Defesa ter mais verba que Educação “não faz nenhum sentido, nem do ponto de vista político”, diz Maia

Maia aguarda proposta para não discutir baseado em especulações

Fernanda Calgaro e Elisa Clavery
G1

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira, dia 18, que “não faz nenhum sentido, nem do ponto de vista político” que o presidente da República, Jair Bolsonaro, envie uma proposta orçamentária para 2021 com mais recursos para o Ministério da Defesa do que para o da Educação.

O projeto para o Orçamento da União do ano que vem, que ainda está em elaboração, prevê reservar R$ 5,8 bilhões a mais para despesas com militares do que com a educação, conforme revelou reportagem do jornal “O Estado de S.Paulo”. A proposta com a previsão de receitas e despesas para cada ministério tem de ser enviada até o fim de agosto ao Congresso.

SEM SENTIDO – “O governo ainda não encaminhou a proposta. É claro que os recursos para Educação serão maiores do que os recursos para a Defesa. Isso é óbvio. Não tenho dúvida. Imagina se o presidente da República vai assinar uma proposta onde os recursos da Defesa sejam maiores do que os recursos para a Educação? Não faz nenhum sentido, nem do ponto de vista político. Para mim, não faz sentido”, disse Maia.

Questionado se acredita que o Congresso rejeitará a proposta orçamentária caso venha a ser enviada dessa forma, Maia afirmou que não iria discutir em cima do que chamou de “especulação”. Mas repetiu que acredita que o presidente não enviará uma proposta nesses termos.

ESPECULAÇÃO – “Como é especulação, eu não quero ficar discutindo especulação. Eu acredito que o presidente da República, por óbvio, não vai encaminhar uma proposta onde você tenha mais recursos para a Defesa e menos para a Educação. É a minha opinião. Eu vou esperar a proposta do governo para que a gente discuta baseado em dados e não em especulações, que às vezes a gente fica discutindo o que não existe ou não vai existir”, disse.

De acordo com a reportagem, a Defesa receberia em 2021 um acréscimo de 48,8% em relação ao orçamento deste ano (de R$ 73 bilhões para R$ 108,56 bilhões) e a verba da Educação cairia de R$ 103,1 bilhões para R$ 102,9 bilhões. Segundo o jornal, os valores consideram todos os gastos das duas pastas (pagamento de salários, compra de equipamentos e projetos em andamento, o que inclui, no caso dos militares, a construção de submarinos nucleares e compra de aeronaves).

ANÁLISE – Sobre a proposta em estudo, o Ministério da Economia, informou que as solicitações de expansão de limites demandadas pelos órgãos serão analisadas e submetidas à decisão da Junta de Execução Orçamentária. Portanto, conforme a pasta, ainda não é possível informar os valores limites finais das despesas dos órgãos que constarão do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021.

O orçamento aprovado para este ano do Ministério da Defesa foi de R$ 73 bilhões. Mas recebeu R$ 41 bilhões de aportes, que elevaram o valor para R$ 114 bilhões. O Ministério da Educação teve R$ 103,1 bilhões aprovados para 2020. Segundo o Ministério da Economia, a Educação fechará o ano com R$ 120 bilhões para despesas, ou seja, um incremento de R$ 17 bilhões.

17 thoughts on “Defesa ter mais verba que Educação “não faz nenhum sentido, nem do ponto de vista político”, diz Maia

  1. Sr. Newton ficando mais velho..

    Parabéns,
    Feliz Aniversário, muita saúde, muitas felicidades e tudo de bom para o Sr.

    Grande Abração deste que já lhe acompanha no Blog há mais de uma década……

    • Gratíssimo, Armando, você que acompanha tudo o que os tucanos fazem de errado e nada acontece a eles, com algumas exceções, claro.

      Vamos em frente, amigo.

      CN

  2. Compra de milicos no atacado?
    Um $$$ do contribuinte jogado fora. As ffaa não vão salvar a pele do bostanágua quando ele cair. Eles, assim como os paralamentares e o gado, só são solidários na alegria. Na tristeza, só em casamento de pobre.

    Vade retro, mores sine opportunist!!!

  3. Sr. Carlos Newton, desejo um lindo dia neste momento tão especial da sua vida.
    Que sua força dos dezoito anos seja eterna… a Tribuna e os tribunários necessitam desta injeção de ânimo todos os dias e nos transmite uma força contagiante que nos faz querer continuar incansavelmente na busca da verdade pra tentar construir um Brasil mais justo e honrado, exatamente como o Sr. é.
    Que faça dezoito anos sempre, prezado Carlos Newton!
    Feliz Aniversário!!
    José Luis.

  4. A falácia da educação pública de qualidade.

    O atraso educacional brasileiro tem como uma de suas principais causas o pensamento estatista. Os princípios educacionais ideologicamente baseados no credo freiriano marxista funcionam como propagadores de uma percepção equivocada do papel da educação. Segundo esses princípios, através da educação (doutrinação), o educando deve desenvolver seu “pensamento crítico” para a “luta de classes”. Aí embutidos estão a vilanização de quem empreende, o desprezo ao mercado e a exaltação do Estado provedor que, neste contexto, tem papel primordial. É ele o responsável pela perpetuação do credo freiriano através da formação docente e do direcionamento curricular. No entanto, uma rápida olhada no que se passa no mundo mostra que o sucesso de países prósperos não é baseado nesses princípios estatistas. A não ser, claro, que o objetivo do Estado brasileiro seja efetivamente o de perpetuar nosso fracasso. Se este for o caso, a educação freiriana, estatista e marxista é um sucesso.

    https://jornalhoraextra.com.br/coluna/falacia-da-educacao-publica-de-qualidade/#:~:text=%C3%89%20professora%2C%20Mestre%20em%20educa%C3%A7%C3%A3o,principais%20causas%20o%20pensamento%20estatista.

  5. Parabéns Amigo Carlos Newton, Estou comemorando a data, aqui em Muriaé – MG, que, conforme
    você diz, é terra das MULHERES BONITAS

  6. Seria bom ainda que as verbas fossem destinadas à educação mesmo, não dispersadas em assessorias, burocracias pomposas e outros gastos distantes das salas de aula e demais atividades-fim do campo educacional.

  7. Nosso votos de Feliz Aniversário ao nosso Editor/Moderador, o grande e experiente Jornalista Sr. CARLOS NEWTON, com muita Saúde, Paz, Felicidades e Alegrias junto a sua ilustre Família.

    São pouquíssimos os Idealistas que oferecem “de graça” um Trabalho em prol dos Brasileiros como o Blog TRIBUNA DA INTERNET de discussões Políticas/Econômicas Brasileiras.

    O Grupo Escolar é a Escola das Crianças/Juventude, e a “Boa Imprensa como a TRIBUNA DA INTERNET” é a Escola de Adultos.

    Parabéns e um Abração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *