Chávez era importante na defesa estratégica da Amazônia

Celso Serra

A morte de Hugo Chávez poderá representar expressivo aumento da vulnerabilidade de nossas fronteiras no norte do país, especialmente na parte onde se situa a fantasiosa “Reserva Ianomani”.

Do tamanho da Itália…

Bem lembrado em artigo de Carlos Newton aqui da Tribuna da Imprensa o papel desempenhado por dois presidentes, um da Venezuela e outro do Brasil. Carlos Andrés Perez e Fernando Collor criaram, para poucos índios e de etnias diferentes, uma reserva maior que muitos países europeus. Ambos foram cassados por corrupção e ambos mutilaram o espaço territorial dos paises que presidiam. Nos Estados Unidos seriam considerados traidores da pátria.

Por seu comportamento desassombrado, Hugo Chávez nos fazia crer que não abriria mão de qualquer centímetro quadrado do território venezuelano. Gostando ou não de Hugo Chávez, ele era importante no respeito às terras brasileiras na fronteira norte. Não sei se seus sucessores o serão. Tenho dúvidas.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *