Depois da crise em Osasco, PT dá vexame de corrupção também em São Caetano

Pedro Rocha (O Estado de S. Paulo)

O vereador petista Edgar Nóbrega renunciou à disputa pela prefeitura de São Caetano do Sul. O motivo da saída de Nóbrega foi a divulgação de um vídeo em que ele aparece pedindo R$ 100 mil ao secretário de Governo da prefeitura, Tite Campanella, em troca de uma oposição petista mais branda. O Diretório Municipal do PT decidiu não apresentar outro nome e o partido não terá mais um candidato.

Em carta ao partido, Nóbrega diz que o vídeo foi “editado de maneira criminosa, constrange minha honra e a minha história”. Ele afirma ainda sobre sua saída da disputa, ” essa é uma decisão que faço para me dedicar integralmente a agenda de minha defesa pessoal”.

No vídeo, divulgado pelo candidato a vereador Eder Xavier (PC do B), Nóbrega diz que os R$ 100 mil serviriam para garantir os votos de militantes do PT na disputa pela presidencia do partido em São Caetano do Sul, em 2009. Com isso “O grupo que governa a cidade vai ter um aliado ou um adversário leal”, diz Nóbrega. Ele ganhou o cargo.

A prefeitura de São Caetano do Sul informou em nota que abriu sindicancia pela Corregedoria Municipal para investigar o ocorrido.

Também afirmou que o prefeito José Auricchio Júnior (PTB) “desconhece a existência desse diálogo entre o secretário de Governo Anacleto Campanella Júnior e o vereador Edgar Nóbrega”. Campanella pediu exoneração do cargo na última segunda-feira, 27.

Na última pesquisa Ibope de intenções de votos Nóbrega aparece com 3% das intenções. A disputa é liderada por Paulo Pinheiro (PMDB), com 29%, seguido por Regina Maura (PTB), com 26%.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *