Dilma demonstra mais coragem do que Lula, Alckmin e Haddad

Francisco Bendl

Por uma questo de coerncia, tenho de admitir que no me dei conta desse importante detalhe oportunamente levantado pelo comentarista Armando Martin, assinalando que o governador de So Paulo estava ausente na inaugurao da Copa e do nosso jogo.Teria sido vaiado tambm.

No entanto, observa-se que os polticos homens esto muito medrosos, covardes at, eu diria. O ex-presidenteLula, criador do Itaquero, no foi e sequer explicou sua ausncia; GeraldoAlckmin fez o mesmo espera! -, mas o prefeito de So Paulo Fernando Haddad estava l ou no?Acho que no.

A presidente est fazendo uma pssima administrao. No entanto, devemos reconhecer que ela muito mais corajosa que os seus colegas homens do PT, que adoram a surdina e preferem os pores, os labirintos, do que se mostrarem-se ao sol, luz do dia!

 

40 thoughts on “Dilma demonstra mais coragem do que Lula, Alckmin e Haddad

  1. No se iluda, Bendl. Faz parte do contrato com a Fifa. J imaginou o mico do governo em ter que pagar multa pela ausncia da presidente?

    Seria muito pior que os xingamentos…

    • Froes,
      No tenho iluses neste sentido, mas a verdade que a mulher, Dilma, botou os homens Lula, Alkmin, Haddad, e tantos outros ausentes neste evento, no bolso, em termos de valentia e dar a cara para bater!
      Se fui contra a forma como foi hostilizada, no fui contra a vaia, mas ofensa, ela se portou de forma digna, pois poderia ter deixado o estdio aps a manifestao mal educada e desrespeitosa, no entanto, permaneceu impassvel.
      Vamos e venhamos, a presidente foi exemplar na sua funo e representatividade.
      Agora, indo um pouco mais fundo, esta maneira escolhida de se dizer insatisfeito com o seu governo foi um tiro no p.
      Muita gente que no ia votar nela est voltando atrs, e ela est recebendo apoios da imprensa em sua ampla maioria.
      Leste o que disse Juca Kfouri?
      O cara j veio culpando a “elite branca intolerante”, racismo puro!
      Os vdeos mostraram que branco, preto, pardo, sarar, mulato, quem estava no estdio na sua maior parte vaiou e berrou palavro contra ela e, no entanto, Juca acusa a elite branca (no sei de onde ele tirou essa idia absurda).
      Se vamos nos fixar neste particular, a segregao partiu dos organizadores da Copa, que ao tarifarem os ingressos na ordem de R$ 900,00 impediram a entrada de populares, os pobres, negros, brancos, sarars, mulatos, pardos …
      Enfim, a manifestao da Copa vai render lucros presidente Dilma em termos eleitorais.

      • Sem dvida, Bendl, ela bem mais “macho” que Lula. Fazendo uma recapitulao do seu governo, apesar de ser lamentvel sob quase todos os outros aspectos, salvo erro ou omisso, ela sempre botou a cara a tapa, muito embora, no caso especfico, a sua presena na abertura e no encerramento da copa esteja sim – no brincadeira – estabelecida no contrato do governo com a Fifa, sob pena de multa pesadssima e, quem sabe, uma execrao pblica feita pelo inescrupuloso Sepp Blatter.

        Infelizmente para o Brasil, a – digamos com complacncia – qualidade da coragem como nico requisito de Dilma no o suficiente para comandar qualquer coisa. Nem uma loja de R$ 1,99.

  2. Caro Bendl, como sempre com bom textos.
    Foi bom trazer ao debate para vermos quem so os covardes de sempre.
    Pelo menos a PResidenta enfrentou sozinha as vaias e xingamentos que lhe foram “proferidos” no Estdio.
    Tentei “enxergar” se via os “famosos” oportunistas” de planto, aqueles que quando abrem a porta de uma geladeira j do entrevistas.
    Bends, tambm esqueceu do famoso Vampiro Brasileiro, quando era governador de So Paulo (2007 ) tambm queria trazer a Copa para o Brasil.
    E onde ele estava no camorote.??????

  3. Martin,
    Foi o que eu disse:
    A presidente Dilma foi infinitamente mais corajosa e valente que os homens tanto do seu partido quanto adversrios!
    E esta uma das razes que no apoiei a expresso indecorosa que os torcedores usaram contra ela.
    Que sofresse a vaia, menos a gresso e ofensa.
    Valeu, Armando.

    • Vaulber,
      Ento, vou te explicar:
      ” … a mulher, Dilma, botou os homens Lula, Alkmin, Haddad, e tantos outros ausentes neste evento, no bolso, em termos de valentia e dar a cara para bater!”
      Dei nfase mulher que, neste caso, chama-se Dilma, coincidentemente, presidente do Brasil, que foi muito mais corajosa que Lula e demais citados, que no foram ao evento por medo de vaia ou da reao dos torcedores.
      Ela foi, e recebeu sozinha a indignao popular.
      E agora, compreendeste?
      Grato pela participao.

    • Dorothy,
      Penso que as tuas alegaes contra a dona Dilma no se enquadram nesta questo.
      Independente de no dizer coisa com coisa quando discursa(?) e, de certa forma, obediente ao sistema financeiro, portanto, concordo contigo, ela foi corajosa em ir sozinha inaugurao da Copa.
      Mostrou ser muito mais corajosa e valente que o Lula, que foi o responsvel pela realizao do torneio em solo brasileiro!
      Na verdade, a comparao que enfatizo dela com Lula, que a abandonou, deixou-a sozinha e foi se esconder!
      Obrigado pela participao.
      Saudaes.

  4. No acho que foi valentia. Se fosse valente, no teria entrado pela porta do fundo, no teria ficado no pequeno espao vip longe do povo e, principalmente, teria discursado. Sempre disse que esta seria a Copa das Copas, ento ela vai escondida ao estdio e fica mudinha da silva? Era melhor no ter ido. Ela deve ter xingado todo mundo, como o seu hbito sem educao, quando a cmera a captou. Lembrei-me daquele personagem do humorstico da escolinha do professor Raimundo. Aquele mineirinho de Barbacena, quando arguido pelo professor, resmungava: “ta, jesuscristinho, j me descobriram aqui; larga d’eu, s!”. E o Lula, desse nem se fala. Corre da imprensa h um ano e oito meses, com medinho das perguntas. Cad a Rose. Lula? Voc o dono de treze por cento das aes da JBS que esto em nome de laranjas? , Lula! Por isso voc tem uma vontade danada de acabar com a liberdade de expresso, n? Mas no vai no. Ns vamos derrubar o seu Decretinho 8243. Bolivarianismo aqui no, violo! Vade retro!

  5. Errado, senhores, errado.O gov Alckmin esteve,sim, na abertura. Ele tuitou um selfie dele com dona Lu (a primeira dama), tendo a torcida ao fundo. Apenas no foi mostrado pelas cmeras, por causa do cuidado em esconder-se a vaiada.

  6. Boa noite, Francisco Bendi.
    No fui eleitor nem de Lula, nem de Dilma.
    Concordo que, ” quem semeia vento, colhe tempestade”.
    Entendo porm, que se fosse uma via ! ! ! , tudo bem.
    Mas, palavro ? No ! ! !

    E ”agora Jos ? (Carlos Drumond de Andrade)
    Pergunto ao ”fujo”: E agora Lula, onde ests que no respondes?
    ONDE QUE T TI ESCONDES ?

    • Meu caro mineiro Jos, de Muria,
      Grato pela tua participao.
      timo que concordes comigo neste particular, pois entendo que no estopu sendo quixotesco nesta defesa do que penso sobre este episdio.
      Um forte abrao, e escreve mais vezes, por favor.

  7. Caro Francisco at por um dever com o amigo,no posso deixar de dar a minha opinio sobre o fato ocorrido,traduzido numa declarao do meu filho que estava no jogo e me disse: A vaia poderia a ter ser justa,porm aquela baixaria que fizeram foi uma covardia.E ele me disse ainda ,se esses so os oponentes presidente,com certeza meu pai o pas no tem mais jeito.Um abrao.

    • Caro Luiz Fernando Freire Jr,
      Resgato a declarada do nosso eminente Dr. Bja quando se emocionou com Neymar, que havia dito que nas duas primeiras partidas da seleo, as camisetas ele as daria para seus pais!
      Pois o teu filho deve ter te emocionado e a mim comove pela solidariedade, educao e respeito por uma senhora, sozinha, enfrentando milhares de vozes que a ofendiam.
      Parabns pelos teus ensinamentos, que ele segue com fervor e determinao, tornando-se um cavalheiro.
      Obrigado pelo comentrio to gentil e, por favor, manda um abrao para o filho deste gacho, que passa a admir-lo, assim como ao pai, pela sua atitude to decidida e posio definida sobre este episdio.
      Um forte e caloroso abrao.

  8. O Governador Geraldo Alckmin compareceu sim ao Itaquero. Mas deve ter se escondido igual a um rato para no ser vaiado tambm. Falar nisso, pena que o Barba tambm no tenha sido “homenageado” pela torcida …

  9. Aqui pra ns, no acredito de forma alguma que em 1970 a Dilma torceu para a seleo brasileira de futebol ser tricampe mundial no Mxico.
    A presidenta dos brasileiros diz ao The New York Times que naquele momento, muitos brasileiros que se opunham ao regime militar questionavam se apoiar a seleo brasileira no seria uma forma de fortalecer os militares.
    – Eu no tive esse dilema.
    Acho que ela tambm falou que mesmo presa e torturada torceu pelo Brasil. Que bom se sentir como mrtir viva. O brasileiro muito do emotivo que , logo vai se apiedar, admira-la mais e mais, se ufanar, se compadecer e claro no contrari-la na hora de gritar bem alto o nome do Neymar e de sobra dar o seu voto sua herona.
    Dona Dilma, acredito tambm em tudo que a senhora fala nos seus pronunciamentos de final de ano, do dia do trabalhador, do dia das mulheres, do dia da independncia do Brasil e outros pronunciamentos inteis.

    Antes do advento da internet no Brasil eu j tinha lido em algum jornal uma citao de algum jornalista falando sobre os perseguidos polticos que torceram contra a seleo brasileira em 1970. No lembro, mas acho que at citou o nome de Gabeira.
    Se os perseguidos pelos militares sabiam que o se o Brasil fosse campeo seria bom para o regime que os perseguia provavelmente muitos torceram contra a nossa seleo.
    E no fica bem a Dilma dizer que torceu contra. J pensou? Milhares de brasileiros pensariam e at diriam: Se a nossa presidenta um dia torceu contra o Brasil porque no eu tambm?

  10. Embora no valorize o episdio, me permita chamar a ateno para detalhes.

    Alguma coisa, Dona Dillma deve ter pensado, enxergado.

    Presente na cerimnia/partida, fez de tudo para ficar fora dos holofotes, das entrevistas, etc. No queria ser notada, encontrada, vista.

    A copa um evento nico. Dcadas se passaro, at que ela venha a acontecer, novamente em nosso Pas.

    Como brasileiro, me senti estranho ao no ter a palavra da maior autoridade na abertura. No seria necessrio um discurso, at por que ela muito ruim com as palavras. Bastariam poucas palavras, com significados bem dirigidos: boas vindas aos turistas/esportistas, as autoridades e ao prprio povo brasileiro. Registrar a alegria por sediarmos a copa e desejos/votos de sucesso a todos. S!

    Os representantes homens foram covardes. Governador e Prefeito da maior e mais pujante cidade brasileira, escondidos? No foram convidados? E nem anunciados!

    O ex-presidente Lulla ento, no quis arriscar. Autor da faanha, inicialmente deve ter pensado que poderia granjear votos, mesuras. Quem sabe mais um “honoris causa”, uma medalha, diploma. Nem sombra dele no local. Se l esteve, usou disfarce perfeito.

    Dilma medrou, fugiu. Uma presidente de verdade, nem na guerra e nem na paz, jamais pode cometer tamanho erro. Onde est a liturgia do cargo? Quem lhe deu o direito de assim agir? Sentiu medo no seu pas, do seu povo, numa festa transmitida para todo o mundo!

    Ser que, por algum momento, pensou que poderia ser agredida?

    Como mulher e ser humano, sempre ter o direito de sentir medo. Como presidente, nunca!

    O peso dos erros cometidos e os que ajudou a cometer e, o medo de ser cobrada, desnudou suas maior profundas fraquezas e, certamente, pesou-lhe nos ombros.

    Se no fosse por tudo mais que j sabemos, este fato, na minha modesta viso, demonstra que no poderia estar no cargo e, menos ainda pleitear um novo mandato.

    Afinal, se coisas mais graves acontecerem, o que ela far? Transferir seu governo para outro planeta?

    • Absolutamente de acordo, Fallavena. Os petistas adoram se fazer de vtimas quando de fato so mal feitores incorrigveis. Nunca tiveram apego liturgia dos cargos que ocupam. Talvez, posso especular, se a presidente tivesse dado as boas vindas aos presentes, poderia ser vaiada por muitos e at mesmo aplaudida ou xingada por outros. Vai saber.. A classe mdia mostrou-se, segundo os petistas, sem educao. Onde encontram-se os educados no Brasil? Somente entre a “grei” (Royalties ao Joaquim Barbosa) petista?

  11. Amigo Bendl
    Teus comentrios so justos, colocados por um brasileiro de valor.
    Meus respeitos.
    Um grande, fraterno e amigo abrao com muito reconhecimento.
    Fallavena

    • Fallavena,
      Grato pelo apoio.
      Tento me manter equilibrado nessa questo poltica atual, apesar de perder os cadernos com certas medidas.
      No devo me deixar levar pelo momento, impulsionado a fazer algo indevido sob a minha tica e convices.
      Assim, na razo direta que sou contra o PT e suas administraes, tambm devo ser contra as que eu defendo quando enveredam pelo lado que eu considero errado ou injusto.
      Repito pela ensima vez:
      Que vaiassem a Dilma, mas no utilizassem aquela expresso indecorosa.
      Esta a minha posio, Fallavena, que no vai mudar eu votar na oposio, querer tirar os petistas do poder, votar por uma renovao total.
      Porm, o respeito, a educao, devem prevalecer sempre, principalmente nessdas ocasies pblicas.
      Um forte abrao, meu caro amigo.

  12. Caro Sr. Francisco Bendl, meu mais sincero respeito e admirao. Seu posicionamento digno e respeitoso prova que possvel ser crtico com lucidez e franqueza sem ofensas a quem quer que seja. Parabns! Pessoas do seu equilbrio muito enriquece o debate e fortalece nossa democracia.

    • Antnio Cladio,
      Temos discordado um do outro sempre, que no significa eu poder te ofender, agredir ou coisa que o valha.
      Na minha idade, um sexagenrio cansado e esperando a morte chegar, a mulher deve ser tratada com elegncia, cortesia, cavalheirismo.
      O momento atual mais informal, permissivo, irreverente, que o vivido por mim quando jovem. Ento, trago de bero as orientaes recebidas dos meus pais, de quando me casei h 43 anos, do cuidado que tenho com as minhas trs netas e dois netos.
      Assim, o desrespeito verificado na inaugurao da Copa e por mim repudiado, eu registrei neste blog incomparvel, tanto para manter a minha coerncia como tambm para dar o meu recado que no sou um oponente do PT irracional, como tenho observado de certos sectrios petistas doses de irracionalidade com relao aos que eles so contrrios.
      Digamos que o certo certo, o errado errado.
      Grato pela tua manifestao e apoio.
      Um abrao.

  13. Caro senhor Francisco Bendl,

    Imagino que V. S tenha imaginado que o Governador de So Paulo no tenha ido ao Estdio assistir o jogo porque ele no foi visto no camarote vip das autoridades, entre as quais estavam a presidente Dilma, Michel Temer, Renan Calheiros, etc, entretanto o Gov. de So Paulo foi ao jogo sim, inclusive consta no seu twitter foto dele e esposa. Sugiro ao nobre articulista que antes de publicar artigos de grandes envergaduras, como tem feito, d uma pesquisada nas fontes certas. Um forte abrao, de um grande admirador.

    • Prezado Luiz Costa,
      No sou paulistano;
      No moro em So Paulo;
      No fui ao jogo;
      No vi o governador e sua esposa pela TV;
      Tambm no era ele o motivo do meu comentrio, mas a presidente Dilma;
      Se ele assitiu inaugurao e estava to escondido que no foi visto, das duas uma:
      Ou teve medo de enfrentar os torcedores ou teve medo de se sentar ao lado da presidente Dilma!
      De todas as maneiras, Alkmin era autoridade, deveria estar no tal camarote VIP, mas …
      Obrigado pela tua participao.
      Tambm sou um admirador teu, Luiz, mas no sou jornalista, e as nicas fontes que conheo so de gua.

  14. Perfeito, senhor Francisco Bendl. Achava que conhecia o Lula. Um egico compulsivo, mentiroso reconhecido, pegajoso como s ele, ftuo de dar d, anti-tico da cara-de-pau, apreciador de bebidas alcolicas, dado a esconder “malfeitos” s toneladas, etc…, etc…! S no sabia, perdoem-me pronunciar palavra do nvel do Lula, que era um rematado cago!

    • Marcos,
      Duvido que tenha algum que conhea um poltico, ainda mais quando movido pela sua megalomania e por se achar o salvador da ptria.
      Lula foi um projeto de Luis Incio, o seu alter ego, que durou um certo tempo.
      O projeto quis se desvencilhar de si mesmo, mas no podia porque ambos eram um s, ento o conflito.
      Lula no sabe o que faz sem Luis Incio;
      Luis Incio no sabe o que faz sem Lula.
      Lula e Luis Incio so duas personalidades que, no dia que se encontraram, se anularam.
      Sabes quando foi isso?
      Quando os dois deixaram a presidncia do Brasil.
      O que vemos hoje o Lula verdadeiro, o Luis Incio, que vive a realidade irrefutvel da sua insignificncia, que o poder efmero, que tudo tem um fim.
      Grato pela participao.

  15. exatamente a que mora o perigo: na coragem dessa psicopata.
    Num pas como o Brasil um tipo de governante desse no tem perigo de dar certo. um cargo essencialmente politico. Mesmo que fosse uma excelente administradora, o que no o caso, muito pelo contrrio, como politica Dilma simplesmente um desastre, ela no consegue criar empatia com praticamente ningum, nem mesmo com a esmagadora maioria dos prprios petistas.
    Apenas como um exemplo, tomemos o fato do Ronaldo Fenomeno ter declarado apoio ao Acio Neves.Simplesmente declarou que no devia nada ao governo, simplesmente tinha( e talvez ainda tem) uma amizade com Lula, que curtia ir ao palcio tomar uma cachaa com o barbudo e jogar umas conversas fora.Amizade que tambm tem com o Acio, provavelmente tambm um companheiro de copo.
    Algum a consegue imaginar a Dilma com uma desenvoltura dessa. S tem mesmo vocao para ditadora, Para nossa sorte competencia e principalmente inteligencia no o forte dela, muito pelo contrrio, ela uma imbecil com iniciativa, a que mora o perigo, principalmente no caso de ela conseguir se reeleger.

  16. Prezado Bendl

    A Dilma, como chefe de estado, no podia deixar de comparecer, digo escafeder-se, por uma questo de protocolo, sob pena de desrespeitar e ofender os demais chefes de estado, nossos visitantes.

    No houve valentia alguma, apenas obrigao. Creio que no fosse isso ela tambm no apareceria.

    Os demais personagens citados no eram obrigados a comparecer.

    Fiquemos por aqui.

    Saudaes

    Adalberto Nunes

  17. Prezado Adalberto,
    No sou petista, no vou votar na dona Dilma, no defendo a presidente, mas a minha posio neste episdio.
    Quanto ao Lula, especificamente, ele deveria ter ido, a meu ver, pois foi o mentor intelectual da Copa vir para o Brasil ou, no mnimo, como companhia sua candidata.
    Fiquemos por aqui.
    Saudaes,
    Chico Bendl

  18. Parabns ao Sr. Bendl pelos artigos e respostas aos comentaristas, bem como aos comentaristas pr e contra, sobre o erro da torcida do xingamento, a vaia, do “Uuuuuuuu…” por s s, o “ATO DE REPUDIO” CONTUNDENTE E RESPEITOSO, CUJO SIGNIFICADO EST A!!, a “INSATISFAO”, O DO PAPEL ASSINADO FICA RESTRITO A QUEM O ASSINOU…, PORTANTO NA VAIA, NO CABE “PALAVRA XULAS”.
    Porque estranhar a ausncia do Lula, a Mdia publicou ontem, ele chamando de moleques a torcida, mais, pergunto, com que “MORAL” ele se veste para recriminar, se no “TEVE” coragem de fazer companhia a Sr Dilma, Presidente da Repblica.
    Lula, transformaste um Sonho em pesadelo, quando o PT subiu ao PODER, e continuaste o governo anterior do FHC.
    Este grande trao de unio de nosso povo, o futebol, voc arrebentou, s falta o outro lao: o SAMBA.

  19. Meu querido Theo,
    Obrigado, meu amigo.
    Concordo plenamente contigo quanto ao Lula. Sem qualquer autoridade moral para criticar aqueles que vaiairam e ofenderam a presidente Dilma porque ele foi covarde, medroso, teve medo de enfrentar o pblico!
    Aos poucos, Lula est se mostrando como na verdade, um oportunista.
    Um excelente domingo, Theo.
    Abraos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.