Cunha denuncia juiz Moro por usurpar competência do STF

Eduardo Cunha pensa que pode se livrar do processo

Deu em O Tempo

A defesa do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), protocolou uma reclamação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o Juízo da 13ª Vara Federal da Seção Judiciária de Curitiba (PR), cujo titular é o juiz Sérgio Moro, responsável pela condução da Operação Lava Jato.

Os advogados de Cunha pedem a imediata suspensão da ação penal que corre no Paraná e que tem como investigados, entre outros, o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, o doleiro Alberto Youssef e o lobista Júlio Camargo.

Posteriormente, os advogados pedem que o tribunal declare nulos todos os atos realizados no curso da ação penal. Camargo, um dos delatores da Lava Jato, disse em depoimento na última semana que o suposto operador do PMDB no esquema de corrupção da Petrobras, Fernando Baiano, lhe afirmou que estava sendo pressionado por Cunha para pagamento de propina. Os valores da propina teriam saído de compras de navios-sonda. Segundo relato de Julio Camargo, o peemedebista exigia US$ 5 milhões.

Os advogados pedem a remessa imediata no processo para o Supremo. No mérito, a defesa de Cunha pede para que seja reconhecida a “usurpação de competência” do Supremo por parte de Moro e que todos os atos relacionados ao presidente da Câmara sejam anulados.

“Mostra-se fartamente demonstrado que o Juízo reclamado, ao realizar atos manifestamente investigatórios em face de agente público com prerrogativa de foro, usurpou de forma flagrante a competência desta Suprema Corte”, escrevem os advogados.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A matéria não cita o nome dos advogados de Cunha, que são de primeira categoria. Eles aparentemente encontraram um caminho viável, mas acontece que o juiz Sergio Moro não é nenhum iniciante. Quando o delator citou Cunha, o magistrado imediatamente encerrou o assunto, dizendo que ele não poderia falar a respeito no depoimento à 1ª instância, mas somente ao Supremo, devido ao foro privilegiado. De qualquer forma, a reclamação dos advogados de Cunha representa mais um entrave ao processo. (C.N.)

6 thoughts on “Cunha denuncia juiz Moro por usurpar competência do STF

  1. Esta obvio que o depoente o fez de proposito para queimar o Cunha . Esta e a estrategia fascista do PT. Ainda mais agora que as pesquisas internas estao dando ” magistrais ” 7% para a mulher sapiens.

  2. Enquanto estão fora das investigações apoiam tudo e contra todos, mas quando são revelados os podres ninguém presta, este é o político que não merece crédito, se o delator disse que deu U$ 5 milhões de dólares eu acredito, não é possível que algum empresário invente uma história para prejudicar o parlamentar, o que o MP, PF e o juiz Sérgio Moro estão fazendo é apurar a verdade e pague quem tentou burlar a lei.

  3. Pode ser que o Cunha tenha culpa no cartório, mas cadê os petralhas? Cadê a DilmAnta?, que foi mencionada n vezes no lava jato, cadê o Lula Safo da Vida?, cadê o Edinho Silva?, cadê o Mercadante?, cadê a Gleisi Hoffmann?,cadê Humberto Costa(Um Certo Bosta)?, cadê o Delcidio?, sendo assim conclui-se que o Cunha, também pode ser inocente, já que os outros não são investigados, não é Janota?

  4. Quando eu era garoto nos filmes de cowboy eu torcia para os índios que eram os mais fracos. Nunca torci para bandidos. Como é que agora vou estar a favor de Cunha? Um pilantra que pousa de vestal e agora está naquela de : “palpos de aranha”. “O mal do malandro é pensar que todo mundo é otário”. Otários são os 512 deputados que na Câmara ficam batendo palmas para o Eduardo Cunha se divertir. Não adianta Cunha fazer essas piruêtas, seu destino é ser goleiro no time da Papuda.

Deixe uma resposta para Marcelo de Souza Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *