Desenvoltura do vice Mourão já despertou a ira de lideranças evangélicas

Resultado de imagem para malafaia

Malafaia ataca Mourão e diz que o vice não tem ética

Pedro Venceslau e Valmar Hupsel
Estadão

O discurso independente e a desenvoltura do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) desgastaram a relação do Palácio do Planalto com o setor evangélico, considerado fundamental na eleição do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Nos últimos dias, líderes de igrejas que durante a campanha apoiaram explicitamente o candidato do PSL e representantes do segmento no Congresso expuseram a insatisfação com o vice, principalmente após ele se manifestar contra a transferência da embaixada brasileira em Israel para Jerusalém.

As lideranças religiosas e parlamentares da bancada evangélica pretendem pressionar o presidente para que ele desautorize publicamente o vice – Bolsonaro permanece internado em São Paulo se recuperando da cirurgia para a reconstrução do trânsito intestinal.

EM EXERCÍCIO – Na condição de presidente em exercício, Mourão recebeu no último dia 28 o embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzeben, e defendeu a posição que contraria manifestações anteriores do próprio Bolsonaro. Com 108 deputados e 10 senadores na atual Legislatura, a Frente Parlamentar Evangélica, que tem uma atuação historicamente coesa em defesa de suas bandeiras, terá um peso decisivo para a agenda do governo no Congresso Nacional.

“Vamos cobrar (do Bolsonaro) o cumprimento daquilo que foi tratado. Se o Mourão está a serviço de algum grupo de interesse contrário a que isso aconteça, tenho convicção que ele perdeu essa queda de braço. Mourão é um poeta calado. Sempre que abre a boca cria um problema para o governo”, disse ao Estado o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), principal porta-voz da Frente. O deputado deve assumir a presidência do grupo nos próximos dias. O atual presidente, deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR), não se reelegeu.

QUESTÃO DO ABORTO – Os evangélicos ficaram também incomodados com o vice por causa de uma entrevista na qual ele defendeu que o aborto é uma escolha da mulher. O ponto central das queixas, contudo, é a questão da mudança da embaixada brasileira de Tel-Aviv para Jerusalém. “Esse foi um compromisso de campanha do presidente da República com nosso segmento. Nós não pedimos muitas coisas a ele, mas essa foi uma delas”, disse Sóstenes.

“Por que o Mourão, sabendo das bandeiras do Bolsonaro, não se manifestou antes da eleição? É uma coisa feia esconder suas convicções. Faltou protocolo e ética no exercício da função dele. Mourão está fazendo campanha para 2022, mas a ala conservadora não vota nele nunca”, disse ao Estado o pastor Silas Malafaia, líder da igreja evangélica Vitória em Cristo e presidente do Conselho dos Pastores do Brasil.

APOIO A TRUMP – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu Jerusalém capital de Israel em dezembro de 2017. Cinco meses depois, a embaixada norte-americana foi transferida para lá. Para o bispo e presidente do Ministério Sara Nossa Terra, Robson Rodovalho, a mudança da embaixada “facilitaria muito” a viagem de brasileiros a Israel e estimularia a ampliação da oferta de voos.

Os contrários à mudança alertam para os potenciais prejuízos para as exportações brasileiras para países árabes, que estão entre os principais importadores de carne bovina e de frango do País. O Brasil pode também receber pressão da comunidade internacional. Para a ONU, o status de Jerusalém deve ser decidido em negociações de paz.

“Quando o Bolsonaro se recuperar, vamos marcar uma audiência com ele. A ideia é levar uma carta deixando claro nossa insatisfação. Hoje, o Mourão é uma instituição e deveria guardar as opiniões para ele”, disse o deputado federal Filipe Barros (PSL-PR). Na semana passada, outros parlamentares usaram a tribuna da Casa para criticar publicamente o vice.

FORÇAS ARMADAS – Segundo fontes do primeiro escalão das Forças Armadas ouvidas pelo Estado, Mourão age de forma “coerente” com o pensamento dos militares, especialmente quando faz críticas à política externa e sinaliza que a prioridade do governo deve ser a agenda econômica, e não a de costumes.

Ao desautorizar o chanceler Ernesto Araújo sobre a oferta de uma base no Brasil para os EUA, Mourão reproduziu a linha de pensamento dominante nas Forças Armadas, que contam com sete quadros no primeiro escalão e representam um dos pilares da administração. Procurada, a assessoria do vice disse que ele não iria se manifestar.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Isso não vai dar certo. Os líderes evangélicos acham que estão no poder e exigem que o presidente trabalhe em prol dos interesses deles. A mudança da embaixada é uma tremenda mancada diplomática, já foi solenemente descartada e o chanceler nem se atreve a tocar no assunto. O Brasil é um estado laico. Quem não estiver satisfeito que se mude. (C.N.)

25 thoughts on “Desenvoltura do vice Mourão já despertou a ira de lideranças evangélicas

  1. Nada tenho a ver com Mourão, mas este MALafaia não tem ética, também, pois é um gigolô da bíblia, de Jesus, um picareta; o MP deveria fazer uma operação para investigar estas igrejas destes vigaristas.

  2. Há tantos fantasmas ansiosos para exercer o poder: Bolsonaro’s kids, evangelicos e outros grupos aderentes.
    Nenhum deles passou pelo escrutínio das urnas.
    Só Bolsonaro pai e Mourão. Gostem ou não.

  3. Não tenho religião e nem me importo com a existência ou não de deus, mas entre mourão e Malafaia, sou mais este último.
    Com os adeptos da religião socialista tem que jogar duro, pois são psicopatas. Mentem, roubam e até matam. A História mostra.

    • Essa é boa. O socialismo matando mais gente que as religiões…
      Queria ver citar os casos.
      Você está lendo os livros ao contrário.
      Os maiores holocaustos foram o promovidos pelo Islamismo (na Asia) e o Nazismo (contra judeus, ciganos e outras).

  4. Esses Vagabundos que vivem de tosquiar suas ovelhas, em nome de um Deus Capetalista, são canalhas sem cacife moral para falarem mal do general Mourão. Esses sacripantas bandidos deveriam estar confinados e finados nas penitenciárias de São Luís ou de Fortaleza!

  5. Esse sujeito (Malafaia) tinha que ser preso.

    “Malafaia diz em culto que quem não desse oferta ficaria sem bençãos” (https://folhagospel.com/malafaia-diz-em-culto-que-quem-nao-desse-oferta-ficaria-sem-bencaos/)

    Malafaia quer que desempregado doe 30% da ajuda que conseguir.
    https://www.paulopes.com.br/2010/04/silas-malafaia-quer-30-da-ajuda.html

    Silas Malafaia pede TRÍZIMO de desempregado e o dinheiro do aluguel.
    (http://pulpitocristao.com/2010/04/silas-malafaia-pede-trizimo-de.html)

  6. Igreja e estado andando juntos nunca foi boa coisa. O estado tem que garantir liberdade religiosa, e religioso tem que pregar em púlpito, sobre o reino de Deus. Se juntar, achando que na terra terão paraíso, criarão o inferno para muitos. Esses evangélicos marcam reunião com anjos caídos ou são meio para o tal espírito (demônios) se expressarem. Santo espírito nada mais é do que o próprio Jesus, se lessem a Bíblia. um terceiro nada mais é do que culto pagão.

  7. Problema quanto à enganação de pastores, padres , políticos, etc se resolve facilmente com educação.

    “”Suspeita-se dos espertos, dos velhacos, dos farsantes; no entanto, não poderíamos atribuir-lhes nenhuma das grandes convulsões da história; não acreditando em nada não vasculham nossos corações, nem nossos pensamentos mais íntimos, abandonam-nos à nossa indolência, ao nosso desespero o à nossa inutilidade; a humanidade deve a eles os poucos momentos de prosperidade que conheceu: SÃO ELES QUE SALVAM OS POVOS QUE OS FANÁTICOS TORTURAM E QUE OS IDEALISTAS ARRUÍNAM.” (CIORAN)

  8. EVANGÉLICOS QUE ESTÃO PRESSIONANDO BOLSONARO A PRATICAMENTE ROMPER COM O VICE MOURÃO! DEIXEM DE SER BURROS!
    Ou voces não percebem que o enfraquecimento prematuro do governo Bolsonaro, com um de seus principais pilares que são os militares, só serve para fortalecer a oposição esquerdopata representada por PT e congeneres, aliás o mesmo PT a quem voces apoiaram decididamente nas eleições de 2010.
    Tudo isso por razões religiosas fundamentalistas, voces para agradar Israel não titubeiam em colocar em risco milhões de empregos da industria alimenticia e do agro negócio. É MUITA BURRICE!
    É burrice com sinal trocado porque a estúpido governo esquerdopata da DILMANTA fez questão de hostilizar o governo de Israel. Os militares que tem visão estratégica do país, nesse caso representados pelo General Mourão, sabem muito bem que nenhum dos 2 lados do conflito tem que ser hostilizado, ainda mais por uma potencia média como o Brasil. Se essa estratégia burra for mantida, temos muito a perder e praticamente nada a ganhar.

  9. A impressão é que o problema do Mourão é que ele não gosta de bandidos, muito menos na seara política, daí quando Mourão dá os seus pitacos em prol da decência a bandidada fica toda arrepiada, e até tentam fazer dele a Geni da ora, visando queimá-lo.

  10. Já passava da meia-noite, ligeuei a radionet e sintonizei numa Rádio do interior do Pará. Nela, um pastor explicava a tragédia de Brumadinho, segundo uma revelação feita a ele pelo espirito santo.
    Na interpretação daquele homem de deus, o Senhor ter-se-ia sentido desprestigiado e posto em segundo plano, pelo forma acalorada como os brasileiros acolheram Dalai LAMA, durante as suas quatro visitas, aqui no Brasil. Essa LAMA pode ter sido uma resposta de deus, em forma de ira. Acrescentou o reverendo.
    -Depois, um ouvinte ligou e perguntou-lhe: “Por que essa profecia veio ser revelada, justamente, ao pregador com quem falo?” Ele justificou que foi por causa de duas coincidências:
    “-Primeira: eu vivo em Parauapebas-PA. E lá, em Minas Gerais, um dos rios mais prejudicados foi o Paraopeba; ambos em tupi-guarani significam: rio de águas rasas.
    -Segunda: um dos municípios envolvidos, no acidente, chama-se Pará de Minas, justamente o nome do meu estado, Pará (que quer dizer também, Rio )! E lembre-se, sem água não existe Rio, nem LAMA. Abençoou a todos e encerrou a programação.
    PS: Se você tem correspondente em Belém, confirme este relato: lá pela década de 90, uns crentes fanáticos, todos de chambres brancos, chegavam nas lojas e invadiam. Se lá encontrassem um boneco de marca comercial, “fogão”, os lunáticos pegavam-no e cortavam ao meio, para do interior dele tirarem um simbolo da besta fera. Somente depois que a polícia interveio, foi que acabaram com a patarata!

    • Essa velha visão de Deus vingativo bem tipica do velho testamento. Esses ignorantes se apegam muito mais ao antigo testamento que faz muito mais sentido aos judeus. Nada contra os judeus, muito pelo contrário, mas o que esses ignorantes parece que fazem questão de esquecer é a principal mensagem de Jesus, que deu base a todo o NOVO testamento. DEUS É MISERICORDIA, É PAI DE TODOS OS SERES HUMANOS, ATÉ MESMO DE TODOS OS SERES VIVOS, NÃO É O DEUS SÓ DOS JUDEUS É DE TODA HUMANIDADE! E DALAI LAMA TAMBÉM É FILHO DE DEUS, OU DE BUDA COMO QUISER, DEUS NÃO É CASTIGO, DEUS É MISERICORDIA, AMOR E PERDÃO!

  11. O principal problema do presidente são os seus “aliados”, é muita gente querendo muita coisa e é prá já. O vice ainda não se deu conta de que não é titular, ou seja, não vai começar jogando todos os jogos. Os “líderes evangélicos” querem ver as promessas feitas à eles já satisfeitas, estão com muita pressa. E a canalha política ainda não sabe o que quer ao certo, cabe a nós termos paciência, e rezar pelo melhor.

  12. Quando futebol, política e religião se misturam, sempre dá em merda !!! O Congresso não é um templo e o Brasil é um país laico ! Esses protestantezinhos de meia tigela só têm UM deus e o nome dele é DÍZIMO ! Israel não passa de um país desorientado e cheio de gente que só pensa em matar palestinos, os quais têm tanto direito de existir quanto eles. Esse negócio de mudar embaixada para Jerusalém só poderia ter saído da cabeça de um idiota como o Trump. Lamento profundamente, pois o nobre povo americano não merece uma desgraça dessa.

  13. A história do mundo nos mostra que toda vez que religião assumiu, ou tentou assumir o poder houve conflitos, guerra e matanças. Ainda nos dias de hoje está aí o Estado Islâmico matando e fazendo barbaridades em nome de Ala.
    As religiões evangélicas do Brasil, com algumas exceções, enriqueceram em nome de Deus, explorando a ignorância do povo,, usando horários em vários canais de televisão, as vezes ao mesmo tempo para amealhar mais adeptos, com isso mais dízimo e mais poder.
    Os evangélicos têm uma boa bancada e vão continuar crescendo, isso porque o voto.da maioria dos fieis seguem a orientação do pastor.. É o voto de cabresto mais certo..
    Esse pastores querem a mudança.da embaixada do Brasil para Jerusalém, sem motivo plausível, apenas para atender seus interesses religiosos,, se isso vai afetar o comércio do Brasil com os países árabes pouco importa.
    Deveria ser proibido um religioso: pastores, bispos e padres, se envolverem na politica. O Brasil é um estado Laico. Lugar de religioso cristão é na igreja pregando os ensinamentos de cristo, mas não é isso que se vê.

  14. Boa tarde leitores(as):

    Esses falsos lideres evangélicos não são e nunca foram exemplos de “honradez , honestidade e decência” ,vide à vida pregressa de cada um deles , eu votei no candidato Jair Bolsonaro , mas não esperava que ele fosse se cercar de vários criminosos , tal como o ministro da economia PAULO GUEDES e outros , ainda há tempo de o presidente se livrar dessa corja , pois esta em início de mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *