Depois da prisão domiciliar de Adriana Ancelmo e Eike, por que não José Dirceu?

José Dirceu

Comparado a Adriana e Eike, Dirceu é um amador

Deu na Agência Brasil

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para a próxima terça-feira (2) a retomada do julgamento do pedido de liberdade do ex-ministro José Dirceu, preso por determinação do juiz federal Sérgio Moro na operação Lava Jato. Dirceu está preso desde agosto de 2015 no Complexo Médico-Penal em Pinhais, que fica na região metropolitana de Curitiba.

Na sessão, os ministros voltarão a discutir a validade da decretação de prisões por tempo indeterminado na Lava Jato. Na sessão da semana passada, houve apenas um voto, o do relator, Edson Fachin, a favor da manutenção da prisão. A sessão foi interrompida para ampliar o prazo para que os advogados de Dirceu e do Ministério Público Federal (MPF) possam se manifestar. Faltam os votos dos ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.

Em seu voto, Fachin concordou com os argumentos utilizados por Sérgio Moro para manter a prisão de Dirceu e disse que há várias provas de “corrupção sistêmica” na Petrobras, fato que deve ser interrompido pelas prisões preventivas.

CONDENAÇÃO – Em maio do ano passado, José Dirceu foi condenado a 23 anos de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Na sentença, Moro decidiu manter a prisão preventiva. Posteriormente, o ex-ministro da Casa Civil teve a pena reduzida para 20 anos e 10 meses. Ele foi acusado de receber mais de R$ 48 milhões por meio de serviços de consultoria, valores que seriam oriundos de propina proveniente do esquema na Petrobras, de acordo com os procuradores da Lava Jato.

No STF, a defesa de Dirceu sustentou que o ex-ministro está preso ilegalmente e deve cumprir medidas cautelares diversas da prisão. Os advogados também argumentam que Dirceu não oferece riscos à investigação por já ter sido condenado e a fase de coleta de provas ter encerrado.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Depois da prisão domiciliar de Adriana Ancelmo, com base numa jurisprudência às avessas, que nem se aplicava à questão, e da prisão domiciliar de Eike Batista, que na semana que vem estará no lar, doce lar, por que o guerreiro José Dirceu teria de continuar preso? Como se sabe, no Direito pátrio o que predomina é a isonomia, que é prima-irmã da primazia e da hipocrisia. (C.N.)

19 thoughts on “Depois da prisão domiciliar de Adriana Ancelmo e Eike, por que não José Dirceu?

  1. Situação desesperadora para o cidadão de bem!
    O que virou este país? Governo e seus ministros envolvido até o pescoço com a Lava Jato….
    Um sistema jurídico apodrecido, tendencioso, suspeito…E nenhum juiz para questionar o senhor Gilmar Mendes?
    Intenções obscuras em decisões que politizam tribunais. Salve- se quem puder…Quem puder mais…uso abusivo do poder…

      • O Crime compensa para quem é rico.
        Os Três ‘Pês” é quem paga o pato.
        Quer o maior exemplo.
        O famoso Apresentador Abravanel ainda tem um domingo inteiro para se ‘apresentar” ao seu público cativo.
        Se fosse lá na Matrix, estaria na jaula cumprindo prisão perpetuá, no mínimo.

  2. Um Gilmar Mendes dispensa dez Marco Aurélios e vinte Toffolis…
    Está tudo dominado!
    Ainda bem que a Lava Jato ainda não virou Mãos Limpas…Ainda…

  3. NR, simplemente assino,Rui Barbosa: Justiça tardia, é jinjustiça, ladrões do cofre público que achicalham com emendas da colcha de retalhos, chamada constituição de auto defesa, e a conivência do stf, pelos passos de cagado, e interpretações quilometricas em suas sentenças nos processos, só nos envergonnha, e chegamos a conclusão: Pobre povo brasileiro, escravo da corja, que hipocritamente, tira os Direitos da Cidadania. Temer o “tenebroso” e sua turma das quadrilhas hediondas de Brasilia, já tem garantido, o Ranger de dentes, por sua “Obra” nefasta, de dor e sofrimento de 220 milhões.
    Deus, por Amor Misericordioso, de tua Justiça, nos socorra.

  4. Há poucos dias li que o stf iria fazer dedetização a um custo de aproximadamente R$ 2000,00. Acho que os produtos que estão usando não são adequados. Pois, não estão eliminado algumas ratazanas que existem no stf.

  5. É assustadora a conduta indigna de alguns elementos que atuam nos nossos tribunais. É a última etapa do longo caminho para o fim de um país.

  6. Vai-se a primeira pomba despertada.
    Vai-se outra mais, mais outra…
    Enfim dezenas de pombas.
    Vão-se dos pombais,
    Apenas raia sanguínea e fresca
    a madrugada…E a tarde, quando a rígida
    nortada sopra, aos pombais de novo elas
    serenas, rufiando as asas, sacudindo as
    penas, voltam todas em bando e em revoada.
    O poema de Raimundo Correia, ficaria muito bem, se fosse afixado na entrada do STF.

  7. Pior que a decisão de soltar o ladrão do Eike Batista, Mendes atendeu ao pedido da sua esposa(!), advogada da banca que defende os interesses deste
    crápula!

    Embaixo dos lençóis, o casal deve ter combinado como faria para liberar um dos mega-desonestos deste país, que, assim como os demais ladrões nacionais, têm plena consideração e beneplácito do vergonhoso STF!

    A situação é pior do que se imagina!!!

    • Concordo que a situação é bem pior do que se imagina.
      O STF, que deveria zelar pela Lei, e que tem o poder de decidir em última instância, se mostra ainda mais corrupto que o Executivo e o Legislativo.
      Quem nos livrará dessa ORCRIM de toga?

  8. Newton, acho que você foi muito severo ao comparar isonomia com primazia e hipocrisia. Não esqueça que a isonomia é o segundo direito do homem. Foi instituida na Grécia Antiga, possivelmente no período de Péricles. O primeiro direito é a isogoria. Desculpe. Não estou querendo ditar cátedra.

    • Fique à vontade, Aquino, sua cultura ilumina este espaço. Considero a isogoria o principal direito democrático, que a gente adota aqui na TI, onde a manifestação é livre, desde que não haja ofensa e desrespeito à opinião alheia. Quanto à isonomia, me referi apenas à aplicação deste princípio democrático no mau sentido.

      Forte abraço isogórico.

      CN

  9. Depois que Sérgio Cabral riu, sendo interrogado pelo juiz, está rindo do povo brasileiro, da justiça deste país e da impunidade, tudo é possível neste país, um poder que recebe os melhores salários do mundo e presta uma porcaria de serviço, este é o poder judiciário brasileiro, fora exceções.

  10. Eike livre estará pronto para comandar a sua “rede” na tarefa de destruir provas. Mas de repente é esse mesmo o objetivo escuso e imundo de muitos membros do judiciário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *