Campanha do “Imposto Justo” é destaque na mídia

Darcy Leite

Jornais da grande mídia e periódicos sindicais deram destaque ao lançamento da campanha de iniciativa do Sindifisco Nacional. denominada “Imposto Justo”, ocorrido dia 21 de maio, na Câmara dos Deputados.

A Folha de São Paulo ressaltou os benefícios que o Projeto trará ao país com a elevação do limite de dedução de despesas com educação, correção da tabela de Imposto de Renda e reintrodução da cobrança de Imposto sobre lucros e dividendos distribuídos para sócios e acionistas a partir de ganhos superiores a R$ 60 mil anuais. “O desafio é enorme, mas esperamos que tenha apelo popular”, disse o presidente do Sindifisco Nacional, Pedro Delarue, à reportagem da Folha.

Em entrevista ao jornal, a advogada especialista em direito tributário do escritório Siqueira Castro, Bianca Xavier, classificou a iniciativa como “a melhor proposta [de correção da tabela] que já vi”.

A revista Carta Capital postou o vídeo da campanha e enfatizou a necessidade de mobilização da sociedade em torno da aprovação do projeto de lei para fazer a ideia prosperar. “O objetivo é coletar 1,5 milhão de assinaturas para carimbar um projeto de mudança no Imposto de Renda como sendo ‘de iniciativa popular’, para tentar constranger deputados e senadores a votá-lo”, diz um dos trechos.

“PODER ECONÔMICO”

Delarue informou à Carta Capital que acredita ser muito complicado mudar o quadro atual por causa dos “interesses envolvidos” e do predomínio do “poder econômico” dentro do Congresso, onde dificilmente se chega sem financiamento empresarial nas eleições. Por esse motivo, optou-se pela tentativa de emplacar um projeto que tenha origem no clamor popular.

O texto também mencionou as inúmeras benesses trazidas ao país, caso a proposta saia do papel. Uma delas é a de promoção de R$ 180 bilhões em justiça tributária no período de dez anos.

O site de notícias especializado em economia InfoMoney, além de explicar os pontos principais da matéria legislativa, divulgou o site do “Imposto Justo” e demais peças publicitárias criadas para a Campanha.

À edição digital do jornal Hoje em Dia, o diretor de Estudos Técnicos, Luiz Antônio Benedito, lembrou que o “índice [de correção da tabela] não compensa a defasagem” ao comentar sobre os malefícios do não reajuste ao longo dos anos. O jornal online ouviu especialistas que se mostraram favoráveis ao projeto lançado pelo Sindifisco e que afirmaram que “a demora na atualização da tabela do IRPF é utilizada para engordar os cofres públicos”.

Os sites Consultor Jurídico e Portal Vermelho foram outros veículos que destacaram o assunto em sua home page.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 thoughts on “Campanha do “Imposto Justo” é destaque na mídia

  1. A par da correção da tabela do IRPF e de outras mudanças na tributação do país propostas pelo SINDIFISCO, caso a evasão de R$415,0 bilhões de reais denunciada pelo “sonegômetro” fosse estirpada, teríamos 23,9% de ampliação da margem tributária que poderiam servir de duas maneiras espetaculares aos interesses da nação: 1ª) ou serviria para abater a carga tributária de uma maneira geral sobre toda a população, hoje, penalizada, ou 2ª) serviria para incrementar o poder de fogo do governo, tirá-lo do represamento orçamentário, e propiciá-lo investir em infraestrutura e logística de uma maneira tal que o país jamais viu.

    Nas duas opções o país só tem a ganhar. Mas, optaria pelo sacrifício e ficaria com a segunda opção, caso o país conseguisse evitar a sonegação atual.

  2. Pingback: Campanha do “Imposto Justo” é destaque na mídia « Tribuna da …Media Brasileiro | Media Brasileiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *