Deputado do PR disse a Garotinho que Cunha ameaça destruir Temer e Jucá

Charge do Duke, reprodução de O Tempo

Sergio Caldieri

Em postagem em seu blog, feita neste domingo à tarde, o ex-governador Anthony Garotinho afirma ter sido informado de que o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afastado da presidente da Câmara e do mandato por decisão do Supremo, está ameaçando o vice-presidente Michel Temer e o senador Romero Jucá (PMDB-RR), dizendo que, se for abandonado, isso pode ser “o fim do início de um governo que nem começou”. Confiram o texto postado por Garotinho, que é do PR.

###
EDUARDO CUNHA COM A FACA NOS DENTES

Anthony Garotinho

Ontem conversei por telefone com um deputado federal do PR amigo íntimo de Eduardo Cunha. Ele tinha estado com Cunha minutos antes em sua residência oficial. Fez algumas afirmações que são de arrepiar os cabelos. Talvez não seja próprio revelar todas, mas uma, com certeza, já deve ter chegado a Michel Temer. Eduardo Cunha disse em alto e bom som a seguinte frase: “Se eu for abandonado não vou sozinho para o sacrifício. É bom que alguém diga a Michel (Temer) e a (Romero) Jucá que eu posso ser o início do fim de um governo que nem começou”. O amigo de Cunha me revelou que nunca tinha visto Eduardo no estado que o encontrou nessa visita. Cunha estava abatido, ansioso e com espírito de vingança.

Em um certo momento da conversa ele deixou transparecer que, na sua opinião, o Supremo não tomaria a decisão que tomou sem uma sondagem prévia ao presidente do Senado, Renan Calheiros e ao próprio Michel Temer. Cunha desconfia de traição embora Temer tenha sido um dos primeiros a ligar para ele assim que o ministro Teori Zavascki concedeu a liminar para suspender o mandato e afastá-lo da presidência da Câmara. Uma das afirmações que chamou a atenção do deputado do PR amigo de Eduardo Cunha foi a seguinte: “Não sou bobo. Tem gente que manda matar e depois vai chorar no velório ao lado da viúva. Se estão pensando que vou aceitar solidariedade sem uma solução concreta estão enganados”.

Disse também que sabia que uma parte da assessoria próxima de Michel, referindo-se a Moreira Franco, estava dando graças a Deus pela sua situação. Demonstrou ainda grande irritação com Leonardo Picciani, que resistiu, segundo informações que chegaram a ele, a assinar uma nota de solidariedade pelo momento que estava vivendo. Eduardo também reafirmava que não renunciaria chegando a dizer que seu substituto, o deputado Waldir Maranhão (PP-MA) é uma espécie de Severino Cavacanti (ex-presidente da Câmara) melhorado e que não duraria nem 15 dias no cargo.

Foram feitas outras afirmações que prefiro não revelar porque, afinal de contas, são quase que uma chantagem a ministros do STF a quem Eduardo Cunha afirma categoricamente que lhe devem muitos favores.

Como a fonte é altamente confiável é bom Michel Temer se preparar para dias nervosos, afinal Eduardo Cunha como amigo é um perigo, e como inimigo é mais perigoso ainda. Imaginem na situação de ex-amigo. Eu não sei porque sou casado com Rosinha há 34 anos e nunca tive outra esposa. Mas dizem que os piores estragos que podem ser feitos na vida de um homem são por ex-mulheres e ex-amigos.

16 thoughts on “Deputado do PR disse a Garotinho que Cunha ameaça destruir Temer e Jucá

  1. Bem , a gente não sabe quem é a “fonte”, e não confia nadica de nada no garotinho. Mas essa possibilidade, chamada delação, é velha conhecida nossa e tão clara quanto o sol do meio dia . As versões da libidinagem na Câmara variam
    nos detalhes. Vejamos a do Josias de Souza:
    ————————————————-
    Cunha repetiu a pelo menos três interlocutores nas últimas 72 horas que não renunciará nem à poltrona de presidente nem ao mandato de deputado. Com isso, impede os colegas de organizar a eleição de um substituto.

    Está empenhado em impor à Câmara o vexame adicional de ser presidida por Waldir Maranhão (PP-MA), uma espécie de nulidade com o prontuário enganchado na Lava Jato. Cleptoaliado de Cunha, o interino já esteve com quem lhe dará as ordens. Conversou com o presidente afastado pessoalmente e por telefone.

    Aliados de Cunha no impeachment de Dilma, quatro partidos de oposição —PSDB, DEM, PPS e PSB— voltam a se reunir na noite desta segunda-feira (9) para tentar achar uma forma de se livrar dele.

    Na outra ponta, nove legendas ainda se dispõem a permanecer ao lado da perversão. Entre elas PMDB, PP e PR. Na bica de tornar-se presidente da República, Michel Temer, correligionário de luxo de Cunha, poderia ajudar a remover o entulho. Mas já sinalizou que prefere a omissão.

    À boca miúda, Cunha diz que sabe o que Temer, a cúpula do PMDB e metade do Congresso fizeram no verão passado. Daí a rede de conivência. Ao assegurar a sobrevida de Cunha mesmo depois da decisão histórica do STF, o conglomerado político que desgoverna o Brasil emite um atestado de inconsequência. Cunha vai se tornando o símbolo da licença que a política concede a si mesma para se reabsolver dos seus crimes. Assegura a reincidência. Mas é um péssimo exemplo para as crianças.

  2. No STF quem deve muitos favores a Cunha? De cara podemos dizer que só para raciocinar podemos pensar em Gilmar Mendes e Dias Toffoli. É só lembrar suas atuações no voto de Barroso e agora no voto de Teori Zavascki, quando ficaram “rosnando para lá e para cá querendo contestar enfatizando a excepcionalidade do voto. Querendo inibir a possibilidade de ser repetido o voto excepcional. Penso só nos dois, será que tem mais alguém?

  3. Pois eu acho que o Garotinho é muito bem informado e deve ser levado em conta, o que ele escreve e o que ele contou sobre o deputado Cunha.

    Já escrevi aqui uma vez, a bronca dos meios de comunicação e das elites contra Garotinho é porque ele, qdo candidato à Presidente da Republica, disse que ia encarar os bancos, mexer no sistema financeiro, seria um novo Brizola.

    Algo assim Garozola … com todo respeito aos dois.
    E já votei mais de uma vez nos dois.

  4. Pois eu acredito em tudo isso e penso que o que esta sendo divulgado, é apenas a pontinha o iceberg, que muito mais ainda dorme escondido nos
    arquivos e mentes dos envolvidos.
    O pântano que é a política brasileira, vive repleto
    de crocodilos, todos famintos e traiçoeiros.
    O Eduardo Cunha, como operador do sistema, já devia
    saber que a coisa é assim mesmo. Político em
    declínio, é como leproso, todos se afastam, com medo da contaminação.
    Acho que ele deve usar sua habilidades de contorcionista, tentar dar nó em pingo dágua, mas sem jogar gasolina no fogo, porque o risco de o próprio ser calcinado é grande.
    O Cunha esta recebendo o merece, porém o que
    se estranha é que outros como o Renan Calheiros, ainda nem sequer foram tornados réus. Parece que o Cunha foi escolhido a dedo para ser o bode expiatório de tudo isso.

  5. Garotinho odeia o PMDB, um rancoroso pois o Cunha enquadrou ele. Mas não acredito muito nisso creio é jogar gasolina nessa fogueira. Mas talvez seja verdade, embora acho que é gasolina na fogueira, afinal Temer não seria louco de deixar o Cunha morrer sem estender a mão. Basta ver que o STF só afastou e não teve coragem de prender o Cunha.

  6. Como superar a síndrome de Peter Pan

    “A Síndrome de Peter Pan tem a ver com determinados traços de personalidade que se caracterizam pela imaturidade psicológica e o narcisismo. Tratam-se de pessoas que são irresponsáveis em certos aspectos da vida, rebeldes, que se negam a envelhecer, dependentes, manipuladoras e que se sentem além das regras sociais. Estas pessoas costumam estar insatisfeitas com o que têm, mas não fazem nada para solucioná-lo. Suas atitudes estão mais concentradas em pedir, receber e exigir do que em dar e fazer. Se você conhece alguém que apresenta estas características, neste artigo vamos dar-lhe algumas recomendações para saber como superar a Síndrome de Peter Pan.”

    Continuar lendo: http://saude.umcomo.com.br/articulo/como-superar-a-sindrome-de-peter-pan-3189.html#ixzz48AB6ARCz

    Em tempo: com nossas desculpas ao nosso grande Dr. Ednei Freitas, decano dos psiquiatras desta ala, por invasão de área e competência. Mas ele vai entender que é por uma justa causa!

  7. Acredito no que Garotinho disse. Garotinho, Cunha são os “bandidos” que o Brasil mais gosta nestes momentos. São corajosos,destemidos e não falaria isso caso não houvesse uma gravação. Caso contrário, eu , no lugar do STF, que mesmo só podendo agir (o que é mais fácil do que nunca, para um procurador) pediria uma queixa para ficar por baixo ao Governador (esse eu respeito) para as águas do STF ficarem “límpidas”.
    Como disse Roberto Jefferson (que acredito também), ainda mais quando citou sua filha, que choraram juntos, disse: ” este é o bandido que eu mais gosto, referindo-se a Cunha.
    Garotinho, parabéns, pela tiragem de um infiltrante e pegar uma gravação deste calibre, num momento de fragilidade de Cunha e saiu falando. Ou você é seu porta voz?

  8. Um estadista diria em cadeia de rádio e televisão:
    Meu povo, estou sendo pressionado por partidos que não deixam eu limpar o país de uma vez por todas, estão me pressionando por cargos que não lhes darei.
    Peço a vocês que me apoie ainda mais agora, onde farei o que deve ser feito, e se tentarem me retirar da cadeira, vocês me sustentem.
    Gostaria de ver qual candidato votaria contra um projeto mandado pelo Presidente com a aprovação popular, o retante é rabo preso.
    Que país é este?

  9. Garotinho conhece muito bem Cunha de quem foi amigo e camarada. Deram trambiques juntos até Cunha dar uma “calçarriada em Garotinho”. Sabe lá o que é isso? Dar rasteira em Garotinho?Garotinho quando ainda não estava na política era apenas radialista em Campos conhecido como Bolinha, deu um golpe nos “banqueiros de bicho que exploravam corridas de cavalos”. Os banqueiros ficaram tontos e enguliram o prejuizo. Garotinho era protegido por um oficial do DOI-CODI. Isso é briga de cachorro grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *