Crise no Judiciário: Asssociações de Juízes investem contra o ministro Joaquim Barbosa

Em momento de grande tensão entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, e setores da magistratura, as três maiores entidades de juízes do país – a Associação dos Magistrados Brasileiros, a Associação dos Juízes Federais do Brasil e a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho – afirmaram, em nota, que ele vive uma situação de “isolacionismo” e “parte do pressuposto de ser o único detentor da verdade”.

Acusação: “dono da verdade”

O texto rebate críticas de Barbosa a juízes, entre elas a de que os magistrados brasileiros têm mentalidade “pró impunidade”. Segundo a nota, as declarações mostram “a forma preconceituosa, generalista, superficial e, sobretudo, desrespeitosa com que o ministro Barbosa enxerga os membros do Poder Judiciário brasileiro”.

RECLAMAÇÕES

De acordo com o texto das entidades, as associações “não têm sido ouvidas” e “a violência simbólica das palavras do ministro acendem o aviso de alerta contra eventuais tentativas de se diminuírem a liberdade e a independência da magistratura brasileira. A sociedade não pode aceitar isso”.

(transcrito do jornal O Tempo)

NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGO corporativismo é um praga difícil de ser erradicada. As associações de juízes deveriam estar integradas no aperfeiçoamento da Justiça, ao invés de defender magistrados que não merecem a toga. (C.N)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *