Crise no PDT: Brizola Neto denuncia quadrilha que usurpou o poder no PDT

Volta a ser grave a crise no PDT, que nos últimos meses parecia ter amainado. O vereador carioca Leonel Brizola Neto, indignado, gravou um vídeo de 8 minutos, que está sendo muito assistido no Youtube. Ele denuncia a direção do partido e diz que uma  quadrilha que tomou conta do poder no PDT, partido fundado por seu avô, o ex-governador Leonel Brizola.

Brizola Neto explica que está ameaçado pelo atual presidente do partido, Carlos Lupi, que está respondendo ações na justiça, acusado de ter fraudado atas de assembleias da legenda.

Brizola Neto, à sua maneira, relata como o partido estaria traindo os ideais de Brizola, Darcy e Jango Goulart.

 
http://www.youtube.com/watch?v=-07fnERbHs0

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

7 thoughts on “Crise no PDT: Brizola Neto denuncia quadrilha que usurpou o poder no PDT

  1. O vereador Leonel Brizola Neto acusou o presidente do PDT de ter vendido o partido para o PMDB do Rio de Janeiro, citando, e criticando, o governador do Estado, Sergio Cabral, e o Prefeito do Rio, Eduardo Paes.. Quando ocorreu isto? Em 2010 o irmão dele, Carlos Daudt Brizola, não conseguiu se eleger deputado federal, ficando na suplência. Aí o que ocorreu?
    Leiamos a notícia:
    Brizola Neto participa de inauguração do CVT em Miracema ( 11/03/2011)
    Unidade tem como meta preparar para o mercado 1.020 profissionais por ano.
    O secretário estadual de Trabalho e Renda, Brizola Neto, participou, na manhã desta quarta-feira (23/2), da inauguração do primeiro Centro Vocacional Tecnológico (CVT) do Noroeste do estado.
    Notemos a data, 11.03.2011. Qual o governador? Sergio Cabral.
    Pergunta-se: a venda que o Leonel Brizola Neto cita ocorreu depois desta data, ou do período em que o irmão dele foi secretário de Cabral?
    Brizola Neto teria ficado três meses na condição do Secretário do Trabalho e Renda do estado do Rio de Janeiro, governo Sergio Cabral, do PMDB. Depois, segundo a imprensa, Dilma teria pedido que o PDT fizesse uma troca, indicado para Secretário Sergio Zveiter (hoje PSD), para que ele, Brizola Neto, primeiro suplente, assumisse como deputado federal; Lupi teria atendido ao desejo de Dilma. A ser correta esta informação, sobre o desejo de Dilma, aqui também teria ocorrido a venda do partido?

  2. Os herdeiros de sangue de Leonel Brizola na política estão sendo uma enorme decepção. Há tempos venho denunciando o absurdo que é o PDT compactuar com tudo de ruim que há na política nacional. Fui até censurado na rede social desse vereador por somente me manifestar contrário com lamentável rumo do partido.
    Não estivesse o PDT chafurdando na pocilga da corrupção oficial, CERTAMENTE, esse vereador, principalmente por seu nome, poderia se destacar junto a essa onda de indignação da classe média, absolutamente carente de referências positivas na política, para ajudar a conduzir este país rumo ao seu destino histórico, tão sonhado por Brizola e Darcy Ribeiro.
    Só o ensino público integral de qualidade pode livrar este país das garras do atraso. Saudações

  3. Os herdeiros de Brizola, lamentavelmente, têm se mostrado como uma grande decepção na vida pública. No entanto, a crítica feita por Brizola Neto, procede. Carlos Lupi, acumulando cargos e poderes, é o grande responsável pelo aviltamento do PDT, criado por Brizola e que foi dos partidos políticos que mais credibilidade e esperança trouxe para a nação brasileira. Lamentável!

  4. Texto postados no http://www.facebook.com/valmor.stedile conforme segue:

    BLOQUEADO NO FACEBOOK para comentar, curtir ou responder mensagens escritas, compartilho esta para esclarecer que o Diretório Nacional do PDT é integrado de 444 membros, entre titulares e suplentes. Não há esta suposta facção interna, citada no texto para agredir grosseiramente o presidente nacional Carlos Lupi. O PDT é conduzido por Executiva Nacional composta de 25 dirigentes, que inclusive estiveram reunidos ontem em Brasília com praticamente todos os presidentes estaduais do partido. E olha que há mais brizolistas no Pdt Nacional do que alguns netos insistem em depreciar e poucos entendem as ações auto-excludentes deles, não se pode convencer pelo fator genético.

    Há poucos dias o pedetista Sergio Oliveira, de Charqueadas (RS), apontou dois embaraços para o vereador Leonel Brizola Neto insinuar que houve negócio pessoal de Carlos Lupi na aliança do PDT com o governador Sergio Cabral: 1. Carlos Daudt Brizola não conseguiu se eleger deputado federal em 2010, mas logo no início de 2011 virou secretário de Estado do Trabalho do Governo Cabral, com apoio de Lupi; 2. Ainda em 2011, a presidente Dilma Rousseff “sugeriu” ao governador Cabral a nomeação de um deputado do PDT no lugar de Brizola Neto para que este voltasse à Câmara e em seguida se tornasse ministro, com apoio de Lupi.

    LEONEL BRIZOLA falava que o Brasil caiu nos contos do Sociólogo e do Operário (um atrás do outro), quem sabe por isto o PDT não apoiou a reeleição de Lula em 2006, quando tivemos candidato próprio no 1º turno (Cristovam Buarque) e no 2º turno nenhuma das alternativas – entre Geraldo Alckmin (PSDB) – obteve apoio formal do partido. Que o PDT participe de governos sem alienar sua autonomia e mantendo a liberdade à crítica construtiva, ou exerça a oposição também sem se associar a segmentos destrutíveis e sem coerência mínima, o Brasil pluralista é maior do que o conto petucano. E lance candidatos próprios nas eleições.

  5. O PDT em movimento, o PDT vivo, Lupi e Maneca foram preparados por Brizola para dar continuidade ao PDT, ele temia que o partido fosse parar em mãos fracas, e ele sabia que não havia ninguém preparado em sua família, por isso não os credenciou. Carlito, Juliana e Leonel tem uma atitude oligarca, contrária ao pensamento do Tata Brizola, e querem ser ungidos por hereditariedade, pois sequer conseguiram o mínimo de assinatura para apresentar chapa ao Diretório Nacional, demonstrando total despreparo e desconhecimento do PDT nacionalmente. Devem refletir e voltar ao trabalho.

  6. Companheiros, os netos de Brizola lamentavelmente se deixaram influenciar por um deputado estadual do PDT que acaba de sair do partido. Esse deputado e o marido de Dilma, o falso guerrilheiro que voltou ao partido o tal Araujo é que influenciaram os netos do Brizola dizendo que são herdeiros do PDT como se o PDT fosse uma fazenda. Nada fizeram pelo partido; eram crianças quando foi fundado o partido. O vereador Leonel Brizola Neto já foi chamado de vagabundo e fumador de maconha por Cidinha Campos. Amiga de Brizola e dona Neusa avós dele, Cidinha o conhece bem desde quando ficava no Arpoador enchendo a cabeça de fumaça. Nunca se interessou por nada. Ele e os irmãos vivem fomentando intrigas apoiados pelo tal falso guerrilheiro marido de Dilma. O general Golbery do Couto e Silva infiltrou muita gente no PDT para desestabilizar Brizola. Se Dilma e Araujo foram infiltrados não podemos afirmar. Mas, temos o direito, como trabalhistas desde o tempo de Getúlio, de desconfiar pois Dilma e o pilantra do Araujo SEMPRE TIVERAM MAIS PRÓXIMOS DA UDN. Não tiveram nenhuma relação com os trabalistas antes de 1964. Porque então depois de passarem pelas mãos de Fleury e serem soltos foram de fininho entrar no PDT? Em 2001 trairam Brizola e o PDT no Rio Grande do Sul dando Dilma um arrastão no partido levando 504 pedetistas para o PT. Brizola elegeu Lupi o primeiro vice-presidente. Com sua morte Lupi assume legalmente, ficando ele Manoel Dias e Vieira da Cunha responsáveis pelo partido. Lupi passou 25 anos trabalhando com Brizola sem nenhuma falha. Vem agora esse pilantra chamado Leonel Brizola Neto dizer que está ameaçado de morte. Lupi nunca se envolveu com violência. Só para lembrar, Juliana gêmea de Leonel Neto, já foi processada por Vieira da Cunha; Leonel agora está processado por Lupi. TEM MAIS ESSE PILANTRA FOI FALAR NO JORNAL O GLOBO inimigo mortal do governador Brizola. Não tem gabarito; é apenas um grande conhecedor DA ERVA MALDITA.

  7. Valmor Stédile que legitimidade tu tens…uma pessoa que tem como foto do facebook o Brizola ao lado do Tancredo, independente do contexto… não precisa dizer mais nada. Tantas imagens bonitas do Briza com Darcy entre outras figuras que não enganaram o povo como esse falso humilde mineiro, pois como dizia o Velho Guaragna: “onde o Tancredo estava tinha confusão e onde tinha confusão o Tancredo estava”. O atual direção do PDT é composta por arrivistas apedeutas que só discutem cargos e apoiam as atrocidades do fascismos imposto pelo governo do Senhor Cabral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *