CPI do HSBC começa hoje a convocar os envolvidos

Karine Melo
Agência Brasil

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do HSBC no Senado reúne-se esta quinta-feira para discutir seu plano de trabalho e aprovar a pauta dos primeiros depoentes. Os senadores Paulo Rocha (PT-PA) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) foram eleitos, respectivamente, presidente e vice-presidente da CPI, na primeira reunião, terça-feira. O relator da comissão é o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES).

Com 11 membros e prazo de 180 dias para concluir os trabalhos, a comissão tem o objetivo de investigar quantos correntistas brasileiros do banco, entre os mais de 8 mil, cometeram crime de evasão fiscal.

“Mais do que ser uma caça às bruxas, ela [a CPI] deve, primeiramente, identificar qual são as falhas do sistema tributário brasileiro, que possibilita uma provável evasão fiscal desse tamanho”, disse Randolfe.

O senador, que também é autor do pedido de criação da CPI, adiantou que vai protocolar vários requerimentos para ouvir autoridades da Receita Federal e do Ministério Público, além de jornalistas.

SONEGAÇÃO E CRIMES

Para o relator, Ricardo Ferraço, além da sonegação de impostos, são várias as possibilidades de crimes associados aos depósitos milionários de brasileiros em contas numeradas na Suíça, que somam aproximadamente US$ 7 bilhões, segundo as primeiras estimativas do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos.

“A lavagem de dinheiro pode estar ligada a episódios de corrupção, como os apurados na Operação Lavo Jato, da Polícia Federal, envolvendo contratos com a Petrobras. Essa é uma das hipóteses. Isso já mostra a importância do trabalho desta comissão parlamentar de inquérito, em parceria necessária, evidentemente, com a Receita Federal, o Ministério da Fazenda, oMinistério Público Federal, a Polícia Federal, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras e, eventualmente, até com alguns organismos internacionais, que poderão nos ajudar na elucidação desses fatos”, destacou Ferraço.

EQUILÍBRIO

O presidente da CPI, Paulo Rocha, disse que vai presidir a comissão com equilíbrio e responsabilidade. O senador foi um dos investigados pela Ação Penal 470, o processo do mensalão, quando era deputado federal. Acusado de lavagem de dinheiro, ele foi absolvido pelo Supremo Tribunal Federal. Por isso, Rocha disse que terá muito cuidado na condução dos trabalhos.

“É um processo para a classe política muito tentador, mas tem consequências graves para as pessoas envolvidas. Digo isso porque, desde 2005, vivi e senti isso na pele. Passei por um processo de investigação e de julgamento muito forte, que teve consequência na minha carreira política e na minha vida pessoal, dada essa coisa do julgamento espetacular, sem direito de ampla defesa de cada um”, disse o presidente da CPI.

 

25 thoughts on “CPI do HSBC começa hoje a convocar os envolvidos

  1. Não é só o ratinho, não. Tem o ex presidente do banco central( como podem selecionar para ser presidente do banco central um profissional como armínio, que trabalha para o capital ?). Se armínio fosse do PT, ao invés do ratinho, armínio era quem estaria estapado na manchete para mostrar para todo mundo que um importante membro do PT tem conta suspeita na Suiça.

    • Se o Renato Lima e o Armando tivessem ido para a escolar estudar saberiam que ter conta na Suiça pode legal. Só os idiotas seguidores do analfabeto Lulla, ficam escrevendo as besteiras que eles postam aqui na Tribuna. Se as contas fazem parte da declaração do IR então, nenhum problema e, se não estão, então é caixa 2, 3, 4, 5……. Mas até lá, quando os fatos forem revelados os Lullanalfabetos ficam postando mentiras como se fosse verdade.

    • KKKKK _ Precisam ver a cara do Zé Cuecão quando a Graça Foster falou que a Lava Jato está fazendo muito bem para a saúde da Petrobras! Que ela apoia totalmente a Operação ! kkkk O Proust de Quixeramobim parece que engoliu um quilo de josta ! kkk

  2. Ratinho,Jo Soares, MaiteProença, Marilia Pera,ClaudiaRaia, EdsonCelulari,
    A mesma resposta de sempre,
    As contas são legais, foram abertas de acordo com as leis, tudo declarado e pago osimpostos
    Entonces porque s]ão abertas na Suiça,???
    Esse caixa 2 vailonge

  3. É armando, agora vamos ver se a cara do jô fica vermelha , porque ele, noprograa que tem na TV, adora debochar dos políticos corruptos e dos empregados da Petrobras que foram pegos na lava jato. Artistas pegam dinheiro público ,através de insentivo a cultura ,a lei rouanet, e se apoderam do dinheiro, como se o dinheiro público fosse para ser usado conforme queira, e o processo para saca-lo apenas uma forma de legalizá-lo. Que mentalidade atrasada e hipócrita. E são essas pessoas que aparecem na TV dando referência de conduta ao povo, mas vivem como milionários, fraudando, se apoderando de dinheiro público para ter vida cheia de luxo. Um lixo de gente, nada a oferecer como pessoa a não ser a futilidade de um vida luxuosa, enquanto o irmão padece com salário baixo mesmo produzindo recursos para o país, enquanto ele nada produz, e é rico fraudando.

    • Ele seguiu o seu peso, e abriu quatro contas gordas…..eh!eh!eh!eh
      A pergunta que semrpefalo, ja que todos dizem que as contas são legais e todo declarado, porque cargas dáguas não abrem as contas nos estados Unidos., ou lá não há bancos.???

  4. Aí , Deu no 247:

    Entre os nomes de políticos citados nas contas secretas do HSBC na Suíça consta o do empresário Márcio Fortes, primeiro vice-presidente do PSDB-RJ; ex-tesoureiro de FHC e José Serra, ele nunca declarou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) a existência de suas três contas internacionais; em 2000, ele foi a pessoa física que mais doou ao partido; durante a campanha de Serra à Presidência, em 2002, Fortes usou notas frias e o PSDB chegou a ser multado em R$ 7 milhões; o político tucano também foi capa da revista Exame, como o presidente do BNDES que incentivava as privatizações; além dele, também foram citados no caso o ex-prefeito de Niterói Jorge Roberto Silveira (PDT-RJ), o bilionário Lirio Parisotto, suplente de senador pelo PMDB-AM, duas irmãs do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) e os filhos do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB-MG).

    Cadê FHC, aecim e agripino, para darem explicações , e a a folha, o globo que querem o impeachmente da Dilma por causa de dinheiro de campanha ?

    Cadê o jurista ?

    Senador Randolfe, nós, eleitores da Dilma, precisamos saber de tudo, quem tem conta no HSBC da Suiça. Nós queremos passar o Brasil a limpo. Cadê folha para estampar na primeira página a cara do zé pilantrópico e do FHC carnossauro ?

  5. Tõ falando faz tempo, os proprios jornalistas chapa-amiga dos franceses-tucanos -suiços não vão aguentar mais segurar a blindagem e a proteção ,não aguentam mais passar vergonha s e pagar o maiormico de ficarem calados,sob orisco de jogar no lix o que os Mestres lhes ensinaram nas sala das Universidades de Jornalismo…..
    Esse jonralista da Folha doSerraé um daqueles que quando ve o Cappo deParis faz xixi nas calças de tanta emoção…..
    Mas…..
    Segundo ele, as contas do FHSBC forneciam vários milhões para o Partidinho da Etica edosBonsCostumes, eles que são os Guardiões doDinheiro Público….

    http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/

    obs, estou com prolbemasdo teclado…..eh1eh!eh

  6. Se tivesse algum vestígio do Lula no swissleaks, na charge, na caricatura da matéria do caso HSBC, aí em cima, quem estaria era no lugar do ratinho seria o lula, com a cara de rato e sem um dedo.
    Vamos esperar. O senador Randolfe, vice presidente da CPI, esclarecerá a opiniãio pública. O PSDB é o partido composto por pessoas de péssima qualidade, são capazes de ofender de forma chocante uma mulher, capazes de levar o país ao caos, capazes de empobrecer e destruir a imagem da Petropbras, ao mesmo tempo que cometem os mesmos crimes que denunciam, usando como apoio uma mídia sem qualificação ética.

    • Tá todo pomposo hoje? Fala da amante do Lulla levando dinheiro roubado no Brasil no avião presidencial! Isto é fato o resto são ainda suposições. Mas, o roubo na Petrobás é fato e o Mensalão também é fato.

  7. Não defendo corrupto, detesto corrupção, mas covardia, não ! O que fazem com a Dilma é covardia e isso não dá para aguentar. Que mal a Dilma fez ao Brasil ? Nenhum, fez mal ao PSDB paulista porque venceu duas eleições seguidas, apesar de não ser política e ser chamanda de poste do Lula. Uma eleição venceu Zé Serra e na outra, aecim. Dilma venceu estes dois incompetentes , porque estes adversários são figuras impopulares, representantes de um partido mentiroso, depreciador do povo, empobrecedor , cínico e hipócrita. E o povo com o cérebro mais bem alimetado de fosfato não caiu na conversa da mídia apoiadora dessa gente sem caráter, sem brasileidade nenhuma. FORA FHC ! Teu reinado de intelectual fajuto já acabou faz tempo.

  8. Sei não, mas tenho a impressão que esse negócio de CPI do HSBC é pura bobagem, mais uma pizza, já que mais de oito mil correntistas brasileiros estão nessa lista. Vão querer me enganar que todos serão investigados por essa meia dúzia de sacripantas presidida por um sujeito que já teve que renunciar para não ser cassado? Vão querer me enganar que vai sair alguém punido?

    Isso é serviço da Receita Federal.

  9. Mais uma vez os MAVs da Rede Goebbels de Difamação Petista estão querendo jogar lama em todos para esconderem o próprio chiqueiro. O Cantalice quer triplicar os blogs esgoto, financiados por estatais e também o número de MAVs.

  10. Olhem quem é o dono do 247…kkkkkk…
    “No dia 7 de junho de 2011 o Superior Tribunal de Justiça decidiu anular toda a Operação Satiagraha, que resultou na condenação
    por corrupção da quadrilha do banqueiro Daniel Dantas, dono o grupo Opportunity, a 10 anos de prisão. O STJ concluiu que foi
    ilegal a participação de integrantes da Agência Nacional de Inteligência – Abin, nas investigações. Um alívio para Daniel Dantas e
    para o jornalista Leonardo Attuch.
    Attuch, repórter da Revista Isto É Dinheiro, da Editora Três, foi flagrado trabalhando em benefício da quadrilha de Dantas e Naji
    Nahas que saqueava os cofres públicos. O “jornalista” usava a Revista para publicar matérias encomendadas pelo banqueiro,
    muitas delas redigidas por outras mãos e assumidas por Attuch. O “repórter” era pago pelo Caixa 2 comandado por Humberto
    Braz, homem da Construtora Andrade Gutierrez, a serviço do apelidado por FHC, “gênio do mal” Roberto Figueiredo do Amaral.
    Roberto Amaral indicou Braz para ser o homem de confiança do banqueiro Daniel Dantas. Braz passou a atuar nos “negócios” da
    Brasil Telecom, chegou a presidência da empresa e foi o grande consultor do Grupo Opportunity até ser flagrado pela Polícia
    Federal tentando corromper com R$ 1 milhão o delegado que comandava a Operação Satiagraha , Protógenes Queiroz, que
    costumava chamar Humberto de “o homem da mala”.
    Leonardo Attuch foi flagrado na Operação Satiagraha como assessor de comunicação da organização criminosa. Certa vez, Carlos
    Rodemburg foi chamado na Editora Três, Revista Isto É Dinheiro, pelo presidente Domingos Alzugaray, para mostrar uma matéria
    feita por Leonardo Attuch denunciando o banqueiro Daniel Dantas usando o nome de laranjas no contrato do Opportunity com o
    Citybank. A matéria foi produzida a partir de um dossiê da Telecom Itália, que estava em litígio com a Brasil Telecom.
    Attuch foi chamado pela direção da Editora Três para apresentar a matéria que tinha produzido. A matéria não foi veiculada. Mas
    Attuch se cacifou perante Daniel Dantas, tornando-se seu homem de confiança na Imprensa.
    A partir daí foram várias as matérias publicadas na Isto É Dinheiro, “confeccionadas” por Attuch. Daniel Dantas fez uma compra de
    R$ 15 milhões em livros da Editora Três. E Attuch ficava visivelmente satisfeito com os negócios entre a BR Telecom e a Editora
    Três.
    Humberto Braz, “o mala”, era responsável mensalmente pela felicidade de Attuch. A imprensa , na época da Operação Sathiagaha,
    denunciou Attuch de receber propinas e presentes de Daniel Dantas, como por exemplo uma confortável casa no bairro classe A,
    de São Paulo, o Alphaville.
    A quadrilha de Daniel Dantas até hoje sustenta o “jornalista”. Montaram um site http://www.brasil247.com, onde Attuch atua sem se
    identificar, a serviço não só da quadrilha de Dantas, como também cuidando dos interesses de empresários como José Batista
    Junior, da Friboi, que se filiou ao PSB em Goiás para disputar o governo com Marconi Perillo (PSDB), e empresas como a Odebrech,
    apadrinhada pelo deputado cassado e personagem central no Mensalão do PT José Dirceu e o Banco BVA.
    O site de Attuch ataca os políticos de Goiás preparando o terreno para as eleições de 2014, quando o dono do Frigorífico Friboi
    sairá candidato ao Governo do Estado. Attuch também abocanha verba na Secretaria de Comunicação do governador do Distrito
    Federal, o petista Agnelo Queiroz. Parte desses contratos Attuch não pode receber pelo site, porque são propinas pagas através de
    Caixa 2.
    O Quidnovi publica com exclusividade documentos em segredo de justiça do Relatório de Inteligência Policial da Operação Chacal
    e áudio mostrando a intimidade de Leonardo Attuch com a quadrilha de Dantas numa conversa íntima com Naji Nahas,

  11. O vereador Marcelo Arar PT/RJ tá na lista !
    “Políticos de cinco partidos aparecem na lista dos 8.667 brasileiros que tinham contas numeradas (sigilosas) no HSBC da Suíça entre 2006 e 2007, segundo informações publicadas pelo jornal O Globo nesta quinta-feira (26).

    De acordo com a publicação, constam na lista os nomes do primeiro vice-presidente do PSDB-RJ, Márcio Fortes, o ex-prefeito de Niterói (RJ) Jorge Roberto Silveira (PDT-RJ), seu secretário de Obras à época, José Roberto Mocarzel, o vereador Marcelo Arar (PT-RJ), Lirio Parisotto, suplente de senador pelo PMDB-AM, e Daniel Tourinho, presidente nacional do PTC.

  12. Como dizem a mídia, o aecim,o FHC, o serra, o PSSB, e um monte que aqui opina, O PT é partido ladrões, então ter conta na Suiça é normal, mas gente do PSDB não pode ter conta na Suiça porque na eleição o PSDB disse que combateria a corrupção. Ora, quem diz que vai combater a corrupção, tem que ser honesto e ético, não pode ter dinheiro na Suiça porque põe em dúvida as verdadeiras intenções do candidato derrotado, aecim .

    Na verdade todo mundo sabe que FHC é um lorpa , um hipócrata que pressentindo a derrocada saiu do ar. Está escondido para não ter que dar explicações. Covarde.

    Mas aparecia na TV com cinismo, tripudiando do PT, debochando do lula, certo que fosse ganhar a eleição . SIFU. Toma hipócrita, perdeu a elição agora vai ter que explicar a origem do dinheiro que bancou a eleição de aecim. armínio é um que “investiu” no aecim para depois que aecim fosse leito , virar ministro da fazenda para facilitar os lucros dos investidores internacionais.

    Só em pensar em indicar um homem como armínio no mistério da fazenfda já é crime, como foi quando armínio, especulador, foi presidente do banco central, portanto tinha informações privilegiada para dar para o capital. Quem duvida que armínio armou no BC ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *