Congresso decreta luto oficial pelas 10 mil mortes por covid-19 ocorridas no Brasil

Bandeiras foram hasteadas a meio-mastro após decretação de luto

Carolina Brígido
O Globo

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), decretaram neste sábado luto oficial de três dias no Congresso Nacional pelas cerca de dez mil mortes provocadas pela Covid-19 no país. A Bandeira Nacional ficará hasteada a meio-mastro em frente ao Congresso Nacional.

O ato foi publicado no Diário Oficial do Congresso neste sábado. Segundo a medida, ficam proibidas quaisquer celebrações, comemorações ou festividades enquanto durar o luto.

VIDAS INTERROMPIDAS –  “No momento em que o país atinge a triste marca de dez mil mortes oficiais da Covid-19, o Congresso Nacional também sofre a dor de tantas famílias brasileiras que perderam seus entes queridos, sem poder render-lhes as justas homenagens. É uma tragédia que nos devasta mais a cada dia. Dez mil pessoas, amadas e importantes para outras pessoas, cheias de sonhos, tiveram suas vidas interrompidas”, diz nota oficial assinada por Maia e Alcolumbre.

O texto também afirma que o “Parlamento, que representa o povo e o equilíbrio federativo desta nação, não está indiferente a este momento de perda, de tristeza e de pesar”. Segundo o texto, a situação é “singular”, com “nossas cidades paradas, nossas crianças sem aulas, nosso povo assustado”.

PRIORIDADE – A nota diz que o Congresso Nacional tem feito sua parte “ao tomar medidas legislativas de suporte às pessoas, aos governos e às empresas”. Ainda segundo os presidentes da Câmara e do Senado, a prioridade agora é proteger a vida dos brasileiros.

“Mesmo chorando a morte dos nossos irmãos e irmãs brasileiros, conclamamos todos a manter as recomendações das autoridades de Saúde, diminuindo o ritmo dessa terrível doença, enquanto nos preparamos para um retorno seguro e definitivo à normalidade”, recomenda a nota.

7 thoughts on “Congresso decreta luto oficial pelas 10 mil mortes por covid-19 ocorridas no Brasil

  1. Excelentes iniciativas, da Câmara, do Senado e do STF. Lamentável que Bolsonaro não tenha feito o mesmo. É o chefe da nação. É o mínimo que se espera dele, bom senso, solidariedade, desprendimento e atitudes dignas, que valorizem o cargo e a si próprio.

  2. É um ato hipócrita, partindo de quem parte.
    $TF, prende o povo em casa e solta criminosos de alta periculosidade.

    Governadores e prefeitos desviam recursos da população, fizeram carnaval, favelas e cracolândias sem quarentena.

    Congresso não vota nada de interesse do povo. Nada que possa beneficiar o povo. Estão criando o caos social.

    Mas a nota de solidariedade é linda, capaz até da família daqueles afetados pelo corona venham a chorar…

  3. Falar em mortes , nos governos da esquerda recentemente, o crime foi liberado e a população de bem foi desarmada. Com isso as mortes por assassinatos chegavam a 60 mil por ano.
    Com o novo governo, a criminalidade caiu 22%, o que salvou a vida de mais de 12 mil brasileiros.

    A esquerda é tão criminosa que até deu asilo ao criminoso hediondo Cesare Battisti, que hoje cumpre prisão perpétua na Itália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *