Circula na internet a nota fiscal do jantar de R$ 28,4 mil, oferecido pelo presidente da Câmara

http://imguol.com/blogs/58/files/2013/07/NotaCamara.jpg

Celso Serra

Leiam este texto interessante, que circula na internet, sobre o jantar na residência do presidente da Câmara, pago pelos contribuintes. Outro presidente desse tipo foi o deputado petista João Paulo Cunha, condenado como mensaleiro. Também gostava de dar festa com o dinheiro dos outros.

####

Na noite da última 16/07/13, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, (PMDB-RN) abriu as portas da residência oficial que ocupa, às margens do Lago Paranoá, em Brasília, para os deputados da bancada do seu partido.

Custou R$ 28,400,00  – ou R$ 355,00 por cabeça.  A conta foi paga com DINHEIRO PÚBLICO. A verba saiu das arcas da Câmara. A ONG Contas Abertas obteve a nota de empenho da despesa. Está escrito: “Concessão de suprimento de fundos para atender despesas relativas à contratação de serviços destinados à realização de jantar no dia 16.07.2013, na residência oficial da Câmara dos Deputados, para um público estimado de oitenta pessoas, a pedido do gabinete do presidente.”

A rubrica “suprimentos de fundos” serve para a realização de despesas inesperadas e urgentes.  No caso específico, o dinheiro da Câmara (PÚBLICO) foi repassado à servidora Bernadette Maria França Amaral Soares  que está lotada no Gabinete de Henrique Alves, como administradora da residência oficial da Câmara. O salário dela é de cerca de R$ 23 mil mensais.

CASEIRA BEM PAGA

Repetindo, a CASEIRA ganha R$ 23 mil por mês e o contribuinte é quem paga. Ela, como despiste, realizou os gastos que foram EMPENHADOS e prestará contas posteriormente.

Além dos Deputados, estiveram no repasto o vice-presidente Michel Temer e todos os Ministros de DILMA do PMDB.

O encontro foi partidário. “Um jantar social de fim de semestre, na definição do líder da legenda, deputado Eduardo Cunha. O cardápio foi fino – de camarão a queijo brie caramelado, noves fora o champanhe.

A pauta foi indigesta: do derretimento de Dilma Rousseff à deterioração da coligação.

TUDO É “NORMAL”

A pergunta que fica boiando na atmosfera é: “Por que diabos o contribuinte brasileiro foi intimado a pagar a conta?”

Não há propriamente uma ilegalidade no espeto. Porém, se as ruas de junho informaram alguma coisa foi que a sociedade já não engole passivamente tudo o que em Brasília é considerado “normal”.

Não é pelos vinte centavos, diria um desses rapazes que saem de casa para protestar defronte do prédio do Congresso. É pelo respeito à liturgia.

A Câmara já custeia a equipagem, a criadagem, a cozinheira e os alimentos que vão à mesa da residência do seu presidente.

Difícil acomodar no escaninho das normalidades a contratação de uma empresa para fornecer decoração, mesas, cadeiras e a comida servida à turma do PMDB.A plateia se pergunta: por que o inquilino e seus convidados não fizeram uma vaquinha?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

12 thoughts on “Circula na internet a nota fiscal do jantar de R$ 28,4 mil, oferecido pelo presidente da Câmara

  1. E MUITO BOM TER DINHEIRO E PAGAR AS CONTAS NAS CUSTAS DO POVO….ASSIM E QUE O GOVERNO E OS POLITICOS ATUALMENTE FAZEM COM A SOCIEDADE BRASILEIRA, BEM DIZ O DITADO QUEM TEM OLHO NA TERRA DE CEGO E REI. UMA CORJA GENERALIZADA DE MAL CARATER.

  2. Os nababos do poder, que se intitulam representantes do Povo, com as sua maracutaias, esbofeteiam o seu Eleitor.
    Quantas legislaturas “esses representantes tem!?!?” portanto sofreram “reeleição”,e o eleitor, vendendo sua consciência e dignidade com cachaçada e churrascada,portanto merecem seu “clone”, tem o governo, legislativo e judiciário (superiores- de forma indireta), que elegeram para o “desgoverno”, portanto não teem o direito de reclamar, mas…”de pastar” como asno!!.

  3. O problema aí é o dinheiro do contribuinte, porque não me admiro com o preço. Em Brasília e nas capitais do Rio e São Paulo, alguns restaurantes são mais caros que os melhores do mundo. Há uma churrascaria conhecida no Rio com o nome de suíno, em pelo menos dois bairros que eu saiba, que o custo básico da refeição, sem bebida e sobremesa, sai para cada um 130 reais. Incrível, num pais de salário mínimo de 678 reais e media nacional que não supera os 1700/MÊS.

  4. POIS É, ainda querem manifestações pacificas. Ta bem, quEbra-quebra não adianta nada.aGORA, essa gente tem que ser justiçada. iMAGINEM A REVOLUÇAO fRANCESA FEITA PACIFICAMENTE. eSTAVAM COMENRO BRIOCHE ATÉ HOJE

  5. Infelizmente,meu pai faleceu sem ao menos me confirmar que o país preconizado pelo mesmo,como o país do futuro era o Brasil.Pois o que vejo hoje é um país, sem nenhuma luz no fim do túnel.O sistema no Brasil apodreceu,esta totalmente corrompido,onde ser honesto é uma virtude e não um dever.

  6. A melhor foi do cara aí em cima que acha que cidadão eleitor é consumidor de parlamentar. Porém, perde na semana para a de outro comentarista que declarou: Pode-se pisar uma BARATA. Calá-la, jamais.

  7. Chamar de LADRÃO neste caso é chamar de Santo do Pau oco. E ainda achamos que estamos vivendo numa Democracia. Onde está a liberdade? Prisão é pouco para esses caras que não respeitam a ética.

Deixe uma resposta para Dorothy Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *