoridades para lidar com uma emergência (como a supressão de uma revolta ou a perseguição de criminosos), o termo também é usado para qualquer força ou bando, especialmente com intenção hostil.

    Votar num Bozónágua? NUNCA!
    Quanta gente não enxerga o perigo…
    Não é ter nada a dever, é ter tudo a perder…
    Esses são os recalcados do sistema, querendo explodir com tudo, desvirtuar a lei e a ordem a mercê deles mesmos.
    E só prestar atenção no papo furado que exalam…

  26. Interessante essa gente achar que alguém vai piorar esse shit hole.
    Criança, como dizia Elke Maravilha, isso aqui já acabou há tempos.
    Mais de 50 milhões de favelados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *