Corrupção na Petrochina, três executivos demitidos. Celso Amorim diz que fuzileiros fazem segurança em La Paz, há muito tempo. Morales e Dilma se encontrarão pessoalmente terça-feira, num congresso. Não “OUÇO” estrondo de guerra, França e Reino Unido, coadjuvantes, recuaram. A Câmara, que vergonha, não CASSOU o deputado CONDENADO. E a CPI A FAVOR dos ônibus ‘ganhou’ na Justiça.

Helio Fernandes

O embaixador (de “carreira”) Celso Amorim faz um trabalho enorme para se livrar da “conspiração” da fuga do senador da Bolívia, da qual participou intensamente. O encarregado de Negócios do Brasil afirmou: “A operação que chefiei, e cuja responsabilidade é toda minha, começou há muitos meses”. É verdade, e ele considera um ponto a favor de sua defesa, a relação (em seu poder) de todos os que sabiam de tudo.

Um deles, para quem telefonou muito antes, o ministro da Defesa, Celso Amorim. Tendo 25 anos de Itamaraty (muito menos do que Amorim), eram ligados por um fervor negativo mas envolvente: o ódio à ascensão permanente de Patriota.

Eduardo Sabóia falou com o ex-chanceler, agora ministro da Defesa, dizendo textualmente: “Preciso que você forneça dois seguranças militares para uma expedição que estou organizando”.

Para a própria tranqüilidade e curiosidade natural, Amorim perguntou o que era. E por que não pedia ao ministro da Justiça? Que é quem fornece e controla esse tipo de segurança.

EDUARDO SABÓIA
E CELSO AMORIM

Tendo confiança no ego imensurável do ministro e no seu ódio inavaliável por Patriota, contou tudo. Disse o que agora nega e os partidários de Morales também: “Queremos resolver o problema, o que o governo brasileiro se recusa a fazer”.

O ministro da Defesa perguntou: “Mas não é muito perigoso?”. Resposta: “Temos cobertura total aqui na Bolívia e aí no Brasil, em vários escalões políticos e diplomáticos. Os seguranças, apenas para eventualidades”.

O ministro da Defesa forneceu dois fuzileiros navais, que não estão na alçada ou subordinação do ministro da Justiça, que controla a Polícia Federal. Agora, Amorim se defense: “Esses fuzileiros estavam há muito tempo dando cobertura à embaixada, no centro de La Paz, num edifício comercial”.

Sei muito bem como é fugaz e duvidosa a palavra do ministro. Mas não vou contestá-lo agora, nem mostrar o que escrevi vastamente nos anos 1980/90, quando ele foi presidente da Embrafilme. Fiz intensa campanha de esclarecimento, com total repercussão e demissão geral. Era fácil, os escândalos estavam “à flor da terra”, como o petróleo do Cazaquistão.

Hoje quero perguntar ao ministro da Defesa a razão de fazer segurança na embaixada do Brasil em La Paz, com fuzileiros navais? A cidade está a mais de 3 mil e 800 metros de altitude, lógico, não tem mar. Como tudo na capital é entre montanhas, porque designar fuzileiros navais, como afirmou?

O normal é que essa segurança permanente, que vem de longe, fosse feita pelo Exército, ou melhor, pela Aeronáutica. Esta, pela própria formação, trabalha nessas alturas

Mas é a palavra do ministro, completamente desmoralizada quando participou dos escândalos da Embrafilme, empresa estatal presidida por ele. Só no Brasil, depois de tudo o que houve na mais estatal de cinema no Brasil, Celso Amorim faria a carreira que fez e continuará fazendo.

CORRUPÇÃO NA IMPORTANTE
ESTATAL PETROCHINA

Semana passada, escrevendo sobre o julgamento de Bo Xilai e da mulher, deixei bem claro: há uma grande preocupação com o crescimento da corrupção. A prisão do provável quase primeiro-ministro e da mulher (que assassinou o parceiro de negócios e negociatas na divisão do suborno e das propinas) estarreceu a cúpula. E o Politburo nesses anos (dois) da prisão de tão alto dignatário, se reuniu pelo menos duas vezes.

Nessas reuniões tratou exclusivamente de dois assuntos, rigorosamente interligados: o que fazer com Bo Xilai e o que fazer para acabar ou pelo menos diminuir a corrupção.

O julgamento não foi resolvido e a corrupção reaparece espetacularmente. O caso de Bo Xilai foi o mais alto na hierarquia do desperdício dos dinheiros públicos, atingindo a própria cúpula da China-Comunista-Capitalista”.

Agora surge novo caso de corrupção, só que, ao invés de atingir pessoas isoladamente, compromete perigosamente uma das maiores empresas do país, a estatal Petrochina. É a grande empresa de petróleo que vinha sendo investigada há algum tempo.

As conclusões comprovadas, foram afastados, pelo menos, grandes personagens. E logo a seguir, vários funcionários não diretores, mas de importância relevante.

O QUE DÓI NA ALMA E
NO CORAÇÃO DA IDEOLOGIA

É imperioso, imprescindível, irrefutável que essa corrupção estatal seja destruída e destroçada. Só acontece “lá em cima”, no apogeu do pais comunista, embora longe do marxismo (royalties para Paulo Sólon).

A China atingiu o total de 1 bilhão e 500 milhões de habitantes. O setor “capitalista” vai muito bem de vida, satisfeitíssimo. As restrições que são impostas pelo setor “comunista” não os atinge nem remotamente.

Compram mansões maravilhosas, torçam de carro (de carros, no plural) sempre que bem entenderem. As lojas de produtos de luxo, cada vez mais prósperas. E até contribuem (mesmo sem perceberem) com o progresso do país, aumentando exportação e importação, pagando impostos altos e não contestados.

Pelas pesquisas internas, a classe média rica, esses privilegiados, intocáveis, são “apenas” 100 milhões. O que representa a população de muitos países (metade da população do Brasil, das mais elevadas do mundo). Na China, 6 e meio por cento de todos os habitantes do país.

Ridículo em matéria de proporção. Além do mais, eu disse que são “intocáveis”, pois jamais criam problemas. Seguem a filosofia rigorosamente capitalista de James Bond, “viva e deixe viver”. Eufemisticamente, são identificados como “classe média alta”. E consideram que mostram ao mundo que podem conviver construtivamente com os dois lados.

Só lamentam e se perguntam: por que não existe corrupção no país todo? Principalmente nesse setor, que na verdade, apesar de reduzido, contribui com o desenvolvimento?

A CÂMARA NÃO CASSO
O PRESO DONADON

Enquanto durar e permanecer o absurdo VOTO SECRETO, o episódio se repetirá: um deputado CONDENADO pelo Supremo, será absolvido, vá lá, PRESERVADO pelos colegas. Apesar de 233 terem votado pela perda do mandato, ele continua vergonhosamente com esse mandato.

“Com o mandato, como eu disse?”. Alguém pode ser deputado e ao mesmo tempo sair do plenário algemado e voltar imediatamente para a cadeia? Não haverá “crise entre Poderes”, seria insensato e inexplicável comprometer o sistema ( já c-o-m-p-r-o-m-e-t-i-d-í-s-s-i-m-o), por causa de um pigmeu político, sem expressão ou representação, acusado e condenado por diversas irregularidades, até ROUBO?

HENRIQUE EDUARDO ALVES,
NO CASO, MERECE ELOGIOS

Como tenho criticado o deputado, feito as mais diversas restrições a ele, seria covardia (igual à dos 131 que votaram a favor do deputado e dos 41, presentes mas que se abstiveram, escondidos covardemente pelo VOTO SECRETO) se este repórter silenciasse agora.

O presidente da Câmara tentou de todas as formas dar o assunto por encerrado. Convocou o suplente do deputado condenado (o ex-deputado Amir Lando), se Donadon voltar, não tem como assumir. Afirmação do presidente da Câmara: “Estou envergonhado, não colocarei mais nada em votação por esse sistema de VOTO SECRETO”.

Pelo menos isso, não poderia fazer outra coisa. Não esquecer: 232 deputados, apesar do VOTO SECRETO, cassaram o deputado, merecem consideração. Faltaram apenas 24 votos, uma pena.

A “JUSTIÇA” DOS ÔNIBUS
NO RIO DE JANEIRO

A CPI A FAVOR dos ônibus ganhou um alento, que não sabe como aproveitar ou festejar. Contestada pelo oposição, a juíza mandou que a CPI continuasses “com a mesma proporcionalidade”.

Argumento, com aspas ou sem elas: “A Câmara Municipal tem 51 vereadores, apenas 6 assinaram o pedido de CPI”. Portanto, a própria Justiça reconhece que 45 vereadores não querem a CPI, se quisessem teria assinado, é óbvio.

PMDB COMPROMETIDO,
DOMINA A CPI COM MEDO

O partido de cabralzinho ficou com o presidente e o relator da CPI. Só que não sabem o eu fazer. Como a CPI era para isentar e homenagear a MÁFIA dos ônibus, agora não têm coragem para isso. Fazer a CPI decidir CONTRA os que massacram diariamente a população, impossível. Essa então será a CPI que não existirá.

ESCREVO SEM “OUVIR”
O ESTRONDO DA GUERRA

As coisas mudam rapidamente, principalmente quando são inexplicáveis. Ontem disse, “escrevo “OUVINDO” o estrondo da guerra contra a Síria, ou chamem como quiserem. Hoje, com a desistência dos coadjuvantes, França e Reino Unido, Obama, que tanto gosta de basquete, “pediu tempo”. Enquanto escrevo, muito tarde, OUÇO o silêncio total. Espero que dure, ou não será mais L-O-C-A-L-I-Z-A-D-O.

 

 

 

 

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

24 thoughts on “Corrupção na Petrochina, três executivos demitidos. Celso Amorim diz que fuzileiros fazem segurança em La Paz, há muito tempo. Morales e Dilma se encontrarão pessoalmente terça-feira, num congresso. Não “OUÇO” estrondo de guerra, França e Reino Unido, coadjuvantes, recuaram. A Câmara, que vergonha, não CASSOU o deputado CONDENADO. E a CPI A FAVOR dos ônibus ‘ganhou’ na Justiça.

  1. Meu caro jornalista Helio Fernandes, ontem logo cedo esperava algum artigo sobre essa patifaria, essa vergonha que aconteceu no Congresso Nacional, pela Tribuna da Imprensa, estava lá um artigo do Carlos Newton, faltava as suas considerações, não faltam mais. Meu caro Hélio, o senhor o papa do jornalismo brasileiro, conhece como ninguém as entranhas do Congresso Nacional, por acaso já vivenciou isso, o STF julga um Deputado, o condena a 13 anos de prisão em regime fechado, esse mesmo é absolvido por 131 votos. Vou plagiar o que o senhor escreve “que maravilha viver”. Eles estão cutucando cobra com vara curta, vivenciei aquela época como o senhor também, digo a época de 1964 e torço para que nunca mais volte, mas o que está acontecendo neste nosso país varonil, não sei não viu. Um abraço fraterno, Zudgard José de Barros Paes Coelho

  2. Mesmo sem golpe, o Congresso deveria ser definitivamente fechado. Congresso algum deve existir. Congresso e valhacouto de ladrões significam a mesma coisa. Com essa maldita e anacrônica “democracia” criada na velha e degenerada Atenas, impossível moralizar o Congresso.
    Usem a cachola e inventem outra solução.

  3. Abertura de mercado não significa adoção do famigerado capitalismo. Mas, mesmo assim, a maldita corrupção na China já chegou. Só que lá, o Partido Comunista Chinês está de olho. Quando a chamada relação custo/benefício subir muito, o PCC vai novamente fechar o sistema. Enquanto isso não ocorre, os ladrões vão para o paredão, estilo Fidel Castro.

  4. Roubar é da natureza do sistema

    Para reduzir toda a roubalheira mundial, em suas variadas formas e tipos, tanto pública como privada, bastaria que todos os governos do Planeta adotassem a moeda digital em substituição ao milenar papel moeda. Daí em diante, toda transação de dinheiro passaria a ser realizada por cartões magnéticos (preferencialmente sem atravessador, emitidos pelos bancos centrais). Junto com essa providência, a receita dos diversos países deveriam adquirir equipamentos, softwares e pessoal especializado objetivando tornar eficiente e bastante seguro, o rastreamento digitalmente de todas as transações realizadas, sem exceção alguma, em busca de coisas ilícitas e fraudulentas.

    Semelhante tecnologia não é nova nem complicada. Basicamente, é a mesma tecnologia existente nos cartões magnéticos bancários de débito e de crédito, utilizada por grande parte da população mundial. Só está faltando as necessárias e devidas complementações técnicas e jurídicas.

    Então, porque ainda não implantaram isso? Pelo pressuposto, seria o fim da roubalheira. Certo, é por isso mesmo, que as elites ainda não implantaram o dinheiro digital, em lugar algum do mundo, inclusive na China. Não seria por conta de expor suas contas bancárias a olhares indiscretos. Depois que os EUA assumiram a ilimitada e abrangente espionagem, nada mais deve estar escapando do Tio Sam.

    A causa central do impedimento da implantação do dinheiro digital, por certo que se deve a manutenção da roubalheira das elites, em suas mais variadas formas. Afinal, é da natureza do sistema. A começar que grande parte da riqueza produzida pelo trabalhador fica nas mãos dos donos dos meios de produção e do capital (bancos), a custas de quem trabalhou por baixos salários, salvo as exceções de trabalhadores especializados e ou privilegiados. Deixando na pobreza, massas de trabalhadores morando em favelas. Cruel realidade da alma humana que o sistema capitalista só incentiva, como nenhum outro.

  5. Médicos e Ditaduras

    Precisa explicar para o apedeuta que não há ditadura boa

    Lula falou ser abominável a reação, de preconceito, contra os médicos cubanos. Não é preconceito não. Nem é contra os médicos a revolta, é contra o governo deles, que é uma deslavada ditadura.

    Abominável é fazer negócio com ditador. Fidel Castro mandava o seu irmão Rául vendar os olhos de cubanos fuzilados nos matos, está aí a foto. A ditadura cubana fuzilou 14 mil cubanos no “paredón”. Matou cubano de baciada. Fez parte da população fugir da ilha a nado ou em balsa. Facínoras.

    O governo brasileiro paga aos mesmos facínoras de 50 anos atrás, Fidel e seu irmão, pelos serviços de médicos que sequer haviam nascido vão prestar no Brasil. Não é preconceito ser contra esse negócio coisa nenhuma. Não negociar com ditadura não é preconceito, seu Lula. Lhe assopraram errado o palpite.

    Por falar em ditadura, esse governo petista, que está pagando serviço médico à ditadura cubana, tem aqui a bucólica “comissão da verdade” que apura crimes cometidos pela repressão militar. Apura crimes da ditadura brasileira e faz negócios com a ditadura cubana!!!

    Aí está. Para o governo petista, dono dessa tal “comissão da verdade”, tem ditadura que pode ser aceita. Outras vez cabe o dito de sempre: não dá pra ser petista e honesto ao mesmo tempo.

    (do blog Trem Azul)

  6. Ora! Fuzileiros Navais são soldados profissionais da Infantaria da Marinha. São reconhecidos como homens de excelente preparo para missões complexas. Embora os homens do Exército e da Aeronáutica também o sejam, não está escrito em lugar nenhum, a não ser, “na opinião do jornalista”, que os militares que atuam nas Embaixadas tenham que ser, necessariamente, de arma diversa da Marinha! Afinal, na democracia também se cultua o “direito à escolha”! Então, “Viva a Marinha”! deixem o Cisne Branco singrar em paz!

  7. Retirado da internet, com respeito a nossa democracia,somente do Rio de Janeiro:

    17 agosto 2013

    ESTATÍSTICA OFICIAL DE MORTES VIOLENTAS, DESAPARECIDOS E TENTATIVAS DE HOMICÍDIO
    Estatística oficial de mortes violentas, tentativas de homicídio e casos de desaparecimento no Estado do Rio de Janeiro entre 2007- (junho) 2013

    Fonte: Instituto de Segurança Pública

    Homicídio doloso: 33 055
    Lesão corporal seguida de morte: 262
    Latrocínio (roubo seguido de morte): 1 070
    Auto de resistência (mortos em confronto com a polícia): 5 412
    Policiais Militares mortos em serviço: 109
    Policiais Civis mortos em serviço: 32
    Total: 39 940

    O Rio de Paz tem insistido em dizer, a fim de que nos aproximemos o máximo possível do número real de mortes violentas, que é preciso que se saiba quantos dentre estes morreram nos mesmo período:

    Desaparecidos: 35 194
    Tentativa de homicídio: 27 974
    Rio de Paz
    Dando voz aos sem voz e visibilidade aos invisíveis

  8. … é…. pior que a guerra fria, pior que a 3ª Guerra, pior que o comunismo e a corrupção comunista, pior que o Congresso Nacional, pior que pedir soluções estúpidas, sem dúvida nenhuma, nada é pior que a união em torno da burrice!
    Os membros da Confraria do Elixir Paregórico, estão unidos num único bloco para prestigiar esta companheira eterna (ponto para Nelson Rodrigues). Ao se auto proclamarem “detentores do saber”, promovem feito praga, debates culturais para transformação do mundo do faz de conta…é o fim da picada. Fazer o que, se o norte desta “grandeza” incomparável de discussões e ideias libertadoras, é extraído da leitura dos grandes fascículos dos almanaques de pharmácia mais próxima…Próxima do inicio do século passado. É um desastre, misturar fumaça do tiro de garrucha com lacto-purga. Nada escapa, desta ideologia superior.
    Se já não bastasse, a infestação dos mais ferrenhos “patriotas” na Santa Igreja e ordenações, nas forças armadas, nas escolas e tudo mais, o pobre Brasil está nas mãos dos privilegiados guias dos povos. Isto é, nas mãos dos zés, garcias, lulas, leonardos, betos, mauros, delúbios, frankilins, ruis, marilenas, martas, dilmas, genuínos, fideis, evos,maduros …putz! Isto tudo é uma tropa, ou uma boiada? Isto é o exército da salvação?
    Nenhum chinfrim, desmente a burrice do senador da república. Confirma apenas que o pensar de alguns, é rígido como o aço das estátuas de Lenin, Marx, Stalin. Por sinal, erguidas para serem admiradas pelos homens e amadas pelos pombos. É contagiante o oba oba tropical da ideologia materialista, onde a felicidade é pagar meia entrada no circo, no cinema ou no ônibus.
    Capilé já introduziu os Coletivos chineses para fomentação da escravidão, é só passar lá para fazerem as carteirinhas de filiação e participarem dos debates culturais. O humanitário Lula e Padilha, assinaram a solução definitiva para a saúde pública, é só irem lá no postinho e marcar as consultas. Já, os interessados na iniciação na Confraria do Elixir Paregórico, é só necessário adotar a burrice como companheira.

  9. Pior também é a troca dos médicos efetivos em cidades de regiões do norte e nordeste por causa dos médicos do programa “Mais Médicos”…

    “Por economia, algumas prefeituras do Norte e Nordeste do
    País pensam em trocar os médicos locais por aqueles enviados pelo
    programa Mais Médicos, do governo federal, cuja intenção é levar
    profissionais – brasileiros e estrangeiros – para atendimento no
    interior e periferias do Brasil. De acordo com reportagem desta
    sexta-feira do jornal Folha de S.Paulo, 11 cidades, de quatro
    Estados, pretendem fazer a troca, já que a bolsa de R$ 10 mil do Mais
    Médicos é custeada pela União.

    Outra característica do programa federal que agrada é a
    fixação do novo
    médico no município por pelo menos três anos – muitos
    prefeitos
    reclamam da alta rotatividade dos médicos. Segundo a Folha,

    Coari, Lábrea e Anamã, no Amazonas; Sapeaçu, Jeremoabo, Nova Soure e
    Santa
    Bárbara, na Bahia; Barbalha, Cascavel, Canindé, no Ceará; e
    Camaragibe,
    em Pernambuco, já levantaram a hipótese de realizar a troca
    de
    médicos.​”

    No final quem se lasca de novo, é o POBRE.

    Mas uma dúvida que me restou é: vão demitir mais por economia ou pela rotatividade?

  10. Só uma retificação:

    “Município que trocar profissional será excluído do Mais Médicos, diz Ministério da Saúde
    DANIEL CARVALHO
    DO RECIFE
    Atualizado às 12h36.
    Os municípios que substituírem médicos pagos pelas prefeituras por profissionais pagos pelo Mais Médicos podem ser excluídos do programa, segundo o Ministério da Saúde.
    “Os municípios que insistirem nessa questão [de substituição] nós vamos visitar e, se observada essa prática, os médicos serão remanejados e esses municípios serão excluídos do programa”, afirmou o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales.
    A Folha mostrou nesta sexta-feira (30) que em ao menos quatro Estados há prefeituras que já estão substituindo ou pretendem substituir seus profissionais pelos contratados pelo governo federal.
    As cidades estão no Amazonas (Coari, Lábrea e Anamã), Bahia (Sapeaçu, Jeremoabo, Nova Soure e Santa Bárbara), Ceará (Barbalha, Cascavel, Canindé) e Pernambuco (Camaragibe).
    Segundo as prefeituras, essa substituição significa economia, já que a bolsa de R$ 10 mil do Mais Médicos é totalmente custeada pela União.
    “A substituição pura e simples de um profissional pelo outro, até a título de redução de despesas, como está na matéria da Folha de S. Paulo é inadmissível”, disse Sales ao acompanhar a visita de médicos cubanos a uma unidade de saúde no Recife.
    “Vamos ter uma atuação muito rigorosa. Está no edital, está no termo de compromisso que não é possível a substituição”, disse o representante do ministério.
    Durante uma audiência na Câmara, no dia 14, o ministro Alexandre Padilha afirmou que as prefeituras seriam monitoradas para evitar as substituições.
    “Esse programa é Mais Médicos, não troca de médico”, afirmou à época.”

  11. O Congresso deu um tapa na cara do STF. Cadê os protestos. Chega-se à conclusão que não passava de um oba oba, pois não havia uma reinvidicação específica e direcionada.

    O Brasil está cada vez mais surreal. Fogem às escondidas com senador de outro país, sem a presidente saber, o cara não perde o mandato, recupera as verbas de gabinete, mas não exerce as funções políticas e a presidente chama BH de Porto Alegre.

  12. “Roubar é da natureza do sistema”
    Esse W Asneyra é o campeão de bobeira. Bobeira mesmo.
    Roubar é sim da natureza humana.
    Enfim, até artigos de capa é publicado desse cara.
    Deve contribuir com muito.

  13. Verdade, Mauro!

    Meu marido comentou a mesma coisa comigo hoje, pela manhã. Ele sempre disse que não acreditava nas manisfestações. As pessoas não tinham um plano e pior, não são independentes. Os anonymou viraram um movimento do PSDB e os ninja, PT. Ou seja ninguem quer mudar nada do que está aí. Se quisessem teriam FECHADO o congresso.

  14. E voltando ao assunto dos médicos,como uma colega bem lembrou: não vai ser difícil as prefeituras destas cidades fazerem pressão para os médicos se demitirem e se cadastrarem no programa… Merda de mundo!

  15. Sim, Mônica, e acrescento: o estado brasileiro sempre esteve nas mãos de bandidos, piorou um pouco mais com o PT.
    Já , o povo me comove e por isso sempre me posicionarei ao seu lado, para melhores condições de vida, tomando como exemplo outros povos como os canadenses, sul-coreanos, japoneses, americanos, alemães e outros do tipo.
    Contudo tá difícil sua situação em um país em que até condenados exercem funções de senadores e deputados no congresso.
    É isso, o estado brasileiro.

  16. Outro dia, num texto de Hélio Fernandes, postaram nos comentários um link sobre o processo que corre na justiça contra Aécio Neves. Procurei esse poste não achei. Peço por gentileza que postem novamente. Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *