Cunhada de Vaccari é solta após dúvida sobre vídeo

http://msalx.veja.abril.com.br/2014/11/14/1608/pe6Cx/brasil-operacao-lava-jato-marice-lima-20141114-001-original.jpeg?1415988506

Marice Lima volta para casa, por enquanto. Os óculos são iguais.

Estelita Hass Carazzai
Folha

Presa havia seis dias na Operação Lava Jato, Marice Correa Lima, cunhada do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, foi solta na tarde desta quinta-feira. Marice foi liberada por ordem da Justiça, após surgirem dúvidas se de fato é ela quem aparece em um vídeo de uma agência bancária, até então considerado uma prova de que ela realizava depósitos na conta da mulher de Vaccari, Giselda Rousie de Lima.

De acordo com as investigações, a cunhada é suspeita de auxiliar Vaccari para operacionalizar a propina destinada ao PT, no esquema de desvios de recursos da Petrobras. Ela nega as acusações.

O Ministério Público Federal identificou que era Marice quem aparecia nas imagens nas agências bancárias, e a acusou de ter mentido em depoimento à polícia sobre nunca ter feito depósitos na conta da irmã Giselda. O juiz federal Sergio Moro chegou a afirmar que a imagem “não deixava margem para dúvidas”.

Porém, segundo o advogado de Marice, Claudio Pimentel, quem aparece no vídeo é a própria Giselda, que se parece muito com a irmã.

REVOGAÇÃO

Em despacho, Moro decidiu que, “enquanto se aguarda a elucidação completa da questão”, iria revogar a prisão da cunhada.

“Foi um erro”, declarou Pimentel à imprensa, ao deixar a sede da Polícia Federal em Curitiba nesta quinta. “Mas eu não tenho postura de confronto. A Justiça e o Ministério Público fizeram o papel deles, e eu fiz o meu. Felizmente isso foi corrigido e ela está indo para casa.”

Marice deixou o local acompanhada do advogado. Ela não falou com a imprensa. O vídeo ainda vai passar por perícia da Polícia Federal.

ESTÁ ENVOLVIDA

O Ministério Público manteve seu posicionamento em favor da prisão de Marice. Os procuradores afirmam que as circunstâncias da sua viagem ao Panamá, às vésperas de sua prisão, não foram totalmente esclarecidas (ela sustenta que estava em um congresso).

Além disso, dizem que sua explicação sobre a origem dos recursos para comprar um apartamento, por R$ 240 mil, que foi revendido depois à construtora OAS por um preço acima do valor de mercado, é “absolutamente fantasiosa”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O juiz Sérgio Moro demonstra equilíbrio e senso de justiça. Mandou soltar a cunhada de Vaccari, apesar da oposição do Ministério Público Federal, porque os procuradores acham que existem outras provas suficientes que demonstram o envolvimento dela. É como uma série de suspense – a cada dia surgem novas emoções. Em minha modesta opinião, pode ser mesmo Marice nos videos, porque os óculos que a mulher flagrada usa são idênticos aos da foto acima. Além disso, a câmara da agência tem lente “grande angular”, que engorda e achata as pessoas. Elementar. (C.N.)

5 thoughts on “Cunhada de Vaccari é solta após dúvida sobre vídeo

  1. Depois, no afã de denegrir a imagem do juiz Moro, tentam taxá-lo de arbitrário.

    Demonstra equilíbrio total, na dúvida, solta a ré.

    Se surgirem novas provas, com certeza essa senhora voltará para a prisão.

  2. Para isso tem que se utilizar um filtro corretos de lenta , ate os ajulejos do piso se tornarem paralelos e o de correcao de perspectiva para ‘ abaixar ‘ a camera , fotos de cima para baixo criam o ‘efeito bujao ‘. Demora mas da para fazer ate no Photoshop.

  3. Sim o envelope esta bem cheio. Eu estava me referindo a imagem da pessoa. Sera que ela usou a biometria do caixa para fazer o deposito ? Os bancos guardam esses dados por 5 anos e ai pode ser ate irma univitelina que nao tem desculpa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *