Carluxo critica ação da Polícia Federal contra fake news: “Inquérito inconstitucional, político e ideológico”

Carluxo é apontado como um dos mentores do “gabinete do ódio”

Rayanderson Guerra
O Globo

O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos) afirmou em suas redes sociais na manhã desta quarta-feira, dia 27, que a operação da Polícia Federal contra aliados e apoiadores de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, busca “incentivar rachaduras diante de inquérito inconstitucional, político e ideológico”.

A PF cumpre 29 mandados de busca de apreensão no inquérito que apura fake news e ataques contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). “O que está acontecendo é algo que qualquer um desconfie que seja proposital. Querem incentivar rachaduras diante de inquérito inconstitucional, político e ideológico sobre o pretexto de uma palavra politicamente correta? Você que ri disso não entende o quão em perigo está!”, escreveu Carlos Bolsonaro.

ALIADOS – Entre os alvos da PF nesta quarta-feira estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), o blogueiro Alllan dos Santos, o empresário Luciano Hang e da ativista Sara Winter. Os cinco alvos são aliados e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. As ordens judiciais estão sendo cumpridas no Distrito Federal, no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Mato Grosso, no Paraná e em Santa Catarina.

Carlos Bolsonaro é apontado como um dos integrantes e mentores do “gabinete do ódio”, grupo que monitora e produz conteúdos para redes sociais. O grupo é apontado como responsável por ataques a opositores do presidente Jair Bolsonaro.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Dois pesos e duas medidas. Ontem o clã Bolsonaro ironizou as ações da PF contra governadores e se isentou de qualquer possibilidade de perseguição política. Hoje, com a batata assando, Carluxo critica o “caráter político” da ação e se exalta sobre o avanço das investigações que já identificaram indícios de seu envolvimento no esquema de notícias falsas. Mais alguns elementos e o inquérito poderá comprovar a de forma sustentável a sua ligação, juntamente com o irmão Eduardo, também suspeito. (Marcelo Copelli)

26 thoughts on “Carluxo critica ação da Polícia Federal contra fake news: “Inquérito inconstitucional, político e ideológico”

  1. DEUS NÃO É SÁDICO, ele é apenas caprichoso. É interessante lembrar que, há cerca de 20 anos, mais ou menos, tendo em vista que o Brasil ainda não está pronto para dar o seu grande salto de qualidade, está na estrada, o projeto que propõe a resolução do Brasil, em alta definição, de forma perene, com durabilidade de no mínimo 100 anos podendo chegar a 500 anos, caso o planeta terra e a mãe natureza permitam, alicerçado na paz, no amor, no perdão, na conciliação, na união e na mobilização pela mega-solução proposta pela RPL-PNBC-DD-ME, o projeto novo e alternativo de política e de nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, trigo esse que, inclusive, inspirou as Jornadas de Junho de 2013, e que faz o contrapondo ideal a tudo isso que aí está há 130 ano alicerçado na mentira, na enganação, na cobiça, no ódio, nas fake news, nas futricas, nas fofocas, nas intrigas, nas vaidades, ambições e interesses pessoais, cocô esse que, à moda joio, diga-se de passagem, a bem da verdade, tb esteve nas ruas do Brasil em Junho de 2013, aliás, da forma mais espetaculosa e mais oportunista possível. E daí, o Projeto da Paz e do Amor, o Trigo, infelizmente, até hj não não ganhou sequer 1 (um) segundo de espaço da Rede Globo, mas, o Joio, sempre esteve e continua lá o tempo todo, ganhando de goleada todo o espaço do mundo no seu noticiário. Conclusão o joio foi parar dentro do palácio do planalto, das assembleias e câmaras, e o trigo ficou do lado de fora, estacionando carros, com o joio mostrando qual é o seu negócio e os nomes dos seus sócios, com as suas verdades não correspondendo aos fatos e as suas piscinas cheias de ratos. E, por conseguinte, parodiando agora a Bíblia, quem planta joio acaba colhendo joio. https://tvefamosos.uol.com.br/colunas/mauricio-stycer/2020/05/27/abatido-e-pessimista-bonner-lamenta-o-odio-crescente-e-a-incivilidade.htm

  2. STF se mostrando a Gestapo do Mecanismo.
    Inquérito eivado de nulidades processuais insanáveis e notadamente inconstitucional. A intenção é inibir a liberdade de manifestação que é assegurada pela CF.
    O STF pode muito mas saberá que não pode tudo.

    • Senhor Rodrigo, não fale do que você não conhece. A Gestapo era a polícia política de Hitler, vivia a sombra do PODER cometendo as maiores barbaridades, assassinatos, prisões, torturas e sadismo. O que isso tem a ver, com o STF, uma Instituição da Democracia.
      Foi Montesquieu que criou o Espírito das Leis. Executivo, Legislativo e Judiciário, harmônicos e Independentes. O Executivo executa. O Legislativo legisla e o Judiciário/STF é o guardião da Constituição.
      No entanto, todo Executivo e não só este de agora, quer sempre o Poder Total. Quando não conseguem cooptar os integrantes da Suprema Corte, ameaçam os juízes de fechamento e de cassação das sua togas.
      Mas, se cai o STF, cai o Legislativo e depois nós é que caímos.
      É como na música de Ivan Lins. Cai o rei de espada, cai o Rei de ouro, cai o Rei de paus, cai, não fica nada.
      No fundo e na forma, ninguém pode nada. Não podemos nem sair às ruas, porque um inimigo invisível está à espreita para entrar nas nossas células e tirar nosso direito de respirar. A qualquer momento, agora, hoje ou amanhã, podemos não estar mais aqui na Terra, vitimado pelo corona. Ricos, pobres, classe média, presidentes, minisitros, reis, rainhas, primeiro ministros, paramentares, juízes, etc…
      Dirá, então e daí.
      Temos que ter sorte, pois ainda estamos vivos.

  3. Sigam a minha linha de raciocínio.
    Busca e apreensões de apoiadores de amigos íntimos do embuste antamitoloco.
    1 – Todos avisados antes.
    2 – Policia Federal sendo cobrada pela população.
    3 – Carluxo que comanda tudo não foi incomodado.
    4 – Tempo para apagar e desfazer de provas.
    5 – Carla Zambelli dando showzinho dizendo que é arbitrariedade.
    Sei …Só para depois dizer que não encontrou nada e o gado rugir dizendo que a culpá é do PT, da Globo,do Gandhi,do Nostradamus.

  4. Hoje: fãs de Brilhante Ustra chorando pelas suas liberdades.

    Bolsonaretes querem direitos, direitos dos quais as mesmas bolsonaretes não querem dar para aqueles que não são do meio deles.

  5. “PF descobre o que muitos imaginavam: os ROBÔS bolsonaristas.
    Operação deflagrada nesta quarta, por ordem do STF, mirou a coleta de provas para confirmar operação e financiamento de ROBÔS.” (Veja Online – 27/05/2020)

    Será que por isso os ROBÔS que circulavam aqui na TI estão sumidos? O bicho pegou pro lado deles.

    Jogaram dez “mirréis” no veado e meteram o pé!

  6. Essa coisa de fake news, um nome novo, estrangeiro, para uma coisa antiga, que é o fuxico, o boato, a mentira, que no Brasil sempre foi uma praga pela qual grande parte do povo sempre foi apaixonada, ao ponto de uma mentira bem plantada valer mais do que mil verdades, não sendo à toa tb que por aqui a notícia ruim voa a jato enquanto a verdade caminha a passos de tartaruga, fenômenos esses que encontram no sistema político apodrecido a sua praia ideal, quiçá o QG da encrenca, que viciou o povo nessa prática. Certa feita, em 1996, me meti a candidato a vereador, numa cidadezinha do interior de SP, pelo PDT. Em plena campanha fui fazer a barba na barbearia de um amigo, CF, candidato a vereador, pelo PSDB, ambos conversando sobre as dificuldades de se conseguir votos na moral e no jogo limpo, face à falsidade do eleitorado que promete voto para todos os candidatos quando contatado, mas só vota no que, salvo exceções, lhe fizer mais promessas, fuxicar mais ou lhe oferecer mais vantagens, via de regra, oportunidade em que chegou, de surpresa, o candidato a prefeito tb do PSDB, um solerte professor de história aposentado, já meio aloprado face ao estágio da campanha, e em seguida aos cumprimentos de praxe , deu um ultimato no barbeiro: pelo amor de Deus , CF, o que vc ainda está fazendo aqui com a barbearia aberta, fecha logo isso, e vamos embora sair por ai em campanha, fuxicar, porque nesta cidade o que ganha eleição é fuxico, e se os adversários fuxicarem mais do que nós estamos desgraçados vamos perder a eleição. Coincidência ou não, o professor foi o mais votado e eleito prefeito, o barbeiro foi eleito vereador com mais de 300 votos, e eu tb fui eleito vereador, com apenas 135 votos, o último da lista, e por três votos quase perdi a vaga para um veterano do PT, face à coligação que fizemos na qual conseguimos eleger 4 vereadores, e tivemos que brigar para mais de metro para ajudar o prefeito tb de primeira viagem não ser cassado pelo PMDB “puta veia”, dono do pedaço, rei do gado, até os dias atuais. Então não é de hj que não consigo ver com bons olhos o sistema político ainda em vigor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *