Com Patriota demitido, Figueiredo Machado assume como ministro das Relações Exteriores

Renata Giraldi
Agência Brasil

Com a demissão de Antonio Patriota, por conta da fuga do senador boliviano, o novo ministro das Relações Exteriores é o embaixador Luiz Alberto Figueiredo Machado, de 57 anos. Diplomata de carreira, Figueiredo Machado foi o negociador-chefe da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, em junho do ano passado, no Rio de Janeiro. Na ocasião, ele se destacou pela habilidade e conquistou a confiança da presidenta Dilma Rousseff pela disposição em negociar pacientemente com os que resistiam a acordos na Rio+20.

De personalidade introspectiva, Figueiredo Machado é contido nas palavras e é apontado como um estrategista. Acostumado a longas negociações, o novo chanceler não costuma demonstrar cansaço, nem impaciência. Ele e Dilma se conheceram na Conferência das Partes (COP), na Dinamarca, quando a presidenta ainda estava na Casa Civil.

Figueiredo Machado tem uma longa trajetória com negociações multilaterais e bilaterais referentes não só às questões ambientais, como também à área de energia. Na Rio+20, ele chamou a atenção pelo bom-humor, mesmo diante de perguntas embaraçosas e repetitivas.

Após a Rio+20, Figueiredo Machado foi nomeado representante do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU). A nomeação para a ONU é considerada, entre os diplomatas, valorização do profissional, pois a entidade é o principal órgão internacional de negociações multilaterais.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One thought on “Com Patriota demitido, Figueiredo Machado assume como ministro das Relações Exteriores

  1. Ô seu Carlos Newton, vosmecê DEVIA PROIBIR TERMINANTEMENTE que esses idiotas escrevessem PRESIDENTA no jornal. Respeito é bão e nóis gosta e merece. Atenciosamente.

Deixe uma resposta para Lafaiete De Marco Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *