Cabral, “o defensor da terceira idade”, descumpre decisão judicial que beneficiou os aposentados do Poder Judiciário.

Paulo Peres

Não podemos esquecer que, até a presente data, o desgoverno Sérgio Cabral ainda não mandou pagar os 24%,6 (ganhos na Justiça) aos aposentados e pensionistas do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Quem, vale recordar, outrora dizia ser “o defensor dos idosos”, hoje, não lhes paga.

As autoridades esquecem que, o funcionário, mesmo depois de aposentado, continua descontando, mensalmente, para o RioPrevidência e, é claro, para o cofrinho do Sergio Cabral e sua trupe.

Portanto, abrir um crédito suplementar ao Tribunal de Justiça do RJ, para pagamento do aumento de 24,6% dos aposentados e pensionistas daquele órgão, seria, no mínimo, um ato de caráter, de sensibilidade e compreensão com quem dedicou dezenas de anos de sua vida em prol do serviço público e que, na maioria, como todos os idosos, são pessoas que precisam de tratamentos especiais e de um número maior de remédios.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *