Deputado do PT sai da miséria e declara bens de R$ 5,1 milhões

Mesmo condenado por roubo, Moura virou deputado

Fernando Gallo
Estadão

Ora enrolado na trama que o envolveu em uma reunião com suspeitos de integrar o PCC, o deputado estadual Luiz Moura (PT) é um empresário de sucesso. Ao menos é o que se depreende da sua evolução patrimonial. Documentos que vieram a público pelo portal do Estadão na última sexta feira, 23, às 6 hs, revelam que, em cinco anos, Moura saiu de uma situação de pobreza para ser detentor de um patrimônio de R$ 5,1 milhões.

Em janeiro de 2005, para solicitar sua reabilitação criminal à Justiça catarinense – que o condenara por roubo -, além de afirmar que praticara os crimes porque usava entorpecentes, mas se regenerara, Moura assinou um atestado de pobreza no qual sustentava não possuir “condições financeiras de ressarcir a vítima”, no caso, um supermercado do qual subtraiu R$ 2,4 mil em Ilhota (SC).

RENDIMENTOS…

Além disso, apresentou uma declaração de Imposto de Renda de 2004 (ano calendário 2003) na qual afirmava que, em todo o ano anterior tivera rendimentos que somaram R$ 15,8 mil, ou o equivalente a R$ 1,3 mil por mês.

Em 2010, contudo, quando se apresentou pela primeira vez como candidato, Luiz Moura, em sua declaração de bens, apresentou um patrimônio de R$ 5,1 milhões, dos quais R$ 4 milhões em cotas de uma empresa de ônibus – a Happy Play Tour -, cinco postos de gasolina, quatro casas e um ônibus.

Na ocasião, convenceu 104.705 eleitores a votarem nele, o que lhe rendeu uma cadeira na Assembleia Legislativa e um mandato de quatro anos.

(reportagem enviada por Virgilio Tamberlini)

23 thoughts on “Deputado do PT sai da miséria e declara bens de R$ 5,1 milhões

  1. A conexão entre o crime organizado e os esquerdistas no poder acontece também na Venezuela bolivariana chavista:

    LEAMSY SALAZAR, EX CHEFE DA SEGURANÇA DE DIOSDADO CABELLO, FUGIU PARA OS EUA ONDE GANHOU PROTEÇÃO DAS AUTORIDADES E ACUSA DE NARCOTRÁFICO O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL VENEZUELANA, NUMERO DOIS DO CHAVISMO.

    MAIS AQUI:
    http://www.diariolasamericas.com/4848_venezuela/2921229_escolta-diosdado-cabello-acusa-narcotrafico-washington.html

  2. É aquilo que venho escrevendo sempre:
    O Congresso é sinônimo de ladroagem, enriquecimento ilícito, antro de corruptos e desonestos, escola do crime!
    Considerando e vencimento bruto de cada parlamentar, e sem qualquer desconto, 33.000,00 mensais, e sem despesa alguma para viver – que de fato eles não têm em razão da imoral indenização de despesas pessoais e de gabinete – em quatro anos um deputado ganha limpos R$1.500.000,00, repito, salário bruto sem desconto algum.
    Uma declaração que ultrapassa cinco milhões, creio não ser necessário comentar mais nada.
    Eis a prova do que venho afirmando sistematicamente.

  3. Bendl,
    Nos últimos anos se difundiu no brasil que pobre é honesto, competente, bem intencionado.
    Na politica, esses meliantes pobres na origem, chegam com o discurso: ” agora chegou a nossa vez!”.
    É isso ai que estas vendo e, podes crer,…..brasileiro é assim mesmo!
    SDS
    Vitor.

    • Vitor,
      Que atração irressitível tem esta política nacional que, uma vez vez dela fazendo parte, o cara se transforma automaticamente em ladrão!
      E não vou usar de eufemismos, ladrão, mesmo, a começar com as notas que apresentam de despesas pessoais, outra fraude contra o eleitor e erário público.
      O cara ganha um salário nababesco, e ainda temos de pagar-lhe as “despesas”?!
      Mais plano de saúde, plano dentário, assessores (aspones), um festival sem fim de dinheiro jogado no lixo por estes inescrupulosos, inúteis, corruptos e desonestos!
      Até quando?!?!

  4. Caro Bendl, infelizmente no Brasil os parlamentos (federais, estaduais e municipais) servem prioritariamente para que os políticos eleitos enriqueçam rapidamente.

    Raríssimos são aqueles que têm real interesse em servir à sociedade!

    • Juca,
      Olha, acredito que não mais existam sequer os “raríssimos”.
      Não há quem não saiba no Parlamento (somente blá blá blá) quem age desonestamente.
      Portanto, se sabe e continua “colega” do criminoso, no mínimo é cúmplice.
      Mais a mais, o deputado e senador podem ser corruptos sem roubar dinheiro, desviar verbas, basta que deem um jeitinho e consigam um “carguinho” para um ou outro parente, amigo ou apaniguado ou que possibilitem a entrada no seviço público sem concurso.
      Por outro lado, todos, indistintamente, produzem prejuízos porque recebem rios de dinheiro ilicitamente, a começar que “iniciam” o expediente às terças, e o encerram às quintas-feiras.
      E a segunda, a sexta?
      Trabalham dois dias e meio, e folgam quatro e meio!
      Não gosto de comentar esse tipo de assunto pela raiva e indignação que tomam conta da minha razão.
      Acho que estamos perdendo tempo demais em suportar esse escárnio conosco, com quem efetivamente trabalha e paga impostos para sustentar esta camarilha de desocupados, bando de cretinos.
      Valeu, Juca.

  5. Ao invés de arrochar o povo, coloquem taxas e sobretaxas nos imóveis – que não conseguirem provar a renda para sua compra – mas elevem bastante esses impostos até ao ponto do político ter que desfazer dele pro governo. Isso é que seria justiça e não tomar o bem do povo.

  6. É a comprovação da minha tese: – Os partidos políticos (organizações criminosas) só impõe ladrões como candidatos. Com raras excesões, cada vez mais raras.
    Para nós só resta referendar (o que eles chamam de votar) o menos pior e depois aguentar a gozação dos ditos “analistas políticos”, que estribados em seu “grande saber”, nos culpam por não saber votar.
    E, como dizem outros, com o tempo vamos aprender.
    Devo ter nascido muito burro, pois não vou aprender NUNCA !!!

  7. É a comprovação da minha tese: – Os partidos políticos (organizações criminosas) só impõe ladrões como candidatos. Com raras exceções, cada vez mais raras.
    Para nós só resta referendar (o que eles chamam de votar) o menos pior e depois aguentar a gozação dos ditos “analistas políticos”, que estribados em seu “grande saber”, nos culpam por não saber votar.
    E, como dizem outros, com o tempo vamos aprender.
    Devo ter nascido muito burro, pois não vou aprender NUNCA !!!

  8. O caso desse tipo aí foi o fim da picada. Condenado por homicídio, fugiu, escondeu-se até que a pena prescrevesse e se apresentou à lei, pedindo reabilitação. Obteve. Candidatou-se a deputado estadual (por São Paulo!!) e o tribunal eleitoral lhe deferiu a inscrição como candidato. Como é que isso pode acontecer, com o passado que tinha? Não é de admirar que se tenha juntado com a maior organização criminosa com atuação em São Paulo.

  9. Roubaram até ‘aszelites’ dos flagelados pela seca no RN !
    REDAÇÃO
    27 janeiro 2015 | 13:31
    ‘Operação Itaretama’ mira grupo que direcionava licitações
    Por Fausto Macedo e Julia Affonso
    A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terçafeira,
    27, em Natal , a Operação Itaretama para desarticular uma associação criminosa
    que fraudava licitações em prefeituras do interior do Rio Grande do Norte e na Companhia de Águas e Esgotos do Estado (CAERN),
    direcionava obras promovidas pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), além de desviar recursos públicos.
    A investigação da PF teve início no primeiro semestre de 2014 e revelou que servidores do DNOCS mantinham “estreito relacionamento”
    com empresários do setor de engenharia, fazendo com que contratações tenham sido direcionadas e licitações indevidamente
    dispensadas ou fraudadas.

  10. Uma grande parte dos políticos, entrou para política pobre e de repente,
    ficou rico, os que entraram ricos, ficaram mais ricos . Isso explica o gasto de milhões para se elegerem e permanecerem no poder.
    O que me chama a atenção é a Receita Federal não enxergar, essa repentinas
    riquezas. Quanto ao trabalhador se errar em um real na declaração do imposto
    de renda, cai na malha fina e pequenas empresas brasileiras são observadas até demais pela Receita Federal.
    Esses salários absurdos e benefícios a políticos e a toda a esfera do poder público, enquanto o tralhador e aposentados têm que se virar para o dinheiro render até o final
    do mês, ainda sendo os que mais pagam impostos. Com certeza, pode demorar, mas esse
    descalabro vai dar origem a uma revolução.

  11. o rapazim é do tal p.t.,

    do p.t.,

    do p.t., pessoal …

    por que essa admiração toda ???

    seria de causar espanto, assombro, embevecimento, pasmo,

    se tivesse qualquer vestígio de probidade

  12. O deputado Luiz Moura é do PT – Partido dos Trambiqueiros. É da “nata” do PT, assim como André Vargas.

    Todos discípulos de Lula e que possuem o Lulinha como ídolo.

    Considerando tudo isso, até que acumulou pouca grana.

    Devia ser nomeado diretor da Petrobras para mostrar maior competência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *