Cortinas de fumaça e CPIs em gestação, pedidas pelos éticos petistas, em manobras ardilosas, para esconder os próprios malfeitos.

Martim Berto Fuchs

A nível federal, está sendo pedida uma CPI sobre as privatizações no período FHC. Houve fraudes ? Houve sim e muitas. Pois pressionem o Judiciário, coalhado de petistas, com todas as provas que dizem dispor, e façam um bem para o Brasil. Terão meu apoio e de muitos que pensam o Brasil para os brasileiros e não para esses podres partidos políticos e suas segundas intenções cada vez mais claras.

A nível municipal, na capital de São Paulo, que é o terceiro maior PIB do Brasil, pasmem, uma das “vítimas “ da ditadura quer uma CPI sobre a Operação Bandeirante, decisiva para desarticular o sistema de guerrilhas no final da década de 60.

Objetivos mais do que claros:

1. São cortinas de fumaça para desviar a atenção sobre as roubalheiras atuais, Copa/Olimpíadas e os escândalos semanais, nem mais mensais, e o julgamento do mensalão.

2. A nível municipal, desviar a atenção do público quanto à figura do Fernando Haddad, candidato imposto pelo chefe do mensalão para as eleições do ano que vem em São Paulo capital.

Na estratégia petista está o entupimento de todos os blogs mais importantes do Brasil com a divulgação do astuto lançamento do livro “Privataria Tucana” agora em dezembro e que justificará o pedido de CPI, uma vez que a “sociedade estaria exigindo” o esclarecimento das privatizações.

Já existem provas suficientes? Pois encaminhem o processo à Justiça. Pedindo a instalação de uma CPI, essas sempre obstruídas pelo PT quando a situação é inversa, eles conseguem os holofotes, que é o único objetivo dessas CPIs em ano eleitoral. Sem contar que desviam a atenção do público para seus próprios e cada vez mais comuns malfeitos.

Essa estratégia de entupir os blogs com esse tema está clara aqui na nossa Tribuna. Se fazem de tontos, que absolutamente não são, e postam o mesmo assunto até a mesma postagem, em todos artigos, todos os dias. Não defendem os acusados dos seus podres partidos, mesmo porque não têm defesa. Em contrapartida, atacam os podres dos outros partidos. Tudo pelo “bem” do Brasil. Discutir novas regras para o país, nem pensar. O bom mesmo é roubar e conseguir passar incólume.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *