Cachoeira: uma certeza e uma dúvida

Carlos Chagas

A ida do advogado e ex-ministro Márcio Thomaz Bastos ao presídio da Papuda,  em Brasília, rendeu uma certeza e uma dúvida para seu cliente Carlinhos Cachoeira. A certeza de que o depoimento do bicheiro na CPI, dia 15, precisará limitar-se ao mínimo, quer dizer, qualificação, declaração de inocência diante de quaisquer acusações e alegação do direito de só prestar declarações em juízo.

A dúvida fica por conta do pedido do advogado ao Superior Tribunal de Justiça, esta semana, pela revogação da prisão preventiva de Cachoeira, com base no argumento de que ele tem residência fixa, jamais foi condenado e poderá responder em liberdade em quaisquer processos abertos contra ele.

Claro que, quando comparecer ao plenário da CPI, dia 15, Cachoeira poderá não resistir a provocações que certamente receberá de deputados e senadores. Se não mantiver o sangue frio poderá enrolar-se, em especial se antes rejeitado pelo STJ seu pedido de liberdade. Mesmo assim, em se tratando de quem é, não haverá que esperar grandes revelações, acusações a comparsas e nomeação dos políticos a quem deu propina ou de quem conseguiu favores.

###
GOVERNADORES EM XEQUE

Se Marconi Perillo, Agnelo Queiroz e Sérgio Cabral não tiveram relação com Carlinhos Cachoeira, nem prestaram favores escusos à Delta Engenharia, por que essa tentativa de governo e oposição blindá-los para que não compareçam à CPI?

PSDB, PT e PMDB querem que os adversários prestem depoimento, mas buscam livrar seus correligionários. Fica difícil aceitar a recusa se eles nada tem a temer, como apregoam. Quem não deve não teme, é a regra milenar que rejeitam.

###
MINISTROS DE 1ª E DE 2ª

Existem ministros que são convocados ou recebidos pela presidente Dilma quase todas as semanas. Sem falar nos que possuem gabinete no palácio do Planalto, citam-se os ministros da Fazenda, da Educação, do Desenvolvimento Industrial, da Ciência e Tecnologia, das Minas e Energia, das Comunicações e outros.

Mas o que dizer dos ministros do Turismo, das Cidades, do Esporte, dos Assuntos Estratégicos, dos Portos, da Pesca e quantos mais? Muitos dos excluídos ficam até felizes, imaginando que se não são chamados é porque a presidente não tem reclamações fazer. Melhor do que não receber orientação nenhuma é não receber pitos.

###
SÓDIO CAMUFLADO

Espantou-se o senador Paulo Paim quando ontem, durante audiência pública destinada a abordar o consumo de alimentos, ficou sabendo que todos os refrigerantes da marca “zero” possuem 27% de sódio. É sal demais, em especial para os hipertensos, como o representante do Rio Grande do Sul, que toma remédio de manhã e de noite para controlar a pressão. A partir de agora, só água…

###
O CAOS ABSOLUTO

Em Brasília não há vulcões, nem terremotos, mas breve a capital federal encenará uma explosão dos diabos, partida de sua própria população. O trânsito, aqui, virou um caos interminável, com as vias de acesso ao plano piloto entupidas por horas a fio e o estacionamento no centro da cidade transformado em permanente confusão.

Os veículos ficam o dia inteiro parados em filas duplas e triplas, sem que apareça um guarda para multá-los, quanto mais para rebocá-los. Nos cruzamentos, nunca apareceram agentes do Detran para ordenar a confusão.

Enquanto isso, os transportes públicos andam cada vez mais precários. Mais do que o Cachoeira, esse é o ponto fraco do governador Agnelo Queiroz.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *