Ciro Nogueira na Casa Civil é uma espécie de semipresidencialismo de cofres arrombados

Charge do Latuff (Brasil de Fato)

Vicente Limongi Netto

Manchete e revelação que não causaram estranheza. Nem mesmo para as pedras das ruas. “Ciro Nogueira aceita assumir a Casa Civil”. Seria extraordinária e extravagante notícia se o franciscano senador do PP tivesse chutado o balde e recusado o valioso e atraente cargo. 

Assim, o pote de ouro do governo finalmente caiu todo no colo do volúvel e guloso Centrão. A chave do cofre mudou de mãos. Com direito a saborosas sobremesas de bilionário Fundo Partidário, com também bilionário Fundo Eleitoral.

Membros do Centão odeiam dieta. Lambem os beiços pelo poder. Não abrem mão dele. Querem sempre mais. Tudo continua como dantes no quartel de Bolsonaro.  Com uma brutal diferença:  Bolsonaro torna-se refém por completo do Centrão. Não demora Bolsonaro baterá continência para Ciro Nogueira.

INTERVENÇÃO INÚTIL – Veremos quantos dias de glória efêmera terão os deslumbrados interventores da CBF. Inacreditável. Um juiz carioca, mesmo longe de Tóquio, ganhou a medalha de ouro de bajulação. A CBF resolverá seus problemas e entraves, sem a intromissão indébita de ninguém.

A CBF é entidade privada. Não recebe nem vinténs do governo. É ela que administra e zela pelos êxitos do futebol brasileiro. Feminino e masculino. É o comando da CBF que oferece todas as possibilidades extra-campo para que seleções nacionais alcancem vitórias, medalhas e títulos. O bom senso vencerá mais esta etapa de equívocos internos que a CBF lamentavelmente atravessa.

NOTÍCIA BOA – Bernardo Cabral voltou para casa neste sábado. Depois de operado e passar 26 dias internado. Radiante e aliviado, ao ver o mar, ruídos dos carros, praças, pessoas andando, lojas e árvores.  Deus esteve o tempo todo acompanhando tudo, ao lado de Bernardo. Também felizes os amigos de Bernardo e Zuleide. Gratos e cientes de que Maria passa na frente. Sempre. 

O Todo Poderoso cobre de fé, amor e esperança   os filhos como Bernardo, que dedicam a vida inteira ao prazer de servir ao próximo. Que cultivam o bem estar da família. Que vibram com o sucesso dos amigos. Que engrandecem a coletividade com gestos e atitudes de competência e desprendimento. O reencontro de Bernardo e Zuleide foi marcado com abraço forte e demorado, de choro, ternura e amor. Bem-vindo, amigo de fé.

NOTÍCIA RUIM – Cenário patético e estarrecedor: filas de brasileiros famintos nas portas dos açougues. Tentando amenizar a fome, literalmente, com ossos duros de roer.

As partes boas e suculentas dos bovinos viraram manjar dos deuses, nas mesas fartas dos larápios que assaltam os recursos públicos. Não livram nem mesmo o Ministério da Saúde, com negociatas na compra de vacinas. Imaginemos o que acontece na compra rotineira de medicamentos. Oremos.

2 thoughts on “Ciro Nogueira na Casa Civil é uma espécie de semipresidencialismo de cofres arrombados

Deixe um comentário para Luiz Fernando Souza-POA/RS Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *