Democracia é isso aí: China contrata 2 milhões de censores para controlar internet

Da Agência Lusa

Pequim – A China emprega dois milhões de pessoas para controlar o uso da internet pelos cidadãos, segundo órgão de Comunicação Social estatal, com o propósito de acompanhar a rede online chinesa.

Os  funcionários realizam buscas por palavras-chave para monitorizar  dezenas de milhões de mensagens que são colocadas diariamente nas redes sociais e nos sites na internet, segundo o jornal Beijing News.

As autoridades de censura da China controlam firmemente os conteúdos online, por medo de instabilidade política ou social que possa desafiar o poder do Partido Comunista.

Os políciais da Internet são trabalhadores do setor de propaganda do Governo e  acompanham sites comerciais, noticiou Beijing News. O jornal afirmou ainda que, apesar do grande número, estes polícias nem sempre são capazes de prevenir comentários considerados indesejáveis ao Governo.

SEM FACEBOOK E TWITTER

Nos últimos anos as autoridades proibiram as redes sociais Facebook e Twitter, que foram fundamentais para a onda de protestos que aconteceram no Médio Oriente e Norte da África no final de 2010 e 2011, no que ficou conhecido como Primavera Árabe. No último ano, bloquearam também o jornal The New York Times depois de ter acusado o ex-primeiro-ministro chinês Wen Jiabao de ter acumulado uma enorme fortuna enquanto esteve no Governo.

As autoridades detiveram também centenas de pessoas por espalharem rumores online e advertiu os detentores de blogs com milhões de seguidores para colocarem comentários mais positivos.

O Supremo Tribunal alertou este mês, que os utilizadores da internet poderiam enfrentar até três anos de prisão se colocassem informações caluniosas nas redes sociais que sejam lidas  mais de 5 mil vezes ou encaminhada mais de 500 vezes.

A China tem mais de 500 milhões de participantes da internet, a maior população online do mundo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

8 thoughts on “Democracia é isso aí: China contrata 2 milhões de censores para controlar internet

  1. Liberar a Internet para que? Fazer a revolução gayzista, o entretenimento exacerbado regado a muita droga que aliena o povo do ocidente, que fique assim e cresça acima de dois dígitos, vamos cair na real a democracia ocidental é um sistema falido,o os Chineses não tem o que reclamar de seu governo se não fosse as imposições não seria uma economia em ascensão.

  2. Não interessa ser democracia. Democracia não é panaceia, virou dogma que não pode ser contestado, como os dogmas religiosos. Fora com a democracia que propicia a degeneração da nacionalidade e ofende a soberania!

  3. A democracia é requisito fundamental para o florescimento da civilização, sim. Deve ser um imperativo inquestionável, e vale para qualquer povo ou lugar.
    As sociedades de cupins, formigas, vespas, abelhas, não precisam de democracia, mas o Homem, ser racional, político, vive no “reino da liberdade”, e se amesquinha sob qualquer tirania.
    Todo o progresso obtido pelo Ocidente se deve ao respeito a individualidade, a dignidade da pessoa humana, a livre expressão, a propriedade privada, princípios oriundos da Grécia que alteraram a Cultura, trazendo melhorias imensas aos povos.
    A democracia esta diretamente ligada a criatividade, elemento propulsor do progresso. Todas as sociedades democráticas sempre foram pródigas na capacidade criativa, na inovação, vetores do desenvolvimento.
    Aqueles que desprezam a democracia são obscurantistas, e acham que puxando o saco dos tiranetes, estarão incólumes. Ledo engano, pois os sistemas despóticos não conhecem misericórdia, gratidão, piedade, mas buscam apenas se perpetuar.
    Fora da democracia não existe liberdade, mas hordas de escravos, mendigos.

  4. E que não se enganem os que aplaudem a Dilma em relação á suposta espionagem dusamericanus. é só pretexto para aprovar o tal marco regulatório das comunicações. Teremos4 uma internet/e-mails gerido pelos Correios.
    Há poucos dias, no Claudio Humberto, o mesmo lançou a pergunta: ” Voce prefere ser espionado pelo Obama, que não lhe conhece ou pelo PT que nós conhecemos muito bem?

  5. Armando Tejada Gómez – Há uma criança na rua
    A esta hora, exatamente, há uma criança na rua.
    É dever do homem proteger o que cresce,
    Cuidar para que não tenha uma infância dispersa pelas ruas,
    Evitar que naufrague seu coração de barco,
    Sua enorme vontade de pão e chocolate,
    Caminhar por seus países de bandidos e tesouros
    Pondo-lhe a esperança no lugar da fome.

    De outro modo é inútil ensaiar na terra a alegria e o canto,
    De outro modo é absurdo porque de nada vale se há uma criança na rua.
    Importam duas maneiras de conceber o mundo:
    Uma, ser alguém como as outras pessoas ou
    Arrancar cegamente dos demais a bolsa.
    E a outra, um destino de salvar-se com todos,
    Comprometer a vida até o último náufrago.

    Como se pode dormir de noite se há uma criança na rua?
    Exatamente agora, se chove nas cidades,
    Se desce o nevoeiro gelado no ar
    E o vento não é nenhuma canção nas janelas,
    Não deve andar o mundo com o amor descalço
    Levando um diário como uma asa na mão.

    Trepando nos trens, provocando-nos o riso,
    Golpeando-nos como um anjo de asa cansada,
    Não deve andar a vida, recém nascida, já lutando,
    A meninice arriscada a um pequeno ganho,
    Porque então as mãos são dois fardos inúteis
    E o coração, apenas uma má palavra.

    Eles esqueceram que há uma criança na rua,
    Que há milhões de crianças que vivem na rua
    E uma multidão de crianças que cresce nas ruas.
    A esta hora, exatamente, há uma criança crescendo.

    Eu a vejo apertando seu coração pequeno,
    Ohando para todos com seus olhos de fantasia,
    Percorrem e olham para o homem rico,
    Um relâmpago forte cruza seu olhar,
    Porque ninguém protege essa vida que cresce

    E o amor se perdeu como uma criança na rua.

  6. Seytrym, saudações
    Belíssimo poema!!! Obrigado a você, que nos trouxe esta tão expressiva e humana manifestação de Amor e Carinho pela Criança!!!
    Em minhas palestras pelo Brasil, costumo abri-las e/ou concluí-las com poemas meus, e incentivar os participantes a escrever também. Isto ajuda muito, principalmente quando o tema em pauta é “Motivação”. As “crianças” que habitam o interior de cada um … ficam felizes!!!
    Sobre o artigo “Democracia é isso aí …” … prefiro nada comentar.
    Abração, Seytrym.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *