Cadê as novas refinarias no Maranhão, Pernambuco e Ceará?

Daniel Paixão

Nas vésperas de eleições o presidente Lula lançou a construção de duas Refinarias Premiuns. Onde? Uma no Maranhão e outra no Ceará. E como estão? Projetos suspensos. Por quê? Agora constatou-se que não há certeza da rentabilidade na operação dessas refinarias.

O antecessor da Dilma, aquele aposentado por invalidez, selou um acordo com outro ex-presidente, grande estadista, o Chávez (infelizmente esse já morreu), para construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, terra natal do vivente. Os dois calcularam, na ponta do lápis, o desembolso da Petrobras nessa Parceria: R$ 5 bilhões.

Qual a realidade atual? O último relatório da Petrobras aponta um custo até hoje de R$ 35 bilhões.

DINHEIRO DO FGTS

Você lembra da cena daquele nosso presidente em cima de uma plataforma sujando a mão no óleo (acho que foi a única vez na vida) para convencer os trabalhadores a retirarem o dinheiro do FGTS e investirem na Petrobras? Eu lembro.

E o que aconteceu? Os trabalhadores perderam 50% do patrimônio que retiraram do FGTS. Mas como isso aconteceu? O mercado financeiro, que não é controlado ou subornado por ninguém, começou a perceber que empresa é de fato a Petrobras e sua avaliação não para de cair.

O mercado e os investidores perceberam que a empresa está sendo manipulada com intuitos puramente políticos, ou como “cabides de empregos” ou para mascarar a inflação, não reajustando seus preços a parâmetros internacionais.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

15 thoughts on “Cadê as novas refinarias no Maranhão, Pernambuco e Ceará?

  1. Quanto as Refinarias prometidas em véspera de Eleições, para o Maranhão e Ceará, estão em compasso de espera, não por incerteza de rentabilidade, mas por ser mais importante no momento Investir na Produção. O importante é que não está faltando combustível no Maranhão e Ceará.
    Quanto a Refinaria Abreu e Silva de Recife-PE, concebida para ser 50% da Petrobras e 50% da PDVSA (Petróleo de Venezuela Sociedade Anônima), e refinar petróleo pesado da Venezuela, e que até onde sabemos, até agora, a PDVSA não honrou a sua parte do Contrato, aí a Petrobras deve entrar na Justiça e reaver o Prejuízo. O Dpto. Jurídico da Petrobras deve estar providenciando.
    Quanto ao Dinheiro do FGTS aplicado em Ações da Petrobras, atualmente depreciadas, quem aplica no Mercado de Ações sabe que eventualmente terá que esperar longo prazo para ter boa rentabilidade. Mas a longo prazo terá. Hoje a Petrobras está Investindo muito no Pré-Sal onde o retorno do Capital aplicado se dará em +- 8/10 anos. Mas já dentro de +- 4/5 anos as Ações da Petrobras reagirão bem. Deixem a 1ª Mega-Plataforma e seu complexo, no Pré-Sal, cap. +- 200.000 barris/dia começar a bombear firme e observem o que vai acontecer com as Ações. Agora, como é uma Empresa controlada pelo Governo, o Governo naturalmente usa muito a Estatal para ajudar a Indústria Brasileira, reduzindo assim um tanto o Lucro. Perde um pouco a Petrobras, ganha muito o Brasil. Abrs.

    Começando novo mês, para manter nosso bom Jornal “Tribuna da Imprensa” onLine, paguemos uma Mensalidade de R$ 20/10 ou 5. Dados no canto superior direito. Muito Obrigado.

    • É isso mesmo, temos que acreditar firmemente que o coelhinho da páscoa irá acionar A PDVSA na justiça, Papai Noel fará jorrar centenas de milhares de barris/dia de óleo nos próximos cinco anos e a mula sem cabeça, entidade farta nos governos petistas, se manterá distante do mercado de ações.

  2. Cadê a amante de Spinosa orientadora do lulopetismo? Onde está aquela que odeia a classe media? Em qual esgoto esconderam aquela que tem nojo da classe media? Ela também ajuda na arte de iludir e fazer projetos enganosos? Onde está o Lula? Onde está a Rose Noronha e seus agregados no bem do serviço público? Onde está Dilmalula ou Luladilma?

  3. Por essas e outras, investimentos externos fogem deste país dos impostos altos, combustível caro, sem infraestrutura de ferrovias e portos, etc.
    Essa de petróleo é nosso e outras tolices, só mesmo por parte de desinformados que pensam que o Brasil é uma ilha do tesouro.
    Como disse MIllor: ” A Petrobrás é nossa mas a conta é deles”

  4. Ninguém sabe, realmente, o que se passa na Petrobras. Ou, se alguém sabe, são grupos estrangeiros. Não há transparência em nada, pois se houver … muita gente (nossa) vai presa. Há alguns anos, conversando com um engenheiro da BP (British Petroleum), ele disse que as fontes de petróleo que o mundo desconhece superam largamente as que conhecemos. Naquela ocasião, nem se cogitava falar de pré-sal. Cadê as novas refinarias??? Cadê os novos investimentos??? Estamos e estaremos sendo engolidos, tranquilamente. E não há um só brasileiro para chamar de ratazanas de esgoto este pessoal que forma uma gangue de todos todos todos os partidos aliados a esta roubalheira vergonhosa. Pena de morte, já!!! Estão roubando quem pouco ou nada tem!!!

  5. Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás!
    Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás!
    Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás!
    Privatizem a Petrobrás! Privatizem a Petrobrás!

  6. Dalton, saudações
    Privatizar … para entregar nas mãos de …quem???
    Uma “simples” CEDAE não é auditada desde 2007. Bilhões são roubados lá. E a Petrobras??? Tem sido roubadérrima!!! O povo deveria invadir a sede da Av República do Chile, simmm!!! E correr todos os riscos. Deixar como está … dá “nisso”.

  7. Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!
    Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.! Não fale m.!

  8. Que… aula de informação,equilibrado,bom senso,direto ao ponto e “sem” exibicionismo.
    Muito obrigado srº Flávio Bortolotto.
    Forte abraço.’

  9. Perdão,Daniel Paixão: “o iluminado” aposentou-secomo ANISTIADO (jamais foi cassado) e não por invalidez. Vide o documento anexo, distribuido e logo retirado da internet)

  10. Indubitavelmente, o maior enganador das últimas décadas no Brasil. Um craque na matéria. Enganou até o Apolônio de Carvalho experimentado na guerra civil espanhola, na 2 guerra mundial na França e na luta contra as ditaduras de Vargas e militar aqui. Engana muitos estrangeiros com consciência social também. Não faz muito, em conversa com um militante social estrangeiro que me relacionei quando fora vivi durante a ditadura, escutei elogios ao Lula. Quando disse que ele passou 8 anos sacaneando direitos das vítimas da ditadura, mandando seu advogado particular e ministro da Justiça restringir e engavetar direitos de anistia de punidos pela ditadura, que muitos morreram durante seus 8 anos de governo sem auferirem os benefícios constitucionais e legais da anistia, que acionou seu advogado geral da União para tudo que é tipo de chicana no judiciário contra a TRIBUNA DA IMPRENSA bombardeada pela ditadura, que logo que tomou posse sacaneou pra valer aposentados,etc.etc., o cara só acreditou que o Lula era um farsante por ter me conhecido pessoalmente na década de 70.

  11. Petrobras, ferro, açúcar e álcool baqueiam comércio

    Folha de São Paulo

    Balança comercial tem pior resultado em 20 anos: deficit de US$ 5 bi desde janeiro

    Venda menor de petróleo, queda no preço das commodities e compra maior de derivados foram principais causas
    RENATA AGOSTINI
    DE BRASÍLIA

    As dificuldades operacionais da Petrobras atingiram em cheio a balança comercial brasileira, diferença entre as exportações e importações do país. Em julho, o deficit foi de US$ 1,9 bilhão, o pior resultado para o mês, considerando a série iniciada em 1993.

    No ano, o saldo negativo é de US$ 5 bilhões, outro recorde histórico, segundo dados divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento.

    A baixa produção da Petrobras, que vem realizando paradas técnicas em plataformas de exploração, fez com que as exportações de petróleo caíssem 51% em julho ante o mesmo mês de 2012.

    Já as compras no exterior de petróleo e derivados dobraram no mesmo período diante da capacidade insuficiente de refino da estatal.

    Com isso, a conta petróleo (diferença entre o que o país vende e compra de petróleo e derivados) ficou US$ 3,5 bilhões no vermelho em julho.

    No ano, o deficit nessa rubrica já chega a US$ 15,4 bilhões. Apesar de ser historicamente deficitária, a conta petróleo nunca chegou nem perto de um saldo negativo tão expressivo. No ano passado inteiro, por exemplo, o deficit foi de US$ 5,3 bilhões.

    “Não é um problema de mercado externo, é um problema relacionado à empresa. Não conseguimos produzir. O Brasil depende de importações de petróleo e ficar tão vulnerável no quesito venda é um problema”, afirma Felipe Salto, economista da consultoria Tendências.

    A queda no preço de commodities importantes, como minério de ferro –principal produto da pauta exportadora do país–, açúcar e etanol, complicou ainda mais o cenário. Em julho, a cotação desses produtos alcançou o menor patamar no ano.

    O governo segue fiel à estimativa de saldo positivo na balança comercial em 2013. Mas já faz contas. “De fato a conta petróleo nos preocupa”, afirmou Tatiana Prazeres, secretária de Comércio Exterior. A estimativa para os próximos meses, segundo ela, ainda não é suficiente para rever a expectativa inicial.

    A aposta do governo é que a Petrobras conseguirá recuperar sua produção e a desvalorização do real poderá incentivar exportações.

    Por outro lado, a decisão do governo de reduzir a alíquota de importação de cem produtos, anunciada ontem, pode elevar as compras.

    “A cada mês, o superavit se torna mais difícil, porque não há tempo hábil para retomada e os preços estão caindo”, diz José Augusto de Castro, presidente da Associação de Comércio Exterior, que projeta deficit de US$ 2 bilhões neste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *