Desincompatibilizao: faltam exatamente 35 dias para os presidenciveis deixarem os cargos

Diminuiu o prazo pelo fato de fevereiro s ter 28 dias. O nico que cumpriu o prometido: Tarso Genro, que entregou o ministrio da Justia a um desconhecido. Mas no sabe se ganha do prefeito reeeleito, do PMDB.

Requio, Ciro, Marina, no tm problemas. Acio tem que sair mesmo, j ficou os dois mandatos. Ser senador. Requio tambm. Ciro deputado, enganou que pretendia o governo de So Paulo, disse a Lula, ajudarei a Dilma a ir para o segundo turno. Encampou a nova realidade ou convico, seus amigos repetem o que ouvem dele: Vai para o segundo turno, e o Serra (se disputar) no ganha dele. E Dona Dilma?

Dona Dilma e o futuro

Na capa da sujssima Veja, (nas bancas, cada nmero agora, resiste duas semanas), a declarao da candidata de Lula: A realidade mudou e ns com ela. H!Ha!Ha! Ela no engraada nem mesmo quando finge.

O que se depreende (ou aprende?) da frase, traduzida para o usual. No mais arbitrria, atrabiliria, condescendente com o veto do PT, subserviente em relao a Lula, mandona sem nada a ver com Madonna, diversionista, divisionista e tentando ser divertidista. E a promessa de esquecer o passado, no repetir o presente, em troca de esperana no futuro?

Desmentido

Um amigo de Flavio Maluf, riqussimo e filho de Paulo Maluf (como poderia ser pobre?) pede em nome dele: Jornalista, a casa de Flvio Maluf est longe de valer 20 milhes como o senhor disse. No mximo, em mar de sorte, chega a 17 milhes.

Como no recuso pedidos como esse, e honrando a mar de sorte (s o fato de ser filho de Maluf j uma ddiva de Deus) dele, est a a sua verso do valor da casa. Mas o aluguel continua o mesmo. E na verdade, o dinheiro vale mesmo pelo que rende.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.