Desmanchando o milagre que os portugueses fizeram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Carlos Chagas

Não dá mais para segurar. Nem para compor, amaciar, tergiversar. Ou se adotam mudanças radicais e profundas nas instituições e nas pessoas ou o país se desagrega. Porque nunca se roubou tanto como nessa tríplice aliança entre governo, empreiteiras e políticos.

Governo, por nomear bandidos para a direção de suas empresas, ávidos de permitir o assalto ao patrimônio público, do qual retiram fortunas em benefício próprio. Empreiteiras, porque, mancomunadas com altos dirigentes das estruturas governamentais, superfaturam obras e serviços, obtendo contratos e aditivos falsos para enriquecer às custas dos cofres da nação. Políticos, porque responsáveis pelas nomeações, junto ao   governo que dominam, exigindo das empreiteiras altos percentuais dos negócios escusos.

Os últimos meses estão mostrando que não apenas na Petrobras corria lama em vez de petróleo. Na construção de hidrelétricas e termoelétricas, na implantação de ferrovias e rodovias, portos e demais obras, é a mesma coisa. No fornecimento de produtos e na oferta de serviços, também. Até no organismo encarregado de zelar pela cobrança de impostos. Dificilmente se encontra um importante setor da administração pública que não esteja infestado por dirigentes corruptos, empresas privadas e políticos.

DERRUBAR O TRIPÉ

Urgente se torna derrubar o tripé. Primeiro através de um governo capaz de identificar, substituir e punir quantos bandidos estiverem incrustados em suas estruturas. Depois, por fiscalização tão rígida capaz de levar as empresas a perceber como mais lucrativa a honestidade do que a roubalheira. Por último, depois de ampla reforma política, depurar os partidos e afastar a corrupção das práticas eleitorais.

Como se chegará a tanto? Trocar o governo poderá constituir-se em solução extrema, caso ele não se recicle em tempo recorde por meio da defenestração de ministros ineptos, representantes de partidos, e sua substituição por técnicos e similares de comprovada capacidade, em condições de recuperar as empresas públicas danificadas. Importante também será, por meio do Congresso, delegar ao Ministério Público, o Judiciário e a Polícia Federal mecanismos de ação cirúrgica para a investigação, identificação e condenação de quantos estiverem implicados nesse festival de corrupção.

Fora daí será a   desagregação nacional. Nossa transformação num conjunto cada vez mais dissociado de um futuro comum e da vontade de buscá-lo. Estará desfeito o milagre produzido pelos portugueses, que nos legaram um país uno e indivisível em meio ao fracionamento da América Espanhola.

4 thoughts on “Desmanchando o milagre que os portugueses fizeram

  1. Sr. Chagas, assino em baixo, o final é uma realidade, os Bandeirantes, com sacrificios, nos legaram um território sem igual, mas esses Ptraidores e penduricalhos, está a destruir, pela imoralidade, até quando?, que DEUS nos ajude, e proteja esse Juiz Moro e Equipes, pois, ficarão como marco: Aqui esperamos que acaba a corrupção desenfreada, e renasce um NOVO BRASIL, ÉTICO, HONRADO, para isso contamos com o povo brasileiro vilipendiado e estuprado em seus Direitos de uma vida digna, como fruto do trabalho honesto.
    Acredito em DEUS, nas Mensagens de seu Missionário Jesus: A cada um segundo suas obras e Pagarás até o último ceitil, Leis Cósmicas de uma JUSTIÇA QUE FAZ JUSTIÇA.
    A vida continua, só levaremos “o que somos”, para enfrentar a consciência, Tribunal Divino, e os ladrões do cofre público, irão ranger os dentes, com certeza absoluta.
    Que DEUS nos ajude!!!

  2. Como pode funcionar se os congressistas estão com suspeitas de envolvimento em corrupção e pasme são presidentes da câmara e do senado ? Concordo com o Sr. apura-se julga-se e conforme o resultado puni-se tudo dentro da legislação.

  3. Ilustre Jorn.Carlos Chagas: Isso que o Sr. está dizendo agora,nós,chamados “separatistas” ( que na verdade somos os verdadeiros unionistas),estamos dizendo desde os anos 80. Queremos separação política e jurídica ,e verdadeira UNIÃO social e econômica Mas sempre fomos taxados de “criminosos”,”antipatriotas”,”traidores da pátria”,bandidos e por aí vai. Principalmente pelos elementos que integram os Três Poderes de quem o Sr.Fala,e também pela grande mídia,à qual o Sr.faz parte. Sempre dissemos tudo em outras palavras: ” o Brasil não deu certo”. E se não deu em 500 anos,também não daria nos próximos 500. Pesquise o artigo “DESMANCHE OU NOVO PACTO DA FEDERAÇÃO ?”

  4. Este artigo do Carlos Chagas é um verdadeiro ‘sumário conciso’ do Brasil hoje, de tão acertado na condução do exame, no diagnóstico da síndrome central, na eleição do princípio terapêutico e na prescrição essencial. Sumarizo assim este importante e consistente artigo: “NUNCA SE ROUBOU TANTO COMO NESSA TRÍPLICE ALIANÇA ENTRE GOVERNO, EMPREITEIRAS E POLÍTICOS. URGENTE SE TORNA DERRUBAR ESSE TRIPÉ. FORA DAÍ SERÁ A DESAGREGAÇÃO NACIONAL: ESTARÁ DESFEITO O MILAGRE PRODUZIDO PELOS PORTUGUESES, QUE NOS LEGARAM UM PAÍS UNO E INDIVISÍVEL EM MEIO AO FRACIONAMENTO DA AMÉRICA ESPANHOLA”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *