Com movimentação e dedicação, Brasil de Luan fez o que devia fazer contra Honduras

Luan, o destaque do Brasil na passagem para a final da Olimpíada

Lucas Alvares

O atacante Luan, do Grêmio, é um dos jogadores mais versáteis do futebol brasileiro. Pressiona os laterais adversários, arma jogadas e finaliza com precisão. Sua entrada no time titular da seleção olímpica do Brasil, promovida por Rogério Micale depois do vexame contra o Iraque, mudou a dinâmica de jogo da equipe: acabaram os erros com reação passiva. Isto é, o Brasil volta para marcar todas as vezes em que perde a bola. Isso se traduz em intensidade no ataque e força falhas dos adversários, como o primeiro gol de Neymar explicitou ainda nos segundos iniciais da partida.

O Brasil fez tudo o que deveria fazer contra Honduras, que é bem menos frágil do que pareceu. Enfrentar adversários de menor tradição no futebol é algo natural. O que não é natural é a postura que o Brasil demonstrava contra oponentes do mesmo perfil até a partida contra o Iraque.
Neymar, Gabriel, Gabriel Jesus, Renato Augusto e Walace acompanharam Luan nas ótimas atuações. A dupla de zaga – e mais o reserva Luan Garcia, que entrou muito bem, não deram chances para o ataque hondurenho que, capcioso, tirou a Argentina dos Jogos ainda na primeira fase.
A inteligência ao fugir do jogo violento imprimido pela seleção hondurenha em pelo menos metade do jogo, também foi importante. Nos evitou desfalques para a pedreira que virá na disputa pelo ouro, seja Nigéria, tradicionalíssima em Olimpíadas, seja a Alemanha, que faz trabalho de base excelente.

One thought on “Com movimentação e dedicação, Brasil de Luan fez o que devia fazer contra Honduras

  1. O fato do Brasil fazer logo um gol, obrigou o time de Honduras a sair para o jogo e buscar o empate. o que facilitou o time brasileiro, pois tecnicamente e bem superior ao de Honduras.
    Os alemãs vão jogar fechados na defesa explorando os contra-ataques. Se o Brasil conseguir fazer o primeiro gol em tempo,vai ganhar fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *