Coutinho deixou o BNDES tecnicamente falido, com uma dívida de R$ 518 bilhões

http://ig-wp-colunistas.s3.amazonaws.com/podereconomico/wp-content/uploads/2012/04/coutinho04.jpg

Num país sério, Coutinho sairia algemado do prédio do BNDES

Carlos Newton

O economista Luciano Coutinho pensa que ficará na história do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) como o presidente que mais tempo permaneceu no cargo, mas somente será lembrado por deixar a instituição financeira tecnicamente falida, acumulando uma dívida que já atinge a inimaginável marca dos R$ 518 bilhões, que hipoteticamente teria de devolver ao Tesouro Nacional. O passivo é impressionante, mas Coutinho imitou a equipe econômica dos governos petistas, criou uma maquiagem contábil, apresentou falso lucro e até distribuiu participação aos funcionários.

Outro legado da era Coutinho é a desmoralização da imagem do BNDES, que em sua gestão foi transformado num braço político do governo do PT, ao invés de permanecer como um instituição do Estado, conforme preconizava o economista Carlos Lessa, primeiro presidente do BNDES no governo Lula da Silva e responsável por uma gestão revolucionária, que colocou o país no rumo do desenvolvimento.

CAMPEÕES NACIONAIS

Foi também na administração de Luciano Coutinho que o BNDES implantou a estratégia de proteção aos “campeões nacionais”, liberando bilionários financiamentos a empresas escolhidas para competir no mercado internacional. Não deu certo e essa política teve de ser revogada ainda na gestão de Coutinho.

Outro equívoco foi transformar o banco em hospital de empresas mal geridas, entre as quais a Sadia e a Aracruz, com o BNDES não somente liberando financiamentos indevidos, mas também adquirindo participações acionárias, vejam a que ponto chegou a irresponsabilidade na gestão dos recursos públicos.

Foi nessa sucessão de erros que o antigo  banco de fomento virou um instrumento político do modelo econômico dos governos dos presidentes Lula da Silva e Dilma Rousseff, que se caracterizaram pela desmedida pela expansão de gastos e pelo aumento artificial e forçado do consumo de bens e serviços.

DINHEIRO DO TRABALHADOR

O mais inaceitável é que o BNDES passasse a fazer péssimo uso do patrimônio dos trabalhadores brasileiros, pois recebe e usa quase 80% dos recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Os financiamentos do banco com recursos do FAT deviam ser dirigidos a projetos de desenvolvimento que aumentassem o mercado de trabalho interno, mas na gestão de Coutinho o BNDES preferir abrir empregos no exterior, como instrumento da política de Lula como caixeiro-viajante das empreiteiras, especialmente a Odebrecht, que leva 70% do butim. Confiram a lista

Porto de Mariel – Cuba – US$ 682 milhões – Odebrecht;  Hidrelétrica Manduriacu – Equador – US$ 124.8 milhões – Odebrecht; 3 – Hidrelétrica San Francisco – Equador – US$ 243 milhões – Odebrecht; Hidrelétrica de Chagilla – Peru – US$ 320 milhões – Odebrecht; Metrô da Cidade do Panamá – Panamá – US$ 1 bilhão – Odebrecht; Autopísta Madden-Colón – Panamá- US$ 152,8 milhões – Odebrecht; Aqueduto de Chaco – Argentina – US$ 180 milhões – OAS; Ferrocarril Sarmiento – Argentina – US$ 1,5 bilhões – Odebrecht; Metrô de Caracas – Venezuela – US$ 732 milhões – Odebrecht; Ponte sobre Rio Orinoco – Venezuela – US$ 300 milhões – Odebrecht; Barragem Moamba – Moçambique – US$ 350 milhões – A. Gutierrez; Aeroporto de Nacala – Moçambique – US$ 125 milhões – Odebrecht; BRT de Maputo – Moçambique – US$ 180 milhões – Odebrecht; Hidrelétrica de Tumarin – Nicarágua – US$ 343 milhões – Q. Galvão; Projeto El Chorro – Bolívia – US$ 199 milhões – Queiroz Galvão.

MENTINDO NA CPI

Como presidente do BNDES, Luciano Coutinho esteve depondo diversas vezes em CPIs do Congresso Nacional. Em todas essas oportunidades, o economista mentiu com a maior desfaçatez. Sempre que era questionado sobre essas operações que abriam empregos no exterior, dizia que não podia responder, devido a um impedimento da Lei do Sigilo Bancário.

É inacreditável, mas nenhum parlamentar se deu a trabalho de conferir a Lei Complementar 105, de 10 de Janeiro de 2001, que determina exatamente o contrário:

Art. 4º – O Banco Central do Brasil e a Comissão de Valores Mobiliários, nas áreas de suas atribuições, e as instituições financeiras fornecerão ao Poder Legislativo Federal as informações e os documentos sigilosos que, fundamentadamente, se fizerem necessários ao exercício de suas respectivas competências constitucionais e legais.

1º – As comissões parlamentares de inquérito, no exercício de sua competência constitucional e legal de ampla investigação, obterão as informações e documentos sigilosos de que necessitarem, diretamente das instituições financeiras, ou por intermédio do Banco Central do Brasil ou da Comissão de Valores Mobiliários.

Como se vê, a alegação de sigilo bancário, feita repetidas vezes por Luciano Coutinho, é ardilosa, enganosa e mentirosa. Ele deveria encaminhar as informações, na forma da lei. Bastava que o plenário da CPI aprovasse o pedido de informações.

DILMA TAMBÉM MENTIU

A presidente Dilma Rousseff também mentiu, na campanha eleitoral de 2014, ao afirmar que a garantia da obra do Porto de Mariel, em Cuba, havia sido dada pela Odebrecht.

Na verdade, a garantia foi oferecida pelo Tesouro Nacional brasileiro. Quer dizer, se o governo de Cuba, que está tecnicamente falido, não pagar, o prejuízo ficará por conta da viúva, como se dizia antigamente.

Se estivéssemos num país minimamente sério, um criminoso como Luciano Coutinho já teria sido algemado diante das câmeras de TV. Da mesma forma, a presidente Dilma Rousseff há muito já teria sido afastada do poder, retirada da vida pública e encaminhada à privada, como dizia um genial brasileiro chamado Aparicio Torelly, nosso querido vizinho aqui no bairro das Laranjeiras.

75 thoughts on “Coutinho deixou o BNDES tecnicamente falido, com uma dívida de R$ 518 bilhões

  1. Governo Temer e Congresso irresponsáveis vão mostrando que também são perdulários e inconsequentes, pois, aprovaram o projeto bilionário de ajuste salarial dos servidores da União nas três esferas: executivo, legislativo e judiciário.

    Ao que parece, tudo voltado a enganar e/ou comprar a opinião dos eleitores para o processo eleitoral que já se aproxima neste ano.

    Somos um país de gente inconsequente!

    Quem mais vai pagar essa conta é quem não tem como se defender lá na ponta do tecido social que são os pobres.

    Brasil…

    • A mesma asquerosa manipulação de números que o PT sempre fez.
      Isso é em 4 anos , então eu projetaria R$ 2 trilhões em sonegação e R$ 120 bilhões do inútil Sistema S .
      Essa reposição e não aumento, não cobre nem o determinado pela Constituição.

      • Acho que o senhor não está entendendo.

        Nós temos que fazer um ajuste fiscal da ordem de quase 6% do PIB!

        Não há espaço para recomposição salarial de qualquer servidor público.

        Aliás, não haverá espaço por muito tempo

        Ou toda a sociedade é chamada a pagar essa conta agora com o sacrifício do achatamento salarial, ou, ao governo – para se financiar e pagar a dívida – não restará outra saída senão a retomada da emissão de moeda descontroladamente, com a consequente volta da hiperinflação e a destruição da nossa moeda por consequência.

        Acho melhor todos fazermos nosso sacrifício agora.

        • Quem faz uma PEC para mudar a previdência pode fazer uma para agilizar a cobrança dos sonegadores.
          Para o inútil Sistema S basta uma portaria alterando as alíquotas. Continuo como sou não bato palmas para sonegador dançar. A Constituição só cabe para o impeachment, ou é feita para ser respeitada???

          • Acho que pode haver sim tomada de ação para reprimir a sonegação, mas com custos adicionais para a máquina tornar-se mais efetiva.

            Lembrando que se fosse possível erradicar toda a nossa sonegação a carga tributária atual passaria dos atuais 35,42% do PIB para 42% do PIB.

            Uma carga tributária assim sufocaria toda a economia e a faria sucumbir.

            Não estou aqui defendendo a sonegação, mas, uma necessária reforma tributária para a otimização e uniformização da atual carga tributária, que já está além dos 33% do PIB. Que é o nível de otimização do sistema tributário de um país.

          • Quem está pagando mais tributo em nosso país?

            # Para o cidadão com rendimento mensal até R$3.000,00 por mês….39,62% dos rendimentos;

            # Para o cidadão que ganha entre R$3.000,00 e R$10.000,00 por mês….44,54% dos rendimentos;

            # Para o cidadão que ganha acima de R$10.000,00 por mês…..42,62% dos rendimentos.

            Fonte: IBPT.

            Todos estão pagando muito alto o Custo Brasil, sr. Tamberlini.

  2. Economia encolhe 0,3% no primeiro trimestre de 2016 – todos os setores econômicos recuaram.

    O índice de atividade econômica (PIB) medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) recuou 0,3% quando comparado ao último trimestre de 2015. A queda foi puxada pelos três setores econômicos: a agropecuária -0,3%, a indústria -1,2% e o setor de serviços -0,2%.

    A taxa de investimento foi de 16,9% no primeiro trimestre de 2016, abaixo do verificado em igual período do ano anterior (19,5%). Já a taxa de poupança foi de 14,3%, ante 16,2% no mesmo período de 2015.

    Ainda em relação ao mesmo período do ano anterior, sob a ótica da despesa, a despesa do consumo das famílias recuou 1,7%, a despesa do consumo do governo cresceu 1,1%, o investimento caiu 2,7%, a exportação de bens e serviços aumentou 6,5% e a importação de bens e serviços caiu 5,6%.

    Se comparado ao primeiro trimestre de 2015 o Produto Interno Bruto relativo ao primeiro trimestre de 2016 apresentou variação negativa de 5,4%, puxado pelos seguintes desempenhos negativos: recuo de 3,7% na agropecuária, de 7,3% na indústria e de 3,7% no setor de serviços.

    No acumulado dos quatro trimestres terminados no primeiro trimestre de 2016, isto é, no cômputo do PIB anualizado, registrou-se queda de 4,7% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. Neste caso resultado dos seguintes desempenhos: agropecuária (-1,0%), indústria (-6,9%) e serviços (-3,2%).

    O PIB no primeiro trimestre de 2016, em valores correntes, correspondeu a R$1,474 trilhão: R$1,26 trilhão correspondente ao valor adicionado a preços básicos mais R$214,0 bilhões aos impostos sobre produtos líquidos de subsídios.

    • Caro Wagner Pires,
      Concordo com todos os seus comentários.
      Meu DEUS!
      O país ARRASADO, não restando pedra sobre pedra e na noite desta quarta-feira e início da madrugada de quinta-feira, a que ponto chegamos, com o aval do governo interino de Michel Temer, a Câmara dos Deputados aprovou um pacote de medidas com reajustes para o funcionalismo público — 15 projetos de lei ao todo — que terão um impacto de R$ 58 bilhões aos cofres públicos até 2019.
      É uma pouca vergonha.
      Total desfaçatez.
      Confesso ao amigo é muita DECEPÇÃO para um país.

      • Para evitar um mal maior toda a sociedade, neste momento, incluindo o funcionalismo público, tem de ser levada ao sacrifício para a estabilização e retomada da economia. Para sairmos dessa cilada recessiva o mais rápido possível, com o menor tempo de transtorno possível para toda a população. Como foi feito na década de 90 para a sobrevivência do Plano Real.

        Isso, agora, não está sendo observado. Poderemos pagar muito mais caro logo mais adiante, caro sr. João Amaury Belem.

        Isso tudo é muito preocupante. É um pesadelo, caro amigo.

        Grande abraço!

  3. Ao visto o ” rei mercado ” não está gostando muito no estafeta dos bancos Temer.
    De sua posse para cá o Ibovespa caiu 9%.
    A fraude Temer só sancionou a simbólica Lei do Farol Baixo. A cada dia fica mais clara essa fraude.

    • O BNDES teve lucro de R$8,6 bilhões em 2014 e de R$6,2 bilhões em 2015. É uma instituição lucrativa, mas tem um passivo descomunal – correspondente a 96,7% de todo o ativo -, neste caso é importante saber se o banco vai continuar tendo prazo para cumprir suas obrigações. A mim me parece que se o Tesouro começar a exigir a devolução dos repasses o banco não suportaria. Mas, acho que isso deva ocorrer.

      O passivo do BNDES, em 2015, encerrou da seguinte maneira:

      # Recursos do Tesouro Nacional….R$523,7 bilhões
      # Recursos do FAT/PIS-PASEP….R$254,4 bilhões
      # Captações externas…..R$56,5 bilhões
      # Fundo da Marinha Mercante….R$22,2 bilhões
      # Debêntures…….R$3,6 bilhões
      # Outras Obrigações….R$39,2 bilhões
      —————————————————–
      Total do Passivo Exigível……..R$899,6 bilhões

      O ativo encerrou 2015 em R$930,6 bilhões.

          • Acabei de olhar os demonstrativos financeiros do BNDES.

            O banco de fomento tem R$105,0 bilhões em títulos e valores mobiliários (não é dinheiro, recurso financeiro líquido). São títulos.

            E apenas R$35,4 bilhões em caixa ou equivalente de caixa (dinheiro ou crédito líquido).

            Não sei quem mentiu.

          • Para converter esses títulos ou valores mobiliários em dinheiro o banco poderia vendê-los ao setor financeiro privado com um pequeno deságio. Com o fim de levantar recursos no curto prazo e repassá-los ao Tesouro.

            Mas, essa é outra conversa.

  4. Caro Newton, o tópico das verbas entregues, deveria ser publicada na Mídia, conforme tenho dito “S” do BNDS significa “sacanagem”.
    Mostra que o PT, ,traiu e trai o trabalhador honesto, que por falta de Escola, se deixa enganar pela HIPOCRISIA DO GOVERNO.
    De Gaulle tinha e tem razão, o BRASIL não é sério, por muito menos, outros Países, defenestram os ladrões da cidadania, enquanto aqui, os cretinos no poder, fazem leis para sua proteção:foro especial e prescrição do roubo.
    Que o Cidadão eleitor, vote com consciência e dignidade, e o judiciário, que se mire no JUIZ MORO E EQUIPES PF E MPF.
    Pós ditadura, só tivemos um Presidente PRESIDENTE, ITAMAR FRANCO, o resto é o resto.
    voto livre e consciente, é REDENÇÃO, VOTO OBRIGATÓRIO, É FORMAÇÃO DE CURRAL PARA AS QUADRILHAS, QUE ROUBAM A NAÇÃO.
    DIGO SEMPRE, QUER SER LADRÃO SEM PUNIÇÃO, SEJA POLITIQUEIRO, MINTA, E ASSUMA CARGO PÚBLICO, E AINDA VAI SER CHAMADO DE EXCELÊNCIA.
    POR UM BRASIL DECENTE E JUSTO.

  5. ISSO É INACEITÁVEL, A JUSTIÇA BRASILEIRA, TEM QUE AGIR E COLOCAR ESSA QUADRILHA NA CADEIA.
    COMEÇANDO DE (LULA E DILMA).

    É UMA VERGONHA, ISSO NÃO É DEMOCRACIA

  6. O inútil Sistema S ainda cobra e caro pelos cursos. Tirando a parte previdenciária o que ele arrecada daria para sustentar 12 Universidades Federais de grande porte com cursos gratuitos. Mas quem tem coragem de mexer com essa corja ?

  7. Se não havia os R$ 100 bilhões em caixa no BNDES , é uma confissão de que o governo Temer já pedalou, então impeachment nele, pois ainda acredito no princípio Constitucional da isonomia !

  8. Não foi à toa que o Temer contratou o economista de planilha Ilan, que faz planilhas que dependendo da curva, vai deletando ‘coisas inúteis, como educação saúde, aposentados etc… Nazismo puro !
    Conheço cada palmo daquele bunker da Paulista 1313, onde fica o papagaio de plantão do famigerado Comando Delta, que hoje é o Skaf.
    Não foi de graça, que a Globo trouxe a repórter preferida do Comando Delta, que estava como correspondente em Nova Iorque, de volta, para cobrir política, que nunca foi a sua área.

  9. Wagner,
    É muito preocupante , sim, essa irresponsabilidade , que chega a ser vergonhosa diante do total da queda da demanda doméstica de -7,6% , bem mais elevada que a do PIB , se compararmos este último trimestre com o 1o de 2015. Ou seja , enquanto em Brasília tudo é festa, na real o “ajuste” está doendo.
    Mas não é difícil de entender.Devem ter acordado felizes e devidamente “reajustados” os ministros do Supremo, os militares das Forças Armadas, os servidores do Ministério Público da União- ao Janot! – do Judiciário, da Câmara e do Senado , do magistério federal , das carreiras ligadas à área de Educação, como do FNDE e do Inep, do Banco Central, Ipea, IBGE, CVM e AGU. Alguns dos novos salários estão no link abaixo.
    Além da DRU ter sido aprovada na primeira votação de 4, é claro. Tem mais . Os interinos e o PT têm uma mesma “narrativa” para o fato : a de que o aumento já estava precificado no Orçamento.
    “O deputado José Guimarães (PT-CE), inclusive , afirmou que os aumentos foram negociados pelo governo Dilma.
    — Não terá impacto nenhum, os compromissos já estão na Lei de Diretrizes Orçamentárias e no Orçamento de 2016. Vamos fazer o que negociamos em 2015 — declarou.”
    Os golpistas e os exilados ainda vão disputar no tapa a paternidade do aumento
    http://oglobo.globo.com/brasil/camara-aprova-projeto-de-reajuste-salarial-para-executivo-legislativo-judiciario-pgr-19420662#ixzz4AQa10XnZ

    • Isso mesmo, caro Pimentel. O impacto do reajuste salarial do funcionalismo público federal já está devidamente computado na previsão do déficit primário de R$170,5 bilhões para 2016. Mas, e daí?!

      Dai que o peso do ajuste fiscal será reconhecidamente maior para o país. Sobretudo sobre a população pobre que não tem como se defender com aplicações financeiras.

      O consumo caiu vertiginosamente como o sr. mencionou. Foi um tombo maior que a própria queda do PIB. Reflexo do desemprego de do achatamento salarial que já está ocorrendo no setor privado. O rendimento médio real do trabalhador brasileiro caiu mais de 3,3% se compararmos o primeiro trimestre deste ano com o mesmo trimestre de 2015, segundo a PNAD contínua.

      É claro que não somos a favor de qualquer achatamento salarial, mas, neste momento o governo precisa, antes de mais nada, equilibrar suas contas, equilibrar-se financeiramente. O governo precisa voltar a ter equilíbrio orçamentário sob pena de tornar inviável a máquina pública pela expansão da dívida e ser obrigado a retomar a política de emissão descontrolada da moeda para se financiar. Se isso ocorrer a nossa moeda – o Real – já era. Voltaremos, então, à década de 80. A década perdida.

      Grande abraço!

  10. R$ 50 bilhões em 4 anos = R$ 12,5 bilhões ao ano, já o inútil Sistema S do Skaf… Prioridades não é verbo, é verba !

    Senador divulga irregularidades nas contas do ‘Sistema S’
    Mais de R$18 bilhões das contribuições do ‘Sistema S’ que deveriam beneficiar o trabalhador estão em contas particulares com o conhecimento do TCU.
    Menos de 50% dos R$ 36 bilhões das contribuições para o “Sistema S” (Senai, Senac, Sesi, Sebrae, entre outros) e que deveriam ser destinados aos cursos técnicos gratuitos e ao desenvolvimento e bem-estar social estão realmente sendo utilizados com esta finalidade, o restante está aplicado nas contas particulares das instituições privadas com o conhecimento do TCU (Tribunal de Contas da União).
    Esta afirmação foi feita pelo senador Ataídes Oliveira em entrevista ao Estadão. Segundo ele, estes dados foram fornecidos pelo próprio TCU (Tribunal de Contas da União) em resposta ao seu pedido de informação sobre as disponibilidades financeiras de entidades do sistema S.
    Também em resposta a pedido de informação formulado pelo senador, a Controladoria Geral da União (CGU) revelou que em 2014 as entidades do Sistema S tiveram receita de R$ 31,09 bilhões. Em 2013, o valor foi de R$ 27,12 bilhões e, em 2012, de R$ 22,82 bilhões.
    Neste ano, segundo o ele, está previsto que a receita das entidades somará R$ 36 bilhões e que no momento encontram-se aplicados em suas contas bancárias R$ 18 bilhões, que deveriam ser usados para beneficiar os trabalhadores.
    As entidades do sistema S não recebem por número de matrículas em seus cursos e nem por carga horária, recebem pelo número de trabalhadores em suas categorias. Desta forma, mesmo que não ofereçam um curso sequer, receberão o mesmo montante no decorrer do ano.
    Os valores arrecadados pelas entidades, vem da contribuição obrigatória sobre a folha de salário dos trabalhadores das empresas pertencentes a categoria, são recursos públicos. Entram no cálculo da carga tributária, mas são destinados pela Constituição Federal do Brasil, para financiar estas instituições de interesse de categorias profissionais.
    A respeito destas contribuições sociais, Ataídes Oliveira disse que a prestação dos gastos são totalmente irregulares, “A transparência é próxima de zero”, afirmou.
    Estas contribuições devem ser revertidas em sua totalidade ao trabalhador em forma de cursos gratuitos e atividades que visam o aperfeiçoamento profissional, além da melhoria do bem-estar social.
    Mas o que se vê é exatamente o contrário, a maior parte dos cursos são pagos. Embora gozem de excelente reputação, entre elas figura uma das instituições de ensino mais caras do Brasil. Parte dos cursos gratuitos do sistema S estão sendo ministrados a distância, o que obviamente os torna menos oneroso para a instituição.
    Baseado nas informações obtidas, o senador apresentou ao ministro Joaquim Levy e ao líder do governo na comissão mista de orçamento, deputado Paulo Pimenta (PT) a proposta para utilização de parte da receita do sistema S para cobrir o rombo no orçamento. Ambos, certamente contrariando a vontade de muitos, acolheram a sua ideia. Na segunda-feira, 14/09/2015, o governo anunciou uma medida válida até 2019, mas que ainda depende da aprovação do Congresso Nacional, que 30% das contribuições recolhidas para o sistema S, passarão a ser destinadas a previdência social.
    Fazendo-se os cálculos, ainda restarão muitos bilhões parados nas contas e que deverão ser utilizados em benefício do trabalhador.

    http://br.blastingnews.com/economia/2015/09/senador-divulgar-irregularidades-nas-contas-do-sistema-s-00555685.html

    • Tem que saber se os 30% das contribuições recolhidas para o sistema “S” serão destinados somente à Previdência Social ou a todo o sistema da Seguridade Social. Essa confusão toda vem desde a Constituição/88.

      Acho que para isso ocorrer deverá haver Emenda Constitucional para mudar a CF.

        • Esses recursos da máfia Skafiana, são desviados para inúmeras mordomias, como Sebrae, Sescop ( Que ninguém nunca ouviu falar ), Sesi, que aluga por R$ 25.000,00 o prédio da Paulista 1313, sem contar com os salários dos boquinhas conselheiros e presidentes, superior a R$ 60.000,00. Conheço isso a fundo, falta de vergonha total. Antigamente os cursos Sesi, Senai, Senac, etc. eram gratuitos , hoje são pagos regiamente e ninguém fala para onde vai o dinheiro.

          • Já lecionei cursos técnicos no SENAC, no SESI e no SENAT. O nível é bom.

            Creio que os cursos dos signatários são subsidiados. Já dos não-signatários, são cobrados.

            Como o sistema se sustenta em grande parte com recursos públicos – paraestatais – seria bom ter uma auditoria pública e a supervisão do Ministério Público.

  11. O ex. Sinistro Jucá, continua com tudo… Circo !

    Demitido, Romero Jucá ainda é todo-poderoso no governo
    Por Coluna do Estadão
    02/06/2016, 06h30

    Demitido do Ministério do Planejamento, o senador Romero Jucá ainda tem muito prestígio no Planalto. É sempre ouvido e sentou na primeira fila na posse dos comandos dos bancos.

  12. Não sou empregado do sistema financeiro para fabricar mitos !

    Países que interessam para comparação séria sobre nível de vida são Inglaterra, França, Alemanha e EUA, todos entre os oito países mais ricos do mundo, inclusive como nós, hoje o sétimo país de maior PIB no mundo.

    França – Carga tributária de 42%. Existe um servidor para cada 12,5 habitantes. Serviços Públicos disponíveis a seus cidadãos: hospital público gratuito de qualidade, educação pública gratuita de qualidade da creche à faculdade, babá/assistente disponível duas vezes por semana por até quatro horas para o cidadão que tiver filho pequeno. Uma amiga franco-brasileira, ao se mudar para o Brasil, pediu matrícula no Liceu Franco-Brasileiro (* ver p.s. de 07/06/2013) e não paga nada porque seu filho é francês. Os franceses ainda têm serviço de médico em casa para idosos e casos de urgência. Direitos trabalhistas e previdenciários: França tem Previdência Social pública para seus habitantes e além de todos os direitos que temos, o turno de trabalho é de 35 horas semanais, ou seja, seis a sete horas diárias nos dias úteis e mais a diferença no sábado. No Brasil é de 44 horas semanais, ou máximo de oito diárias nos dias úteis e mais 4 horas no sábado. Detalhes: Salário mínimo de 1.500 euros, creches públicas ao custo de um euro por dia, e professores e médicos públicos bem remunerados.

    Brasil – Carga tributária de 35%. Existe um servidor para cuidar de grupo de 32 habitantes em média, ou seja, quase três vezes menos servidores do que a França disponibiliza para seus habitantes. Escola Pública sem qualidade e Hospitais públicos sem qualidade de atendimento à população. Professores mal remunerados e médicos públicos mal remunerados e em número insuficiente para a população. Escolas de Ensino Primário e Médio públicas de qualidade são raros na rede geral do ensino público disponível, mas existem (Colégios de Aplicação, Colégios Militares e Colégio Pedro II, além de poucas outras estaduais e municipais). Isso nos obriga a pagar escola particular e plano de saúde que europeus não pagam. Há Previdência Pública ampla e boa na cobertura dos sinistros sociais, mas com atendimento em vias de melhora (atendimento público na França também não é o ponto forte, disponibilidade de serviço público sim). Universidades Municipais, Estaduais e Federais estão entre as melhores do País. Disponibilidade razoável à população, se comparada com europeus. Na França você pode passar para a Universidade de Paris e esperar até cinco anos para começar seu curso gratuito. Direitos trabalhistas: todos conhecidos, em especial para comparação, 44 horas semanais de trabalho máximo, licença maternidade de 4 meses extensíveis por mais dois meses, dependendo de a empresa empregadora participar de programa de governo para isenção de tributos em compensação pela concessão de mais dois meses de licença maternidade. A mãe tem direito a salário e a empresa paga encargos trabalhistas e previdenciários durante a licença maternidade. Não há praticamente serviço de creche pública, o que no RJ começa incipiente no governo Eduardo Paes. Salário Mínimo de 350 dólares. Ou seja, único serviço público com alguma qualidade é a oferta de vagas em Universidades Públicas, em alguns poucos Colégios Públicos de qualidade, e atendimento de emergência em alguns hospitais públicos. Hoje há também o sistema de fornecimento de medicamentos caros para os que não puderem pagar, mesmo que sejam de classe média alta (no caso de medicamentos e cirurgias supercaras).

    Alemanha – Carga tributária de 37%. Existe um servidor para cada 18 habitantes, ou seja, os alemães têm quase o dobro de servidores públicos por habitante para prestar serviços à população do que o Brasil disponibiliza a seus “ricos” habitantes. Salário mínimo de 1.500 euros. Serviços Públicos disponíveis: Educação pública gratuita de qualidade da creche à faculdade. Previdência Social Pública. Professores públicos, médicos públicos e policiais ganham bem (ao menos 4 mil euros, mais ou menos). Direitos: licença maternidade de 3 anos, sendo um ano com salário e encargos trabalhistas e previdenciários pagos e dois anos opcionais, sem pagamento de salário, mas com pagamento de encargos previdenciários e trabalhistas. Férias são de 30 a 35 dias úteis por ano trabalhado. No Brasil são 30 dias corridos por ano trabalhado.

    Inglaterra – Carga tributária de 34,3% (dado do ano de 2009, quando o Brasil tinha carga tributária de 33% – veja p.s. abaixo). Existe um servidor para cada 29 habitantes, ou seja, 10 % mais em média do que o Brasil (dado de 2010). Em relação a médicos, enquanto eles contam com 2,7 médicos por mil habitantes, o Brasil tem 1,8 médicos por mil habitantes e precisaríamos contratar mais 168 mil médicos hoje se quiséssemos nos igualar aos ingleses neste quesito (dado de 2013). O caixa que existe em Hospitais públicos ingleses é para dar dinheiro do meio de transporte que o cidadão deve pegar para voltar para casa, caso não tenha dinheiro disponível no momento (ver filme “Sicko SOS Saúde”). Educação Pública gratuita de qualidade em todos os níveis. Saúde Pública gratuita de qualidade a todos os habitantes, incluindo a família real. Previdência Pública. Licença maternidade de dois anos.

    EUA – carga tributária de 24% (Warren Buffet disse que isso é carga tributária média. ricos experimentam peso de 17% e classe média 40% de carga tributária). 22% dos trabalhadores nos EUA são funcionários públicos, ou seja, o dobro dos servidores disponíveis no Brasil, que apresenta percentual de 10,7% de servidores públicos em todo o contingente de trabalhadores formais. Educação Pública gratuita somente no Ensino Primário e Médio. 70% das faculdades americanas são públicas, mas nenhuma é gratuita, sendo o curso mais barato de oito mil dólares por ano. Pessoas pobres muitas vezes servem em guerras para poder ter o direito de cursar tais faculdades sem pagar; se voltarem vivas, lógico. Ou seja, o acesso à graduação superior é elitizado e anti-democrático, excludente do pobre. Hospitais Públicos Americanos são ótimos, mas nenhum é gratuito. Se você não tiver emprego e plano de saúde, pode não ser atendido em hospital público americano. Famílias já faliram por não poderem usar mais o plano de saúde e terem de vender casas e carros para poderem pagar a assistência médica pública. Veja isso no filme “Sicko SOS Saúde” de Michael Moore. Assista um americano só poder reimplantar um dos dedos perdidos da mão por falta de dinheiro para pagar o reimplante do segundo dedo, no filme mencionado. Previdência americana é privada. Reze para poder pagar uma ou envelheça abandonado. Qualquer empregado pode pagar a previdência, mas o desempregado não. Licença maternidade é de 03 (três) meses e, pasmem, sem direito a salário. Não sei se durante a licença a empresa paga encargos trabalhistas e previdenciários. Só sei que durante três meses a mãe não perde o emprego, mas não recebe salário.

    Fica aí o que eu sei para você comparar sobre o imposto que pagamos e o que alguns países com mais impostos dão a seus cidadãos. O problema é carga tributária ou serviço prestado por imposto pago?

    Saiba, ainda, que o seguro desemprego na Bélgica é de três anos. E que o estudante em nível superior tem o direito de fazer pesquisa ou trabalho voluntário em qualquer país que deseja por dois anos, período em que recebe algo em torno de mil euros por mês por tal período. Ou seja, a faculdade é pública e gratuita e ainda recebe para estudar no exterior em espécie de extensão/estágio/pesquisa. Saiba que na Holanda, se você provar que sua família não tem boa renda, você recebe ajuda financeira para cursar a faculdade pública gratuita. A bolsa de mestrado na Itália é de 11 mil euros e doutorado de 15 mil euros. Na Alemanha é de 15 mil euros para mestrado e 18 mil euros a 22 mil euros para doutorado. No Brasil é de R$1.500,00 para mestrado e R$3.000,00 para doutorado, depois que o Lula dobrou esses valores. E por fim, no Canadá também há escolas e hospitais gratuitos para a população que não gasta com plano de saúde e educação dos filhos. No Canadá todos os que têm filho recebem ajuda mensal de até mil dólares e, mesmo que não precise (como ocorreu com um casal brasileiro naturalizado canadense) e não queira usar este valor, com objetivo de poupar o dinheiro público para quem precise mais, se não o pegar/sacar ou usá-lo é considerado irresponsável com a criança e é intimado a pegar o valor ou perder a guarda da criança por inépcia. Além disso, o cirurgião público canadense é obrigado a fazer somente 120 cirugias por ano, para garantir sua plena capacidade de trabalho na hora da intervenção cirúrgica. Se fizer mais do que isso pode responder a processo adminstrativo por irresponsabilidade funcional e causar risco ao paciente.

    Então, está aí. Verifique se EUA é fantástico e se você paga muito imposto. Ou será que os EUA não são o modelo ideal e o problema do Brasil é pouco servidor e serviço público pelo imposto pago? Para nós do Blog Perspectiva Crítica, o modelo de sociedade é o europeu, com serviços públicos gratuitos semelhantes, com mais servidores públicos e mais bem remunerados. Muito mais importante do que o pedido midiático diuturno por menos imposto.

    Fontes: artigos do Globo, em especial um publicado em 08/06/2010 dando a comparação entre quantidade de servidores por habitante em vários países; filme “SICKO – SOS SAUDE”, de Michael Moore e conversas com amigos europeus, americanos, brasileiros que viveram e vivem nos EUA e que vivem e trabalham na Europa.

    p.s.: texto revisado. Saiba ainda que a França e Inglaterra têm PIB quase idêntico ao nosso. Alemanha tem PIB 50% superior ao nosso. EUA têm PIB quase 7 vezes superior ao nosso (menos carga tributária sobre esse pib gera muito mais imposto pago do que aqui e possibilidade de prestar mais serviço público que os EUA não presta gratuitamente por princípio contrário ao que existe na Europa). Nosso PIB de 2012 é de mais ou menos 2,3 trilhões de dólares.

    http://www.perspectivacritica.com.br/2013/06/brasil-x-mundo-servicos-publicos.html

    • COMPARAÇÃO DOS DIAS TRABALHADOS PARA PAGAR PAGAR TRIBUTOS COM OUTROS PAÍSES

      Utilizando-se a mesma metodologia, os cidadãos de outros países trabalham
      os seguintes dias para pagar tributos:

      – DINAMARCA – 176 dias
      – FRANÇA = 171 dias
      – SUÉCIA = 163 dias
      – ITÁLIA= 163 dias
      – FINLANDIA= 161 dias
      – ÁUSTRIA= 158 dias
      – NORUEGA= 157 dias
      – BRASIL= 153 dias
      – HUNGRIA= 142 dias
      – ARGENTINA= 141 dias
      – BÉLGICA= 140 dias
      – ALEMANHA= 139 dias
      – ESPANHA = 138 dias
      – ISLÂNDIA= 135 dias
      – REINO UNIDO= 132 dias
      – ESPANHA= 131 dias
      – CANADÁ= 130 dias
      – NOVA ZELÂNDIA = 129 dias
      – ISRAEL= 125 dias
      – JAPÃO= 124 dias
      – IRLANDA= 122 dias
      – SUIÇA= 122 dias
      – COREIA DO SUL 109 dias
      – EUA= 98 dias
      – URUGUAI= 96 dias
      – CHILE = 94 dias
      – MÉXICO = 91 dias

      IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação.

      • Sr. Tamberlini, não temos renda per capita que consiga dar-nos o mesmo padrão desses países.

        O Brasil é o oitavo país em PIB, mas é um país de gente pobre!

        Somos um povo pobre. Tem de pegar o PIB e dividir pelo tamanho da população para compreender a nossa diferença para esses países aí de primeiro mundo!

        Senão chega-se a conclusões extravagantes como essas do texto que o senhor colacionou.

          • O caso dos bancos é à parte. Primeiro o governo tem de triturar o oligopólio (cartel) dos bancos usando o CADE – Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

            Para depois instituir uma carga tributária justa para o sistema financeiro que hoje recolhe em torno de 16% sobre o faturamento. É quase a mesma coisa que o setor agrícola (que é beneficiado com desonerações) recolhe.

            Mas, antes de se destruir o cartel dos bancos que impera no Brasil, nada feito.

          • Hoje vai ser ‘analisada’ a fusão Bradesco HSBC, que já está feita nos bastidores, tanto que o RH do Bradesco já mudou até as regras do HSBC, como a de não usar bigode.

    • Virgílio, seu levantamento mostra muito bem que o problema não é a carga tributária, mas o que se tem (ou, no nosso caso, o que não se tem) de retorno por ela.
      Aqui o brasileiro tem que pagar “por fora” pela saúde, pela educação, pela segurança, além dos impostos que já paga.
      Além disso, no caso específico da educação, aqui no Brasil se gasta demais com o ensino superior e de menos com o fundamental e básico, com o resultado de que nosso nível educacional é muito baixo.
      E no caso da saúde, o descaso com o saneamento faz com que uma grande quantidade de doenças que poderiam ser evitadas tenham que ser medicadas,
      Nos países que você citou (exceto os Estados Unidos, cuja carga tributária total é bem menor) o cidadão não precisa pagar o “por fora” que nós pagamos e portanto sobra-lhe muito mais dinheiro para enfrentar o custo de vida e ter alguma poupança que redunda em maior potencial de investimento para o país.
      O dinheiro dos nossos impostos é muito mal gasto em comparação com estes países.

  13. O S do BNDES…. As MPEs geram 3 vezes mais empregos por unidade de capital investido.

    Economia e Emprego

    BNDES anuncia nova taxa de juros para financiar máquinas da indústria

    Investimento

    Taxas fixas são de 17,24% ao ano para pequenas empresas e de 15,74% para as demais. Banco abriu opção de cobrir parcela que exceder 50% ou 70% também com taxa fixa

    • As micro e pequenas empresas empregam 80% da classe trabalhadora do país.

      A lógica de empréstimos do BNDES tem de ser invertida, pois, até 2015 72,5% dos recursos de empréstimo do banco de fomento foram destinados às grandes empresas, dando sustentação à política distorcida de subsidiar as empresas campeãs nacionais.

      Essa lógica tem de ser invertida, a maior parte dos empréstimos do BNDES tem de ser direcionados à micro e pequenas empresas.

      Hoje, cada um milhão de reais emprestado pelo banco é gerado ou mantido 20,5 empregos na economia. Está caindo a proporção com a deterioração econômica, Em 2014 essa proporção era de 21,7 empregos gerados ou mantidos para cada um milhão emprestado pelo banco.

      A política de empréstimo tem de ser invertida e ser maciçamente direcionada às micro e pequenas empresas para gerar mais emprego, melhorando a proporção.

      Mas, essa política só será otimizada se antes de qualquer processo o governo fizer o necessário ajuste fiscal.

      Sem ajuste fiscal nada feito.

      • Exato, Wagner, o BNDES se esqueceu do “De” de “desenvolvimento” do seu nome e da sua finalidade.
        As grandes empresas têm condições de captar capital no mercado acionário ou nas instituições privadas, não foi para elas que o BNDES foi criado.

  14. É difícil entender como Luciano Coutinho vem conseguindo enganar tanta gente, e por tanto tempo.

    Será que a burrice já se tornou endêmica neste país, conforme ocorreu com tantas doenças tropicais???

  15. Histórico das Taxas de Juros do Cartão BNDES
    Mês Referência Ano Referência Valor Taxa (a.m.)
    Abril 2016 1,24% (vigente)
    Março 2016 1,32%
    Fevereiro 2016 1,38%
    Janeiro 2016 1,35%
    Dezembro 2015 1,32%
    Novembro 2015 1,34%
    Outubro 2015 1,24%
    Setembro 2015 1,14%
    Agosto 2015 1,11
    Julho 2015 1,11
    Junho 2015 1,11
    Maio 2015 1,03
    Abril 2015 1,04
    Março 2015 0,99
    Fevereiro 2015 0,99
    Janeiro 2015 0,98
    Dezembro 2014 0,99
    Novembro 2014 0,96
    Outubro 2014 0,92
    Setembro 2014 0,92
    Agosto 2014 0,92
    Julho 2014 0,93
    Junho 2014 0,97
    Maio 2014 0,99
    Abril 2014 0,99
    Março 2014 1,01
    Fevereiro 2014 0,98
    Janeiro 2014 0,97

  16. É uma ‘função social’ o Sesi financiar aquele amontoado de sindicatos de carimbo que tem na Paulista 1313,
    Numa mesma sala, com uma secretária, por exemplo, ficam os ” sindicatos ” da indústria de bengalas, de chapéus masculinos, de chapéus femininos, de roupas brancas masculinas, roupas brancas femininas, etc… Na eleição esses ” sindicatos ” tem o mesmo peso, por exemplo da Indústria de Material Eletro/eletrônico.

  17. Eu concordo com tudo o que o Colega Sr. WAGNER PIRES diz, só discordo do timing.
    A meu ver, primeiro temos que RAPIDAMENTE tirar nossa Economia da Recessão/DESEMPREGO, e só depois então, fazer o grosso do Ajuste Fiscal.

    Dentro desse princípio, foi correta a Aprovação pela Câmara dos Deputados, de Aumento Salarial/2017 para o Funcionalismo Público dos 3 Poderes. É uma Medida que sustenta a Demanda Agregada, mostra que o Governo Federal não está totalmente exaurido, e injeta ÂNIMO na Economia como um todo.

    Espero porém que o Senado corrija a distorção causada no Teto Salarial ( muito alto em relação ao Salário Mínimo ), aumentando sensivelmente a Alíquota de Imposto de Renda na Fonte, para as altas Rendas. É quase certo que ele fará isso.

    A meu ver, até agora o Governo TEMER/MEIRELLES tem feito tudo certo. Para sair do fundo da Recessão: Congelar (expurgada a Inflação) por 3 anos, 2017/2018/2019 a Despesa Federal, aumentar o Deficit Público/2016 e a medida que for crescendo a Economia ir reduzindo o Deficit Primário até ZERO, lá por 2018, e a partir de então começar a criar Superavit Primário a partir de 2019, de forma sustentada e crescente. A Dívida Pública/PIB continuaria a crescer até 2021 quando deverá atingir +- 90% do PIB, começando a decrescer sustentadamente a partir de então até chegar a +- 40%, média de País Emergente.

    Não se pode fazer tudo instantaneamente, se não, a Sociedade não aguenta.

  18. SIGILO ou TRANSPARENCIA “AONDA” e a palavra chave aonde é DINHEIROPÚBLICO RIQUEZASRECURSOSNATURAIS etc tudo no BRASIL deveria deve ser 1000%TRANSPARENCIA 1000%DEMOCRACIA PARTICIPATIVA DIRE TA RETA 1000% VIGILANCIA 1000%BIOMETRIADIGITAL ONLINE INTERNET 1000%EMPREENDEDORISMOS etc aqui no BRASIL eouno EXTERIOR mas em tudo com total DESBUROCRATIZAÇÃO SIMPLIFICAÇÃO de tudo isto é eliminar definitivamente mas com todos os tipos de BURROCRACIAS BURROCRÁTICOS CARIMBAÇOS DEDAÇOS CANETAÇOS etc e fazer todo o POVOBRASILEIRO á acreditar que nada e ninguém está acima de nada e de ninguém-deveriam acabarem com todos os tipos de MISTICISMOS etc
    =
    através da MÍDIAemGERAL desde 1500dc e mesmo em pleno século xxi sempre impuseram ao POVOBRASILEIRO várias coisas medievais RETRÓGRADAS que só ATRASAM TUDO INTERNAMENTE no BRASIL como quan do os POLÍTICOS tirarem o PODER REAL dos MONARCAS LUSOBRASILEIROS e dos MILITARES mas ao invés dos POLÍTICOS imediatamente passarem o PODER REAL mas á todos CIDADÕES ELEITORES VOTOS BRASILEIROS , NÃO, eles POLÍTICOS acabaram se colocando nos LUGARES dos ANTIGOS MONARCAS e dos MILITARES
    =
    e impuseram ao POVOBRASILEIRO coisas medievais como FOROPRIVILEGIADO IMUNIDADE IMPUNIDADE PRESIDENCIAL PARLAMENTAR RELIGIOSO MILITAR POPULISMO SALVADORDAPÁTRIA e então para o POVO fica rem totalmente CEGO fizeram todo o POVO o ELEITOR á brigarem ora por um e ou por outro POLITICO PARTIDOPOLITICO SISTEMAPOLITICO e ou por ALGUÉM ou ALGO IMACULADO INATINGÍVEL SANTO SEMIDEUS ACI MA DO BEM E DO MAL ACIMA DA LEI DA JUSTIÇA E DE DEUS etc ALGO SIGILOSO OCULTO ESOTÉRICO SEGREDO da JUSTIÇA do ESTADO
    =
    e o pior de tudo é que nada de nada mesmo é culpa dos próprios políticos tudo é tudo culpa mas do próprio povobrasilei ro etc por em pleno 03ºmilenio ainda acrediar em milhões de misticismos 171 mentiras ilusõ es falácias mágicas santos imaculados etc etc mas tudo isto sempre foi e é ainda tudo culpa mas do próprio povo brasileiro de nunca exigirem reinvindicarem mesmo que votando elegendo quase todos os anos aonde tem direto indiretamente nem que seja úm único centavinho público dos IMPOSTOMETROSRIQUEZASRECURSOSNATURAIS etc TRANSPARENCIA DEMOCRACIA DIRETA RETA PARTICIPATIVA VIGILANCIA BIOME TRIA DIGITAL ONLINE INTERNET etc
    =
    isto é, os políticos nunca jamais foram são cul pados de nada os culpados sempre foram são os próprios cidadões eleitores votos brasileiros, os quais só votam elegem e depois vão para a sua vida rotineira CRUZAR os BRAÇOS etc e deixar tudo que é PÚBLICO só nas mãos dos POLÍTICOS,GESTORES PÚBLICOS, ADMINISTRADORES PÚBLICOS etc tudo 1000% ao contrário da forma como sem pre agiu age mas todos os cidadões eleitores votos dos países primeirissimosmundos os quais mesmo sempre tendo ELEIÇÕES DIRETAS INDIRETAS COLÉGIO ELEITORAL etc
    =
    obs que só nos países primeirissimosmundos APROVAR CASSAR DAR IMPEACHMENT dos tais MANDATOS de todos os GESTORES PÚBLICOS ADMINISTRADORES PÚBLICOS LEGISLADORES PÚBLICOS SERVIDORES PÚ BLICOS etc sempre foi e é dado todos os=ANOS=mas DIRETAMENTE pelo seu INTERNO POVO=NATIVO=ELEITORES VOTOS CIDADÕES etc mesmo sempre tendo quase todos os anos ELEIÇÕES DIRETAS INDIRETAS CO LÉGIO ELEITORAL DEMOCRACIA MONARQUIA ABSOLUTAouCONSTITUICIONAL ALTISSIMOSouBAIXISSIMAS CARGAS TRIBUTÁRIAS TRIBUTOS etc
    =
    tudo ali sempre foi e é feito mas sómente só com a participação direta reta mas de todos cidadões eleitores votos sem exceção nenhuma á ní vel municipal estadual federal distrital sempre só átravés da TRANSPA RENCIA DEMOCRACIA PARTICIPATIVA DIRETA RETA VIGILANCIA EMPREENDEDORISMO BIOMETRIA DIGITAL ONLINE INTERNET etc isto é todo o PODER INTEGRAL REAL sempre foi e é dado ao seu INTERNO POVO=NA TIVO=ELEITORES VOTOS CIDADÕES etc da AUSTRÁLIA CANADÁ EUA NORUEGA DINAMARCA INGLATERRA JAPÃO CORÉIADO SUL ALEMANHA etc
    =
    agora nos países QUINTOSTERCEIROSMUNDOS BRASIL AMÉRICALATINA ÁFRICA CORÉIADONORTE etc nunca jamais deram dão o PODER INTEGRAL REAL aos seus internos povo=nativos=eleitores votos cidadões etc só lhes são permitidos mas só terem acessos mas á só ELEIÇÕES DIRETAS quase todos os anos só isto e nada em termos de PARTICIPAÇÃO DIRETA TRANSPARENCIA etc etc pois nos países QUINTOSTERCEIROSMUN DOS BRASIL AMÉRICALATINA ÁFRICA CORÉIADONORTE etc sempre condicionaram tudoetodos á brigar mas sómente só por POLÍTICOS PARTIDOSPOLÍTICOS SISTEMASPOLÍTICOS…a…b…c….porém VERDADEIRA PU RA DEMOCRACIA é álem de VOTAREM ELEGEREM quase todos os anos é ao mesmo tempo exigirem reinvindicarem participação TRANSPARENCIA etc etc
    =
    =não=no BRASIL o cidadão o eleitor só VOTA ELEGE porém depois deixa tudo que se refere á APROVAÇÃO CASSAÇÃO IMPEACHMENT etc mas só nas mãos dos próprios POLÍTICOS etc aonde para serem aprovados cassados impechment ou não tudo depende do PODER ECONOMICO do TROCA TROCA de FAVORES de INTERESSES entre só eles mesmos POLÍTICOS etc obs que no BRASIL deram IMPEACHMMENT á DILMA ROUS SEF mas lá no fundo dizem que tudo e todos queriam anular a tal OPERAÇÃO LAVAJATO ZELOTES BNDES etc aqui no BRASIL eou no EXTERIOR etc
    =
    pois esta APROVAÇÃO ou não ao tal MANDATO da PRESIDENTA DILMA ROUSSEF deveria deve ser dado mas por todos os cidadões eleitores brasileiros etc e não ficar apenas na mãos dos POLÍTICOS etc obs que no BRASIL deram IMPEACHMMENT ao EX PRESIDENTE COLLOR mas não deram ao EX PRESIDENTE JOSE SARNEY etc o COLLOR nao queria nada em termos de TROCA TROCA de FAVORES etc o SARNEY já permitia que os POLÍTICOS fizessem tudo que quisessem obs que no BRASIL os JUÍZES da sua MÁXIMA CORTE o STF etc são tudo e todos NOMEADOS por PRESIDENTE isto é pelos próprios POLÍTICOS etc coisas AMEBAS MEDIEVA IS RETRÓGRADOS ATRASADISSISSIMOS etc
    =
    pois na verdade tudoetodos no PLANETA-TERRA temos ou não o mesmo=DNA=¿¿¿todos sem exceção somos ou não FILHOS DIRETOS mas de DEUS VIVO PAI TODO PODEROSO¿¿¿temos ou não a mesma=CAPACIDADE =¿¿¿isto é sem exceção nenhuma todos cidadões dos países quintos terceiros mundos como os dos países primeirississi mosmundos???pois qual a diferença crucial principal por exemplo entre os cidadões=SULCO REANOS=X=NORTECOREANOS= etc=eentreos= BRASILEIROS=X=AUSTRALIANOS=CANADENSES=EUA=etc=em termos de terem o devido DIREITO em terem melhor do melhor QUALIDADEVIDA PADRÃOVIDA PODER A QUISITIVO em todos os sentidos direções¿¿¿POR QUÊ¿¿¿algumas nações tiveram tem tudo do melhor do melhor e os outros só tiveram e tem ainda o pior do pior mas em todos os sentidos direções¿¿¿PORQUÊ¿¿¿
    =
    pois na verdade tudo e todos sem exceção desde a presidencia primeiro ministo LÍDERES RELIGIOSOS DONOS DE RELIGIÕES SEITAS e o mais RICO do PLANETA TERRA etc mas até o mindingo morador de rua todos realmente são iguais perante DEUS VIVO PAI TODO PODEROSO e aqui na TERRA deveriam serem também perante a JUSTIÇA a LEI a ORDEM o PROGRESSO a P0LÍCIA a RECEITA FEDERAL etc aqui mostra que a ÚNI CA VERDADEIRA REAL SOLUÇÃO está em o prórpio POVO=NATIVO=COLETIVAMENTE se unirem e exigirem reinvindicarem incessamente á nível municipal estadual federal distrital que tudo ali sem nenhuma exce ção tudo seja 1000%TRANSPARENCIA 1000%DEMOCRACIA PARTICIPATIVA DIRETA RETA 1000%VIGILANCIA 1000%BIOMETRIA DIGITAL ONLINE INTERNET 1000%EMPREENDEDORISMO etc

  19. Sempre que aparece uma oportunidade volto a minha pergunta sem resposta:
    Com as exigências do Baco Central em sacar e transportar moeda viva como pode ter estes transporte de vultuosos valores em moeda corrente?
    Pergunto, como ninguém fala nada sobre a casa da moeda! Lá com certeza está a fonte de grande parte destes transportes e roubalheira!
    Quem controla a produção e saída da impressão da moeda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *