Charge do Duke

Copa das Confederações

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 thoughts on “Charge do Duke

  1. Parabéns ao Felipão, e também ao Dunga, que muito antes, constatou o quanto esse tal de Ronaldinho é firuleiro, é improdutivo, é mau exemplo, é mau profissional e, por isto, não o levou à Copa de 2010. Nem os europeus, nem Dunga, nem Felipão querem esse enganador nos seus times. Vai enganar mais uns tempos no Galo, depois vai procurar outros trouxas.

  2. O Felipão representa o atraso no futebol brasileiro, foi premiado com o comando da seleção, depois de levar o Palmeiras à segunda divisão, e não venham com a idiotice que o time era ruim, pois foi ele que deu o aval nas contratações de todos os jogadores. Deixou de fora o Ronaldinho, que infelizmente para os menos entendidos, representa o futebol técnico, hoje prefere-se os cabeças de bagre.
    O Ronaldinho ainda é uma referência para o nosso futebol, duas vezes o melhor do mundo, vai “enganar” no Atlético levando este a ser campeão mineiro, campeão da Libertadores (estão invictos), e hoje o Galo é visto como o melhor time do Brasil, Só.
    Quanto a ser mal profissional, talvez por gostar de mulher e se divertir, os times brasileiros deveriam ser formados por padres, ou quem sabe por presidiários, estes ficam todos os dias na “concentração”.

  3. A comissão técnica da CBF, é composta por dois campeões do mundo que têm nome a zelar. Parreira e Felipão são profissionais inteligentes e competentes. Deixar o firuleiro improdutivo do Ronaldinho Gaucho de fora do plantel só pode fazer bem ao futebol e aos jovens que assim, ficam poupados do mau exemplo. Muito melhor – em todos os aspectos – do que Ronaldinho Gaúcho, é o excelente Seedorf. Pena não ser brasileiro. Mais uma vez parabéns à Comissão Técnica, em colaborar para que Ronaldinho continue “matando a pau” contra o Tombense, o Tupi e o Formiga!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *