Brasil venceu a Sérvia, ia perdendo para os árbitros

Mais um título no vôlei mundial. No primeiro sete, erramos tantos sets que tínhamos que perder. Só Bruninho não jogou nenhum na rede. Ganhamos o segundo e o terceiro set, mas quase perdíamos por causa do contra-ataque. No quarto, equívocos na quadra e fora dela. No quinto a redenção ou recuperação. Ficamos atrás até 8 a 4, mudamos, fizemos 15 a 12, consagração.

Um registro obrigatório: os árbitros erraram tanto contra o Brasil que os delegados inovaram: quanto no quarto set estava 21 a 21 e a bola dos sérvios foi visivelmente fora e o arbitro deu para eles 22 a 20, os delegados chamaram os árbitros de cima, mostraram a imagem da televisão e exigiram que mudasse a marcação.

Não queria, mas era exigência mesmo. Ficou 22 a 20 para o Brasil, perdemos o set, mas a parcialidade foi condenada, no vôlei não é permitida “sarneyada”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *