Com medo de ter sua vida devassada, Magno Malta deixou Bolsonaro sozinho

Resultado de imagem para magno malta e bolsonaro

Malta desistiu de ser vice e nem avisou Bolsonaro

Patrick Camporez
O Globo

Depois de O Globo revelar nesta quarta-feira que o senador Magno Malta (PR-ES) havia decidido não aceitar ser vice de Jair Bolsonaro, o próprio pré-candidato do PSL foi pessoalmente até o gabinete do parlamentar capixaba no Senado para cobrar explicações. “Eu vou conversar com ele agora. Por enquanto, não estou sabendo de nada” – disse Bolsonaro.

A decisão de Magno Malta de não integrar a chapa do ex-capitão do Exército e optar pela reeleição foi confirmada na manhã desta quarta pela assessoria do senador do PR. A decisão, segundo o gabinete do parlamentar, foi antecipada em entrevista ao Diário do Nordeste, na segunda-feira, durante evento na Assembleia Legislativa do Ceará, quando Malta afirmou que é “importante no Senado” e que Bolsonaro será presidente “com qualquer outro vice”.

ESCRACHADO – “Por que o vice de Bolsonaro é essa insistência que a imprensa nacional quer? Tem alguma coisa por trás disso. É o cara botar o pescoço de fora e começar a ser escrachado antes da hora? O que tenho perguntado é o seguinte: será que para a sociedade, para as famílias, a minha luta em defesa das crianças, será que vale a pena eu ficar calado? Digo para ele (Bolsonaro): vocé é presidente sem mim, com qualquer outro vice. Tenho que avaliar é a minha importância, e, na minha cabeça, sou importante é no Senado”, disse Malta, segundo o Diário do Nordeste.

Ao tentar cobrar informações de Magno Malta, Bolsonaro foi informado pela atendente do gabinete que o senador não estava no local. O deputado do PSL disse que o senador havia prometido lhe dar a palavra final no dia 15 de julho. Visivelmente descontente, ele tratou de diminuir a decisão de Malta dizendo que não tinha “problema nenhum” na desistência.

SEM PROBLEMA… – Ele não tinha nenhum compromisso de ser. A bola estava com ele. Pode ser que não venha. Não tem problema nenhum – disse Bolsonaro ao Globo, às 14h40 desta quarta-feira, antes de sair mais uma vez pelos corredores do Senado atrás de Magno Malta.

“Nós nunca podemos ser surpreendidos. Ele pode ter tomado a decisão. Hoje de manhã eu desliguei o telefone. Talvez antes de dar essa informação (de desistência), ele tenha tentado falar comigo” – disse Bolsonaro.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGFicou claro que Malta tomou a decisão vários dias atrás e não comunicou a Bolsonaro, uma tremenda deslealdade. Conforme já noticiamos aqui na Tribuna, Magno Malto tinha medo de ter sua vida devassada pelos adversários de Bolsonaro. Além disso, tem dúvidas de que o candidato do PSL realmente ganhe o segundo turno. (C.N.)

36 thoughts on “Com medo de ter sua vida devassada, Magno Malta deixou Bolsonaro sozinho

  1. Ao desistir de ser vice, Magno Malta é o primeiro a desembarcar de uma canoa furada de Bolsonaro.

    Cortejado para o cargo de vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro, o senador Magno Malta (PR-ES) revela o que toda a extrema direita quer desesperadamente esconder: o inevitável naufrágio da candidatura do ex-capitão do exército.

    https://goo.gl/a5us7M

  2. Ser vice na chapa do capitão da reserva ou tentar uma reeleição ao senado praticamente certa. O pastor evangélico agiu corretamente em desistir. Malta não tem perfil administrativo

  3. A bandidagem anda corcoveando para manter o foro privilegiado o qual caiu, mas não caiu tanto que o STF não enviou o processo da Gleisi para a primeira instância preferindo julgar a amiga bandida.

  4. Magno Malta trará mais votos para Bolsonaro na sua campanha para senador do que como vice. Todos sabem que ele o apoia, nem precisa o partido fechar com o PSL, que na verdade pouco significa. Partidos estão completamente desacreditados. Nesta eleição vai valer a pessoa. Ter um vice outsider como o general Heleno somará muito mais. Quem vai querer derrubar o avião com o Bolsonaro tendo um vice assim? Com o Eduardo Campos tentaram derrubar junto a Marina, mas por acaso não deu. E quase complicou para o trio PT-PSDB-PMDB, maiores beneficiados do episodio.

  5. Justiça do DF absolve Lula da acusação de obstrução a Lava-jato por falta de provas

    Juiz Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal Criminal no Distrito Federal, considerou Lula inocente, por falta de provas, sobre um esquema para a compra do silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

    Delações sem provas da Lava Jato são arquivadas em série no STF

    Arquivamentos das investigações pelo STF mostram delações frouxas, dizem especialistas

    “Foram poucos os casos em que as delações foram verdadeiras”, afirma o criminalista Daniel Bialski

    https://goo.gl/4fZxBp

  6. Malta é um dos melhores oradores do Congresso!

    Fala a língua do povo, o sotaque baiano, e profere palavras simples, que todos entendem.

    E prende a atenção inclusive de seus colegas quando sobre à tribuna, e dá o seu recado ou protesta quanto o que lhe contraria.

    Independente da sigla que pertence, a sua religiosidade, a sua pessoa, Malta sabe se comunicar como poucos.

    Bolsonaro contava com essa forma popular de ser de Malta, e a sua posição contra o aborto, contra o PT, a favor da família, da maioridade ser diminuída para 16 anos, posições idênticas ao do deputado.

    Se desistiu não vem ao caso para Bolsonaro, mas o senador perderá eleitores, pois a sua posição e elogios ao candidato sempre foram marcantes, e presentes em seus discursos.

    Nessas alturas, se o general Heleno Nunes for mesmo o vice de Bolsonaro, a desistência de Malta foi um grande favor ao ex-militar!

    • Boa tarde Bendl, creio que o Bolsonaro nunca de fato cogitou o Malta, os discursos foi para encher a bola do Senador. O GN Heleno seria melhor vice, além de capacitado é um homem experiente e tem uma forma clara de se pronunciar. E fora que um vice da envergadura do GN Heleno torna a vida dura de uma possível cassação de mandato via legislativo.

      • Concordo contigo, Alex-Rj.

        Uma vez que Bolsonaro é ex-militar e seu vice se encontra na reserva, a dupla seria genuína, teria um pensamento só, praticamente, e obteria um percentual maior ainda de eleitores.

        Mais:
        O general acalmaria os ímpetos de Bolsonaro, quando esses extravasassem o bom senso e a normalidade.

        Abraços.

  7. O escolha fácil 8 anos sentado no Senado só fazendo discurso, ou possível 4 anos de vice e sabendo que vice não ganha nem nome em biblioteca. Acredito que uma chapa pura com GN Heleno seja o melhor caminho.

    • Oxalá as palavras de Bolsonaro sobre fazer a vontade de Deus sejam genuínas. Aí Ele estará no controle e a desistência do senador Magno Malta será para o bem do país e do próprio Bolsonaro. Uma solução melhor para todos virá.

      Menos para a petralhada…kkkkkkkk

  8. Para Bolsonaro o Magno Malta é muito mais importante como Senador. A Globo e este Articulista “Campick” estão tentando fazer intriga. Para o Bolsonaro a amizade e apoio de Magno é que importa . O PR é PT portanto não tem como ter o Vice. O Vice ideal de Bolsonaro é a Jandira ….. Bolsonaro se elege no 1º Turno. O Bolsonaro não deveria dar trela para o Globo

  9. FERNANDO COLLOR FALA DA SUA PRÉ-CANDIDATURA, E SAI NA DEFESA DO LULA:

    Collor volta a falar que é pré-candidato e que Lula é vítima de injustiça

    Crédito: Waldemir Barreto/Agência Senado
    O ex-presidente e atualmente senador, Fernando Collor, que sofreu impeachment em 1992, é pré-candidato pelo PTC-AL (Crédito: Waldemir Barreto/Agência Senado)
    Estadão Conteúdo

    12/07/18 – 14h21 – Atualizado em 12/07/18 – 14h54

    Após seu partido afirmar que não lançaria candidatura à Presidência da República, o senador Fernando Collor (PTC-AL) voltou a falar que é pré-candidato ao Planalto. Em entrevista à rádio Guaíba, Collor também defendeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dizendo que não há prova contra o petista e que ele, mesmo preso em Curitiba, tem o direito de gravar depoimentos para a campanha eleitoral.

    “Todos sabem que eu não tenho procuração e sequer afinidade ideológica com o ex-presidente Lula em função do que eu vou dizer. Mas eu entendo que vêm sendo cometidas enormes injustiças em relação ao ex-presidente Lula”, disse Collor.

    Para ele, não há provas que o tríplex do Guarujá, pelo qual Lula foi condenado na Lava Jato, pertence realmente ao ex-presidente. “Ele foi submetido a uma pena de nove anos de detenção sem ter sido concedido a ele o direito à resposta a uma pergunta: onde está o documento que prova que o apartamento do Guarujá é de minha propriedade ou de alguém de minha família?”, declarou o senador. Ele destacou que o aumento da pena de Lula na segunda instância, para 12 anos, foi determinado sem “qualquer fato novo”.

    https://istoe.com.br/collor-volta-a-falar-que-e-pre-candidato-e-que-lula-e-vitima-de-injustica/

  10. A palavra de Collor e lixo são iguais na podridão e inutilidade, pois apenas servem para sujar.

    A publicação do que disse o ex-presidente assassino, deslumbrado, insano e incompetente, foi oportuna.

    Mostra uma pessoa cínica e hipócrita, um aproveitador do momento para ganhar a simpatia de meia dúzia de eleitores.

    Collor não tem moral para comentar sobre qualquer assunto, ainda mais aqueles que envolvem a Justiça, pois envolvido na Lava Jato.

    E volto a frisar:
    se esse pessoal tem conhecimentos tão espantosos de leis, que libertariam o ladrão e genocida da cadeia, os advogados de defesa do meliante estão detonando com o patrimônio roubado de Lula ironicamente, haja vista a notória incompetência, nessas alturas.

    Collor, hoje defendendo Lula, agiu como o seu colega ex-presidente contra o povo, sendo um genocida!

    O confisco da poupança – um ato tão insano e inaceitável que nem em tempos de guerra Getúlio tomou o dinheiro do povo! -, foi o responsável direto por várias mortes pela falta de dinheiro para cirurgias antecipadamente marcadas, e de pessoas que morreram de várias formas antes de começar a receber o que era deles de direito e de fato!

    E mais milhares de brasileiros morreram durante o período que o desgraçado presidente se concedeu de prazo para devolver o dinheiro que confiscara, 18 meses.

    O sofrimento das pessoas, a confusão, a intranquilidade, a violência empregada, foram até piores do que as maneiras que Lula escolheu para roubar o dinheiro do cidadão, que não foi direto, mas através das estatais, juros extorsivos, comissões sobre obras superfaturadas, BNDES … que deixaram a saúde, segurança e educação em estado precário!

    Ambos deveriam ser condenados à prisão perpétua, mas como existe um STF cujos membros são escolhidos por esses facínoras quando no poder, o resultado é o que constatamos a impunidade pelos crimes que praticaram contra a população!

    Aliás, com relação a Collor, o STF se acocou, se inferiorizou, humilhou-se perante o deslumbrado presidente, ao não impedir que esse ato abominável fosse realizado, o confisco do dinheiro e da poupança do trabalhador!!!

    Logo, esse procedimento atual do Supremo é mera consequência da perda da dignidade dos ministros desde aquela época!!!

  11. A operação sanguessuga da PF pôs Magno Malta no centro das investigações.
    Depois ele teria recebido Rs 100.000,00 da Cozinha Itatraía, ou das mãos do seus gerente Victor Penna Costa.

  12. Faz cerca de uma década, os jagunços armados voltaram a aterrorizar a política aqui no nordeste. A diferença é que, atualmente, o staff é capitaneado por PMs ativos de todas as patentes e, especialmente, por inativos; muitos deles, expulsos pelos mais diversos crimes. São tantos capangas que, quando as súcias de um e outro candidato se encontram em um ambiente de frequentação pública, o risco de “fogo amigo” aumenta. Não raro, entre os seguranças fardados ou EXs, há presença de matadores escusos. Embora não tendo porte de arma, estes também estão armados hasta los dientes: respaldados no chefe da equipe, invariavelmente, um oficial ou EX militar duma quadrilha legalista qualquer.

Deixe uma resposta para Joaquim (Joca) Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *