Delúbio, operador do mensalão, promove debate no PT para se dizer inocente.

Carlos Newton

Era só o que faltava. O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, homem  de confiança de José Dirceu, organiza para hoje um debate, na sede do PT de Goiânia, para expor sua defesa no Supremo Tribunal Federal sobre o esquema do mensalão. O convite para o evento é feito pelo site do ex-tesoureiro, com mobilização nas redes sociais da internet.

Segundo a repórter Andréia Sadi, da Folha de S. Paulo, no evento Delúbio vai apresentar também “O CD interativo para computador”, que já foi lançado em São Paulo no começo do mês.

O convite confirma a presença do ex-deputado a advogado Eduardo Greenhalgh, que, no lançamento do CD em São Paulo, negou a existência do mensalão e disse que tudo não teria passado de um esquema de caixa dois 2, boa desculpa, mas que não justifica, por exemplo, o fato de a mulher do deputado João Paulo Cunha ter ido à agência do Banco Rural para receber a mesada de R$ 50 mil, sob a justifica de “ir pagar a prestação da TV por assinatura”. Isso é caixa 2, Dr. Greenhalgh

O presidente do PT em Goiânia, Luiz Cesar Bueno, informou que o diretório promove toda semana um fórum de debates temáticos que norteiam o PT. “E a defesa do Delúbio no Supremo é tema que está na pauta do partido. É uma solicitação regimental que todo filiado pode pedir”, disse Bueno. Segundo ele, a capacidade do espaço vai de 150 a 200 pessoas.

Ainda segundo a repórter Andréia Soares, a assessoria de Bueno afirmou que o partido vai oferecer apenas o espaço, mas a organização do evento é responsabilidade do próprio Delúbio Soares.

O ex-tesoureiro do PT é apontado pelo Ministério Público como o operador do esquema. Se for condenado pelo Supremo Tribunal Federal, pode pegar até 111 anos de prisão pelos supostos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e lavagem de dinheiro. Mas é claro que isso jamais irá acontecer. As acusação vão acabar prescrevendo, como todos nós estamos cansados de saber. Ah, Brasil!

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *