Congresso voltaria a funcionar hoje, mas os parlamentares não compareceram

Mariana Jungmann
Agência Brasil

O Congresso Nacional retomou hoje (1º) as atividades legislativas após duas semanas em recesso branco. Embora tenha havido sessões na Câmara e no Senado, não houve votação em nenhuma das duas Casas, o que só deve ocorrer a partir da próxima terça-feira (6).

Como não votaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), os parlamentares não entraram em recesso. Mas decidiram não fazer sessões deliberativas, em que não são obrigados a comparecer. Assim eles entraram no que é chamado de recesso branco. Durante esse período, não houve sessões e nem reuniões de comissões.

Apesar do quórum baixo hoje, o presidente do Congresso Nacional e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que vai trabalhar para manter um “ritmo intenso de votações” na retomada dos trabalhos. Ele convocou uma reunião com os líderes partidários para a próxima terça-feira, quando será discutido os projetos que entrarão em pauta no Senado.

Renan adiantou, no entanto, que algumas matérias da chamada agenda positiva, que foi montada a partir das reivindicações das manifestações de rua, devem ser apreciadas logo no início dos trabalhos de votações. “No Senado, temos poucas matérias para serem votadas dentre aquelas matérias que significavam respostas às ruas”, disse ao chegar no Senado para presidir a primeira sessão pós-recesso.

“Vamos ter a eliminação da pena disciplinar da aposentadoria para juiz e promotor que comete crime, vamos discutir e conferir as fontes do passe livre do transporte escolar e vamos votar o Plano Nacional de Educação, que vai ter, primeiro, audiência pública nas comissões. São pautas remanescentes, o restante o Senado votou, praticamente 40 deliberações interpretando o sentimento das ruas e dando respostas”, completou.

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

4 thoughts on “Congresso voltaria a funcionar hoje, mas os parlamentares não compareceram

  1. Trabalho parlamentar para valer só na próxima segunda, 5 de agosto. A semana atual já está perdida. As instituições aqui no Brasil se desmoralizam justamente por aqueles que deviam zelar para prestigiá-las.

  2. Isto demonstra que, as manifestações nas ruas não afeteram em nada o comportamento destes políticos, pelo contrário, alguns foram viajar para o exterior com o dinheiro ganho do povo e o povo, é mero detalhe.
    Há tantos motivos para votar “NULO” nas próximas eleições, escapa apenas uma minoria e não há oposição no congresso, a maioria está vendida ao governo federal, estadual e municipal, é uma vergonha saber que somos governado por esta corja.

  3. Um alerta aos eleitores : As eleições de 2014 estão chegando, com elas, um punhado de deputados e senadores pedindo o nosso voto. Certamente, todos aqueles que gazetearam os dois primeiros dias do pós- recesso branco vão nos procurar como verdadeiros anjinhos. Pasmem os senhores, previamente programados, faltaram “somente” 476 dos 513 deputados e 31 dos 81 senadores. Não podemos jamais nos esquecer desses picaretas. Precisamos baní-los da politica, antes que eles levem o Brasil para o fundo do poço. A urna eleitoral é a nossa verdadeira arma.

Deixe uma resposta para bruno Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *