Depois de passar a pintar o cabelo, Lula agora quer maquiar o mensalão

Carlos Newton

O ex-presidente Lula, revoltado com a condenação de José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares, reuniu-se com candidatos do PT nas eleições municipais e afirmou que não se pode deixar o uso eleitoral do julgamento do mensalão sem resposta.

Folhapress O cabelo e coisa estão ficando pretos

“Vamos discutir problemas das cidades. Mas, se formos chamados de mensaleiros, não podemos deixar sem resposta. Vamos debater de cabeça erguida”, conclamou Lula, segundo Jorge Coelho, integrante da Executiva Nacional, que repassou aos jornalistas o que aconteceu na reunião.

“Ninguém vai negar que tem processo. Temos que responder às provocações”, disse Coelho, resumindo o espírito do discurso de Lula.

Coelho disse que, mais uma vez, Lula exaltou a atuação de seu governo no combate à corrupção e pediu que os petistas, em campanha, confrontassem seu trabalho com o do antecessor, o tucano Fernando Henrique Cardoso.

Traduzindo: Lula, que desde o mês passado começou a pintar os cabelos, o bigode e as sobrancelhas, agora quer maquiar o mensalão. Pensa que o marketing político pode resolver tudo, Depois do fracasso da tese do caixa 2, agora ele tenta transformar o segundo turno numa enquete sobre quem roubou mais: o PSDB ou o PT. Realmente, é um páreo muito difícil, a ser decidido no “photochart” como se diz no linguajar turfístico.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *