Cúpula do governo chegou a articular saída de Salles do Meio Ambiente

Charge do Amarildo (amarildo.com.br)

Bela Megale
O Globo

Integrantes da cúpula do governo articularam, há cerca de um mês, a saída do ministro Ricardo Salles da pasta do Meio Ambiente. Três opções chegaram a ser cogitadas: colocá-lo em um cargo de assessor especial ligado à Presidência, realoca-lo na Secretaria-Geral da Presidência com a saída de Jorge Oliveira para o Tribunal de Constas da União (TCU) ou ainda nomeá-lo para a Secretaria de Governo, hoje ocupada por Luiz Eduardo Ramos.

A mudança de cadeira seria uma maneira de tirá-lo do foco das críticas pela condução da área ambiental e recompensá-lo por ter sido um “bom soldado” na defesa das pautas do governo Bolsonaro.

RESISTÊNCIA – Salles, porém, mostrou resistência em sair do gabinete do Meio Ambiente. Para permanecer onde está, o ministro tem procurado baixar o tom e adotar uma postura de menos enfrentamento.

Mesmo assim, parte da Esplanada segue pressionando pela saída de Salles. Entre eles estão integrantes de peso da área econômica, que lidam diretamente com empresas e representantes do mercado financeiro, segmento em que o ministro não é bem avaliado.

Na visão deles, por mais que se façam ações positivas, a imagem de Salles sempre vai atrapalhar. Com os militares, porém, a temperatura baixou, pelo menos, por ora.

2 thoughts on “Cúpula do governo chegou a articular saída de Salles do Meio Ambiente

  1. Após Rodrigo Maia dizer que governo está fazendo pouco,
    Paulo Guedes manda lista de projetos que estão parados no congresso.

    PL 6407/2013 ; Nova Lei do Gás

    PLP 149/2019 ; Plano de Equilíbrio Fiscal

    PL 6229/2005 ; Recuperação Judicial

    PL 5387/2019 ; Simplificação de Legislação de Câmbio

    PL 3443/2019 ; Governo Digital

    PL 7316/2019 ; Certificação Digital

    PLP 200/1989 ; Autonomia do Banco Central

    PL 5877/2019 ; Privatização da Eletrobrás

    PLP 295/2016 ; Nova Lei de Finanças Públicas

    PL 7063/2017 ; Lei de Concessões

    Em tramitação no Senado Federal:

    PLS 232/2016 ; Marco Legal do Setor Elétrico

    PLS 261/2018 ; Novo Marco Legal de Ferrovias

    PL 3261/2019 ; Marco Legal do Saneamento Básico

    PL 3178/2019 ; Alteração do Regime de Partilha

    Em tramitação no Congresso Nacional:

    MP 902/2019 ; MP da Casa da Moeda

    MP 905/2019 ; MP Emprego Verde Amarelo

    Pacto federativo (no Senado)

    PEC 188/2019 ; Pacto Federativo

    PEC 197/2019 ; Fundos Públicos

    PEC 186/2019 ; Emergencial

    Reformas:

    Reforma tributária

    Reforma administrativa

    Outros projetos
    Em anexo que também foi enviado ao Congresso, lista 27 projetos desse tipo. Entre eles, propostas que discutem questões como o fim do monopólio dos Correios, a aquisição de terras por estrangeiros, um percentual mínimo para ocupação de Cargo em Comissão por Servidores Públicos e um plano de revisão periódica de gastos. ;São matérias importantes não somente para que o Brasil atravesse momentos como este, mas para que se prepare para desafios futuros;, concluiu Guedes.

    • Ou seja, o Felinto Epitácio Botafogo é canalha mentiroso, que só esta lá para atrapalhar o Brasil. Todos os projetos citados acima são de suma importância para o país, mas o “Fiador da Democracia” segundo a TI, quer mais é que o país se exploda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *