Comprovado: EUA espionaram milhões de e-mails e ligações de brasileiros

Glenn Greenwald, Roberto Kaz e José Casado
(O Globo)

Na última década, pessoas residentes ou em trânsito no Brasil, assim como empresas instaladas no país, se tornaram alvos de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (National Security Agency – NSA, na sigla em inglês). Não há números precisos, mas em janeiro passado o Brasil ficou pouco atrás dos Estados Unidos, que teve 2,3 bilhões de telefonemas e mensagens espionados.

É o que demonstram documentos aos quais O GLOBO teve acesso. Eles foram coletados por Edward Joseph Snowden, técnico em redes de computação que nos últimos quatro anos trabalhou em programas da NSA entre cerca de 54 mil funcionários de empresas privadas subcontratadas – como a Booz Allen Hamilton e a Dell Corporation.

No mês passado, esse americano da Carolina do Norte decidiu delatar as operações de vigilância de comunicações realizadas pela NSA dentro e fora dos Estados Unidos. Snowden se tornou responsável por um dos maiores vazamentos de segredos da História americana, que abalou a credibilidade do governo Barack Obama.

Os documentos da NSA são eloquentes. O Brasil, com extensas redes públicas e privadas digitalizadas, operadas por grandes companhias de telecomunicações e de internet, aparece destacado em mapas da agência americana como alvo prioritário no tráfego de telefonia e dados (origem e destino), ao lado de nações como China, Rússia, Irã e Paquistão. É incerto o número de pessoas e empresas espionadas no Brasil. Mas há evidências de que o volume de dados capturados pelo sistema de filtragem nas redes locais de telefonia e internet é constante e em grande escala.

Criada há 61 anos, na Guerra Fria, a NSA tem como tarefa espionar comunicações de outros países, decifrando códigos governamentais. Dedica-se, também, a desenvolver sistemas de criptografia para o governo.

A agência passou por transformações na era George W. Bush, sobretudo depois dos ataques terroristas em Nova York e Washington, em setembro de 2001. Tornou-se líder em tecnologia de Inteligência aplicada em radares e satélites para coleta de dados em sistemas de telecomunicações, na internet pública e em redes digitais privadas.

O governo Obama optou por reforçá-la. Multiplicou-lhe o orçamento, que é secreto como os de outras 14 agências americanas de espionagem. Juntas, elas gastaram US$ 75 bilhões no ano passado, estima a Federação dos Cientistas Americanos, organização não governamental especializada em assuntos de segurança.

“PARCERIAS ESTRATÉGICAS”

A NSA tem 35,2 mil funcionários, segundo documentos. Eles informam também que a agência mantém “parcerias estratégicas” para “apoiar missões” com mais de 80 das “maiores corporações globais” (nos setores de telecomunicações, provedores de internet, infraestrutura de redes, equipamentos, sistemas operacionais e aplicativos, entre outros).

Para facilitar sua ação global, a agência mantém parcerias com as maiores empresas de internet americanas. No último 6 de junho, o jornal “The Guardian” informou que o software Prism permite à NSA acesso aos e-mails, conversas online e chamadas de voz de clientes de empresas como Facebook, Google, Microsoft e YouTube.

No entanto, esse programa não permite o acesso da agência a todo o universo de comunicações. Grandes volumes de tráfego de telefonemas e de dados na internet ocorrem fora do alcance da NSA e seus parceiros no uso do Prism. Para ampliar seu raio de ação, e construir o sistema de espionagem global que deseja, a agência desenvolveu outro programas com parceiros corporativos capazes de lhe fornecer acesso às comunicações internacionais.

Um deles é o Fairview, que viabilizou a coleta de dados em redes de comunicação no mundo todo. É usado pela NSA, segundo a descrição em documento a que O GLOBO teve acesso, numa parceria com uma grande empresa de telefonia dos EUA. Ela, por sua vez, mantém relações de negócios com outros serviços de telecomunicações, no Brasil e no mundo. Como resultado das suas relações com empresas não americanas, essa operadora dos EUA tem acesso às redes de comunicações locais, incluindo as brasileiras.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

19 thoughts on “Comprovado: EUA espionaram milhões de e-mails e ligações de brasileiros

  1. Todos os organismos de espionagem espionam. Ou querem que eles fabriquem calcinhas?
    O maior de todos é a KGB, agora MVD. Depois o serviço israelence, a CIA, o inglez, o serviço chinez e outros.
    O mundo oficialmente, oficialmente apenas, não está em guerra e portanto é a razão deles.
    Quanto a espionagem do Brasil é pouca nesta guerra suja , a não ser detectar uma meia dúzia de muçulmanos radicais que devem estar ali na tríplice fronteira. No mais, para os EUA o Brasil sempre irrelevante, sem importância na política de poder mundial e sem riquezas concentradas que justifiquem interesse econômico.
    Os EUA com relação o Brasil sempre nos favoreceu. Se não fosse a CSN, a industrialização brasileira estaria mais atrasada que já é.
    Quando no governo FHC o Brasil quebrou, Bill CLinton arranjou o dinheiro que resolveu o problema.

    NO planeta Marte, ninguém espiona ninguém. Aqui mesmo se dá muita importância a fofoca. Isto demonstra que alguém tá vigiando alguém. E pior, para publicar mesquinharias.

  2. E mais, os EUA estão preocupados é com a China, mas comercialmente. Por isso já está em andamento o mercado comum com a Europa.
    Com o gás de xisto agora nos EUA a 1/5 do valor do preço mundial, agora então é que esquecerão de vez a América latina com seus misticismos ultrapassados.

  3. Eles espionam, prendem, torturam e …matam.
    Os Estados Unidos transformaram o mundo em uma grande Guantánamo ou … numa imensa e gigantesca Faixa de Gaza. Esse negócio tão bobo de direito de defesa, julgamento, juri, processo, Cidadania, Justiça, Respeito às Leis, Liberdade, Direito de Ir e Vir, etc etc … eles, norte-americanos, acabaram com tudo (faz tempo). Os “arautos (argh!!!) da Democracia” estão tão nus como as nações que tanto criticavam. Não esqueçamos o início do filme ARGO, ganhador do Oscar deste ano: “Os terroristas somos nós. Nós é que invadimos países, torturamos … matamos … arrasamos famílias …”
    Agora o que vemos? Obama e seu monstruoso governo procurando Edward Snowdon, rompendo todos os Tratados Internacionais. Os Estados Unidos estão perdidos! Suas atrocidades, hoje, estão sendo combatidas até mesmo (ou principalmente) pelos seus próprios compatriotas!!! Ninguém os suporta mais!!! Eis aí, nu, o “sonho americano”: submeter, submeter e submeter os povos aos seus delírios e práticas assassinas, às suas crueldades, torturas e atrocidades!!!
    O que virá depois??? Isto, no momento, importa menos. O que mais importa é que há norte-americanos lutando conosco, lutando pela Liberdade!!!
    Estamos diante da Maior e Mais Amplificada e Criminosa Ditadura em Todos os Tempos: a dos Estados Unidos. Mas … ela está desabando!!! Está ruindo!!! Viva Edward Snowdon!!! Vivam os norte-americanos que não se conformam com este monitoramento mortífero, esta invasão nos lares do mundo, desta violenta agressão às nossas famílias!!! O monstro tem mil rabos, mil patas, um dos seus rabos já está em chamas … mas ele ainda não percebeu!!! Então … vamos em frente!!! Viva a Liberdade!!!

  4. Reações emocionais ao que se lê ou ouve-se falar não se sabe onde, não serve como base para avaliação histórica. Não dá credibilidade à opinião de quem a emite.

  5. Mudando de assunto tava reparando aqui na net, que, embora a maioria se deixa levar por misticismos, essa mesma maioria os abandona diante de um fato que os desmentem.
    Por isso tenho notado que os blogs em que seus autores procuram não se afastar dos fatos ou pelo menos se esforçam para isto, sem essa de políticamente correto, de pensamento único, de esquerda e direita, tem maior número de leitores.
    Um desses já ultrapassou 5 milhões de usuários.
    A verdade liberta, tranquiliza, informa.
    COMPENSA.

    PENSA.

  6. Atenção. Para quem não lê jornais … para quem não lê livros ou revistas … para quem não assiste os telejornais internacionais … para quem, enfim, mantém seu nível de informação e cultura “abaixo de zero” … e por isso mesmo vive a repetir e repetir sandices através das “mesmas palavras de sempre”, numa angústia íntima nítida retratada em um sofrimento permanente … que produz uma infelicidade aparentemente irreversível:
    “A Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) espionou, na última década, cidadãos e empresas no Brasil, segundo DOCUMENTOS coletados pelo ex-técnico Edward Snowdon, aos quais O Globo teve acesso.Telefonemas e e-mails foram rastreados através de pelo menos três programas. O Brasil aparece com destaque em mapas da NSA, como alvo importante no tráfego de telefonia e dados, ao lado de países como China, Russia, Irã e Paquistão. O volume de informações monitoradas é gigantesco; só no mês de janeiro deste ano, a NSA rastreou 2,3 bilhões de dados nos EUA, e o Brasil ficou apenas um nível abaixo na escala de monitoramento. Os DOCUMENTOS mostram que o Brasil é, de longe, o país mais espionado na América Latina”. Espionar … prender … torturar … matar. Eis as práticas do Sonho Americano.
    O mundo virou uma Guantánamo. Ou Faixa de Gaza. Os assassinos ianques nos deixam até escolher!!! Como são “democráticos”!!!!!!(argh!!!)

  7. O modello político-partidário-eleitoral brasuca é ruim, mas, conforte-se, o modello norte-americano é muito pior, senão o mais pilantra do mundo. O que há de mais interessante na classe política é a sua banda boa, consciente, que sabe como ninguém quem é quem no mundo da politica, muito emobora, às vez, não possa explicitar suas opiniões à respeito, como de fato agora sabe quem é Obama e a que veio. O Gigante acordou ? O Anderson Silva subestimou o adversário e foi nocauteado. O invencível continuismo da mesmice (oposição,situação e golpismo-ditatorial e seus penduricalhos,inclusive midiáticos,salvo exceções), há anos, têm subestimado a RPL-PNBC-ME, que,através do HoMeM, sempre disse que o seu sucesso, face ao poderio do continuismo da mesmice, depende da ocorrência de um MMilagre, operado por Aquele que a inspirou e lhe atribuiu tal MMissão, e, pelo menos nas ruas do Brasil, por ora, não obstante as artimanhas do continuismo, camaleônico, que pensa estar no comando e a todos manipulando, já está, na verdade, preparando o terreno para cair nocauteado. O Gigante, por sua vez, desta vez, parece que acordou mesmo, de verdade, e não quer saber de mais dos mesmos, de jeito nenhum, nem civil, nem à paisana e muito menos fardado, nem pintados de ouro, à moda basta de continuismo,chega dos mesmos. Agora, o Gigante quer ser Gigante de Verdade, parecer Gigante e até usar roupa de Gigante, e é a RPL que lhe confere este status.

  8. Palavras de Jimmy Carter, em entrevista ao The New York Times, publicada aqui mesmo, na Tribuna da Imprensa:
    “Revelações de que altos funcionários do governo dos Estados Unidos decidem quem será assassinado em países distantes, inclusive cidadãos americanos, são a prova apenas mais recente, e muito perturbadora, de como se ampliou a lista das violações de Direitos Humanos cometidas pelos Estados Unidos.
    Legislação recente legalizou o direito do presidente dos Estados Unidos para manter pessoas sob detenção sem fim, no caso de haver suspeita de ligação com forças associadas ao terror …” etc etc etc
    “Hoje”, prossegue Carter, “são 169 presos em Guantánamo. Metade já foi considerada livre de qualquer suspeita, mas … não sairá viva de lá” … etc etc etc
    Eles, norte-americanos, estão gritando para o mundo: CHEGA!!! NÃO AGUENTAMOS MAIS!!!

  9. Esses negócios de cabeça quente não é minha especialidade.
    Nada pessoal. nada contra ninguém.
    Respeito a opinião de todos.
    Mas, meu método de abordar a realidade não é diferente.

  10. CORREÇÃO: Cabeça quente não é minha especialidade.
    Nada pessoal. nada contra ninguém.
    Respeito a opinião de todos.
    Mas, meu método de abordar a realidade É diferente.

  11. Tem uma frase em latim que um professor gostava de recitar: Cui prodest? Traduzindo: A quem interessa? Meu professor dizia que tudo no mundo se resumia a isso…um fato era explicado pela sua utilidade ou necessidade para alguém…Aplicando esse axioma ao imbroglio Snowden, vemos os EUA desesperados em capturar seu ex-espião..Por que será? Deve haver muito mais coisa que ele não disse, mas que ainda pode dizer, e isso está deixando o Império exasperado…De qualquer forma, sejam quais forem os segredos que os norte-americanos queiram preservar, o FSB/MVD – Federalnaya Slujba Bezopasnosti, o serviço secreto russo, tratará de extrair dele…Para desespero dos americanos e do Mauro Julio Vieira, hehe…

  12. Já disse e repito: não vou rebater comentários emocionais.
    Ainda mais desses em que a baixeza de alguns tentam relacionar os outros com aquilo que lhes povoa suas mentes doentias.

  13. A mim pouco interessa os EUA ou outro país, mas o fato é que na América Latina, tem mais gente com raivinha dos EUA que no Vietnan que guerreou contra eles.
    Coisa de fanatismo religioso.
    Doença.

  14. Perderam TEMPO e DINHEIRO. Pra que espionar o BRASIL? Essa eu NÃO entendi. O FHC Fernando Henrique Cardoso entregou de BANDEJA 99 % das riquezas do BRASIL e 90 % do POVO ADORA visitar a DISLEYLANDIA e também comprar MISSANGAS, ESPELHOS, COSMÉTICOS, ELETRO DOMÉSTICOS e até TERRENOS e CASAS nos STATE. Fazem até empréstimos aqui para viajar e IR as compras LA em ” RIBA “. Os americanos perderam TEMPO e DINHEIRO menospresando os CAPACHILDOS NACIONAIS. Ha ! Ha ! Ha !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *