Deputada Joice Hasselmann relata hematomas e fraturas e aciona a Polícia Legislativa

.

Joice acredita que foi dopada pelo invasor do apartamento

Camila Turtelli
Estadão

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), ex-líder do governo de Jair Bolsonaro no Congresso, está com diversas fraturas e hematomas espalhados pelo corpo e não sabe dizer ao certo como os ferimentos ocorreram. Joice diz ter acordado no último domingo, 18, no chão do seu apartamento funcional, em Brasília, no meio de uma poça de sangue, com frio e muitas dores pelo corpo, enquanto o marido dormia no quarto ao lado.

“Eu cheguei a pensar que tivesse tido um pequeno AVC (acidente vascular cerebral) ou algo assim”, afirmou a deputada ao Estadão/Broadcast Político. Do chão, ela conseguiu chamar o marido – o neurocirurgião Daniel França, que estava no apartamento, mas dormira em outro quarto – para socorrê-la e prestar os primeiros socorros.

EXAMES REVELADORES – Na terça-feira, 20, Joice foi ao hospital fazer exames e descobriu diversos traumas pelo corpo – joelho,  costela, ombro e nuca –, incluindo cinco fraturas na face e uma na coluna.

Os médicos, segundo ela, descartaram a possibilidade de uma queda acidental. Joice acredita ter levado uma paulada na cabeça. “O galo na minha cabeça está muito grande”, contou.

A deputada desconfia ter sofrido um atentado dentro de sua casa e, por isso, acionou o Departamento de Polícia Legislativa (Depol) para abrir investigação sobre o caso. As imagens das câmeras de segurança do prédio devem ser analisadas.

APARTAMENTO FUNCIONAL – Pelas redes sociais, a parlamentar disse que “o pior já passou” e compartilhou um vídeo que mostra o inchaço no rosto, marcas roxas espalhadas pela face, cortes no queixo (profundo, segundo ela) e boca e um dente quebrado. “A hora que desinchar, eu vou ter que ir arrumar isso aqui”, disse ela sobre o dente. “Meu joelho também está trincado, eu estou toda ferrada”, disse a deputada sobre a situação.

Segundo Joice relatou em entrevista ao SBT Brasil, ela não é a única a ter acesso ao apartamento funcional em que mora. “Esse é um local público”, disse. “Essa chave de apartamento funcional não é uma chave que fica só comigo. Outras pessoas em departamentos da própria Câmara têm. Pessoas já passaram pela minha casa, já trabalharam aqui, já tiveram cópia da chave”, afirmou.

PRÉDIO VAZIO – Segundo ela, no dia do ocorrido, havia — “oficialmente” — um deputado e seu filho no prédio, que está “praticamente vazio” por conta do recesso parlamentar. “A gente não sabe se tem alguém escondido”, apontou. Joice ainda descartou a possibilidade de roubo, já que, segundo ela, “não sumiu nem uma agulha”.

Joice está tomando remédio para dores e recebeu o apoio da bancada feminina da Câmara. “Não podemos admitir que quaisquer atos de violência continuem sendo praticados contra as mulheres. Esta gravíssima violência sofrida pela Deputada Joice Hasselmann não pode ficar sem a devida apuração e punição dos responsáveis”, diz a nota.

INVESTIGAÇÃO – Pelo Twitter, parlamentares cobraram celeridade na investigação do caso. “É fundamental que seja esclarecida a autoria das graves agressões físicas à deputada Joice Hasselmann, ocorridas dentro do seu apartamento funcional”, escreveu o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP).

A deputada estadual Renata Souza (PSOL-RJ) classificou a situação como “chocante” e manifestou solidariedade à deputada federal. “Chocada c/ a agressão sofrida pela Joice Hasselmann (PSL-SP) q resultou em dente quebrado e fraturas. Tudo isso aconteceu no apartamento funcional e o marido dormia em outro quarto, de acordo c/ Joice. É importante a celeridade nas investigações. Minha solidariedade a Joice”, escreveu.

CASO MISTERIOSO – “Que dia! Acordamos perplexos com uma ameaça de golpe e dormiremos intrigados com este misterioso caso da Joice Hasselmann. Ambos precisam ser esclarecidos com urgência. Boa noite!”, escreveu o deputado federal Fábio Trad (PSD-MS).

A segurança no apartamento de Joice foi reforçada. “Estou com dois homens armados aqui, uma faca do meu lado e mandei liberar minha pistola”, disse ela. “Eu vou descobrir o que aconteceu comigo, sim”, afirmou a deputada, dizendo que as câmaras do prédio mostrarão quem entrou à noite.

26 thoughts on “Deputada Joice Hasselmann relata hematomas e fraturas e aciona a Polícia Legislativa

    • Estranho ter ido ao hospital só na terça-feira e ter dado entrada com outro nome. Porque a “polícia” legislativa e não a perícia técnico-científica da PF ou PCFD? Aí tem…

      • Parece não ser nem uma coisa, nem outra. Se ela tivesse sido atacada, mesmo adormecida, acordaria com as agressões e se lembraria de alguma coisa.

        Se ela não se lembra de nada, está dando a impressão de ela ter tido um ataque epilético.

        Nesse caso, há perda de consciência, a pessoa cai imediatamente ao chão e tem movimentos involuntários, podendo se debater e se machucar ao bater com a cabeça e membros em objetos ou móveis próximos. E ao final vai recuperando progressivamente a consciência, sem se lembrar do que aconteceu.

        O comentarista Dr. Ednei, médico, dadas as características do caso, poderia se pronunciar sobre essa possibilidade quanto a ter sido mesmo um ataque epilético.

  1. A deputada Joyce chegou a ser uma estrela.
    Hoje está cadente.

    Eis o exemplo de quem faz da política trampolim pessoal para a fama, o poder, os holofotes, a mídia, que suas palavra serão sempre acatadas e aceitas como verdade incontestável.

    Apesar de inteligente, sagaz, simpática, bem-falante, a deputada escorregou na sua própria trilha, a ponto que mais lemos e sabemos sobre ela em noticiários que não são referentes à sua atuação como parlamentar.

    Uma pena, pois eu simpatizava com ela, pela sua determinação, jovialidade, disposição … mas, sucumbiu a si mesma.

  2. De repente pode ser até um Espírito Obsessor Caseiro. “…uma alma desencarnada que em vida tinha muito apego a um certo lugar e escolheu continuar vagando por lá. Na maioria das vezes, é um espírito solitário, que continua perdido e por isso continua morando no mesmo local. Como qualquer obsessor, é um ser desequilibrado e desajustado, porém normalmente não tem más intenções.Comportamento: Raramente tenta fazer mal as pessoas, mas muitas vezes tem a intenção de expulsá-las, pois acha que é o único com direito de morar no local.”

  3. Da Série. : “Eu Avisei”…

    A tucanesca Joyce TucanaHellmanns, adora cagar regras para todos, uma metralhadora quando abre a boca.
    Vamos aguardar se ela foi atacada por algum Bolsominion ou foi uma briga de casal regada a vinho e champagne francesa….
    E o vinho “deles e delas” a garrafa é bem carissima, alguns chegam na casa dos 80 mil dólares….

  4. Nem o melhor dos autores de suspense conseguiria imaginar um enredo destes…sem arrombamento, nada roubado, vítima surrada, dente e costelas quebradas, pancada na cabeça, fraturas na face, jogada ao chão, sangue a gosto, e o maridinho dormindo tranquilamente no quarto ao lado, sem acordar….muito estranho….

  5. Não confio na Peppa traíra, mas desejo que esse caso seja esclarecido o mais rápido possível. O que notei de estranho na notíçia foi o fato do marido estar dormindo em quarto diferente. Lá onde nasci, marido e mulher dormem juntos, no mesmo quarto e na mesma cama.

    • Segundo a parlamentar, por volta da 1h do domingo, ela desligou a televisão após assistir à série “O Grande Guerreiro Otomano”. Tomou um remédio para dormir, sem ter exagerado na dosagem, que diz ser o mesmo há 20 anos: “É igual a água com açúcar”

  6. A Joice se deu conta como o Moro e muitos dos que votaram no demônio, que o bolsonaro não era mais o mesmo, desde que o flávio e o queiroz foram pegos com a mão na massa.

    Assim que nomeou o aras para a pgr o virou um desgoverno e a zona tomou conta do país.

    O gabinete do ódio operou sem anestesia os seus desafetos e aí a Joice caiu em desgraça, sem merecer, a meu ver.

    Ela revelou há pouco tempo que o demônio falou pra ela, o seguinte: ”
    Se eu tomar uma facada, estou eleito”.

    Vejam, não estou acusando ninguém, mas outra vez vemos coincidências incríveis.
    Ninguém sabe ninguém viu!

    Acho que essa moça está muito assustada e o “esquecimento” faz parte do medo.

    Quanto ao marido ter batido nela, acho pouco provável uma briga de casal.
    Ele deve ter feito corpo de delito e não devem ter encontrado nenhum arranhão no corpo ou braços.
    Já viram o tamanho das unhas da tigresa?
    Ninguém sai ileso de uma unhada dessa tigresa.

    De qualquer forma é importante examinar o conteúdo dos vídeos do prédio.
    Isso será cabal pra elucidar este estranhíssimo episódio.

    JL

  7. A Polícia Legislativa que vai investigar???
    É isso que eu li?
    Desde quando tem competência investigativa?
    Desde quando instaura inquérito policial, realiza escuta, monitora ligações telefônicas, infiltra agentes, enfim, pode atuar além dos muros do Congresso?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *