“De longe te hei de amar, de uma tranquila distância”, dizia Cecilia Meirelles

Resultado de imagem para cecilia meirelesPaulo Peres
Poemas & Canções

A professora, jornalista e poeta carioca Cecília Meireles (1901-1964), no poema “De longe te hei de amar”, define que amar é sentir saudade e ter desejo é uma constante.

DE LONGE TE HEI DE AMAR
Cecília Meireles

De longe te hei de amar,
– da tranquila distância
em que o amor é saudade
e o desejo a constância.

Do divino lugar
onde o bem da existência
é ser eternidade
e parecer ausência.

Quem precisa explicar
o momento e a fragrância
da Rosa, que persuade
sem nenhuma arrogância?

E, no fundo do mar,
a estrela, sem violência,
cumpre a sua verdade,
alheia à transparência.

One thought on ““De longe te hei de amar, de uma tranquila distância”, dizia Cecilia Meirelles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *