Deputada bolsonarista vota a favor de derrubada de veto, vira alvo de ataques na internet e é acusada de traição

Major Fabiana está cotada para ser vice na chapa de Crivella

Fernanda Alves
O Globo

A deputada bolsonarista Major Fabiana (PSL-RJ) virou alvo de críticas no Twitter após votar pela derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro que impedia o reajuste salarial dos servidores públicos até o fim de 2021. A parlamentar chegou a publicar nesta quinta-feira uma mensagem explicando o voto, mas seus seguidores não aceitaram a justificativa.

“Hoje foi um voto difícil. Votei “Não” na derrubada do veto 17, por ser impossível desassociar da minha pessoa a instituição da Polícia Militar. Por 23 anos estive na linha de frente da corporação, sei como poucos o que representa ser um policial”, postou em seu perfil no Twitter.

TRAIDORA – O veto de Bolsonaro foi mantido por 316 votos pela manutenção contra 165 favoráveis à derrubada. Mesmo com a publicação da major, apoiadores do presidente não se deram por convencidos e estão deixando de seguir a militar e a chamando de traidora. Outros deputados da ala bolsonarista votaram pela derrubada do veto, mas ainda não estão sofrendo ataques. Todos são policiais, como o Sargento Fahur (PSD-PR), Capitão Derrite (PP-SP) e Coronel Tadeu (PSL-SP).

Antes de vira alvo das críticas, O Globo mostrou que a deputada Major Fabiana está cotada para ser vice na chapa do atual prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos – RJ). Ela chegou comentou a proposta em um grupo do WhatsApp: “Crivella virá candidato ao governo em 2022, e eu ficaria como prefeita até 2024 e com apoio federal e estadual pra reeleição a prefeitura”, afirmou.

10 thoughts on “Deputada bolsonarista vota a favor de derrubada de veto, vira alvo de ataques na internet e é acusada de traição

  1. Alô, deputada!

    “Quem com porcos anda, farelo come…..”

    A deputada Alê Silva também está sofrendo ataques da pocilga bolsonarista por ter faltado à votação.

    A pocilga bolsonarista não perdoa quem tem opinião minimamente independente.

    Se divergir da manada, ainda que pontual e respeitosamente, vira inimigo, vira cumunixta.

    Vide o que fizeram com Santos Cruz, Mandetta, Bebiano, Moro Joice Hasselmann, Dayanne Pimentel e outros….

  2. Pura besteira, claro que teve cobrança do seus eleitores, porém reconhece-se que ela na maioria de votações acompanhou o governo. Tem alguns que realmente não entendem a situação da deputada, porém somente em manada é onde não tem divergências e tudo faz parte do jogo político.

    Jajaja, o que dá sorriso é tentar os detratores tentar criar caso onde não tem. Isso mostra o grau de desespero desta turma que ante falta do que falar tentam criar a discórdia: não poderão. Detratores, sejam mais criativos em criar matéria do que escrever. Jajaja

  3. KKK estes deputados fardados deram é tiros nos pés porque o que fizeram foi a mais pura demagogia. Agora vão ser sim cancelados pela militância, muitos como esta major talvez não voltem mais ao atual emprego. O eleitor destes deputados é bem específico e tem memória, se ferraram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *