Considerações sobre a liberdade de expressão num blog livre e independente como a Tribuna da Internet

Carlos Newton

Publicamos abaixo um artigo de Milton Corrêa da Costa, que tem sido um dos nossos colaboradores mais assíduos. Desta vez, porém, mesmo respeitando totalmente a liberdade de expressão do articulista, o editor do Blog pede licença para registrar sua opinião pessoal, que é um pouco diferente.

Não vamos aqui discutir quem é o “Mala do Ano”, se fulano ou sicrana, até aí, tudo bem. Mas precisamos registrar a posição de Helio Fernandes e de muitos outros colaboradores, no sentido de que o governador Sergio Cabral tem usado as UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) como instrumentos de marketing político, porque muitos cariocas já constataram que o narcotráfico não está sendo enfrentado e o setor de saúde está abandonado.

Como Helio Fernandes denunciou aqui, o governo fez acordo com os traficantes, para que prossigam seu sinistro comércio de forma discreta e pacífica, sem serem incomodados pela Polícia. Justamente por isso, em nenhum caso de instalação de UPPs houve reação dos criminosos, assim como também não ocorreram prisões. Parece estranho, e é estranho mesmo. Nem mesmo na ocupação do Complexo do Alemão houve prisões, e os traficantes estavam bem próximos dos policiais, conforme as filmagens das televisões mostraram.

É claro que as UPPs e UPAs têm seu lado positivo, mas Helio Fernandes mostrou aqui, exaustivamente, os malefícios desse inacreditável acordo celebrado entre governo e criminosos, sob intermediação do Afro Reggae, essa ONG que hoje faz o que bem entende no Rio de Janeiro.

Além disso, Cabral não pode ser analisado apenas pelas UPPs e UPAs, mas também pelas fraudes, pela corrupção desenfreada e comprovada, especialmente na Secretária de Saúde, desviando recursos preciosos destinados ao atendimento médico-hospitalar, conforme a imprensa já demonstrou fartamente, inclusive este Blog. Basta colocar o nome Sergio Cortes (Secretário de Saúde) na “busca” do Blog, que sai um verdadeiro festival de denúncias jamais contestadas ou respondidas.

Milton Correa da Costa e os demais colaboradores têm todo direito de externarem suas opiniões, que serão sempre respeitadas e publicadas, mas sabem que a Editoria do Blog também têm o direito de deixar registrada sua opinião, em caso de gritante divergência.

Por fim, quanto à proposta de erigir uma estátua em homenagem a Sergio Cabral,  concordamos plenamente, desde que seja na forma preconizada por Helio Fernandes, com a instalação de uma escultura equestre, que seja metade cavalo, e a outra metade, também. Ele merece.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *